Prelúdio para um tango - trecho conto

1
arlindo fernandez · Campo Grande, MS
11/10/2006 · 123 · 18
 

Prelúdio para um tango



Hoje sepultei minha mulher. Enterrei debaixo da sequóia que ela mesma plantou, há cinqüenta anos. A chuva havia passado e o céu estava estranhamente verde. As nuvens tinham dezenas de tons em verdes e corriam rápidas - era o vento forte daquela tarde. Ante ao corpo que havia enrolado num lençol de linho estava eu, com uma pá na mão, o verde vento que fazia uma prece e Abril, um cachorro de 15 anos de idade, que chorava. Não havia mais ninguém naquele lugar. Lembrei-me daquela noite em que minha mulher acordou assustada e fez este pedido: quero ser enterrada debaixo da sequóia que eu trouxe da África, assim poderei olhar sempre para a janela do nosso quarto. Voltou a dormir e me deixou cismado com os olhos pregados no teto do quarto.
Voltei para casa embriagado pela adrenalina, foi um momento único em minha vida. Não sei se estou triste ou feliz! Talvez ambos. Triste porque enterrei minha amada numa tarde de inverno e dor. Pelo caminho entre o arvoredo, percebi algo que me fez mudar de atitude ante as coisas do mundo, inclusive minha própria existência. Não saberei explicar o que se passou naqueles minutos ao longo da caminhada. Foi como se um oceano de líquidos, que minha mente jamais havia produzido, surgisse junto, me abrindo portas e ampliando a minha percepção, profundamente.Talvez a despedida de minha mulher naquela tarde única... Melhor, talvez as nossas vidas, até aquele momento, fossem apenas o prelúdio para uma outra existência.
Já é noite e pela janela do nosso quarto, ainda vejo Abril sobre o túmulo de Brana. Logo vai chover, acho que vou dormir.
Manhã fria, as nuvens mijam grossas gotas de água, que empoçam ao longo da estrada. O céu escuro de metal, às vezes, é traçado pelo brilho dos relâmpagos e alguns peixes miúdos que despencam das nuvens com a chuva. Abril continua deitado sobre o túmulo de Brana, vejo isso pela janela. Caminho novamente pela casa vazia. É o primeiro dia do resto de minha vida, estou triste e vou buscar o cachorro que pode até morrer sob a forte chuva. Abril é um cachorro idoso; sua companheira também havia morrido. Ariel foi picada por uma cobra como foi Brana, minha querida esposa. Ele está frio e com os grandes olhos esbugalhados, treme muito. Acho que Abril sabe o que é a morte! Eu não sei o que é a morte ao certo. Imagino que seja apenas transformação da matéria. Restos de estrelas.
Refeito, Abril adormece debaixo da mesa da cozinha.
O dia divaga como a fumaça do cachimbo. Águas do céu, relâmpagos e cores cinzas fossilizam em minha janela.Os pássaros estão em seus ninhos e, pela janela, vejo o reflexo da vegetação nas poças e folhas mortas que dançam ao vento sobre o túmulo de Brana.
Eu nunca havia escrito uma linha sobre nada neste mundo. Abril dorme profundamente, o dia parou. Meu coração está quebrado e a chuva continua a urrar como um animal ferido. Penso em Brana, que já não vive, recordo do seu sorriso invisível e sua geléia de morangos. Agora escrevo versos.



compartilhe



informações

Autoria
afernandez
Ficha técnica
conto
Prelúdio para um tango.
Downloads
317 downloads

comentários feed

+ comentar
Katine Walmrath
 

Interessante a morte fazer nascer poesia.
Gostei do conto. Gostei do teu texto.
Mas por que "trecho", Arlindo? Continua?

Katine Walmrath · Porto Alegre, RS 9/10/2006 11:40
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

maravilha!
Na verdade é um romance. Imagino termina-lo até 2007.
Trata-se de um longo romance. Foi apartir da ideia que escrevi um roteiro para cinema. "O lado oeste da Noite" -- pretendo filmar.
obrigado
af

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 9/10/2006 11:48
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

O romance
O personagem principal virá um poeta. Depois vai viver num outro lugar.Neste lugar, que fica à margem do rio Paraguai, ele conhece
uma mulher, por quem se apaixona. Vive um amor platônico.
O nome dele é Agosto e o dela é Quimera (como uma ópera).
Os poemas do personagem, Agosto, viraram canções. Vc quer ouvi-las? procure por "Prelúdio para um tango" (ta aí no overmundo).
Geraldo Espindola canta.
Olha!!!
é uma longa história (400 páginas).
abraços

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 9/10/2006 12:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sofia Amorim
 

Muito poético seu texto, riquíssimo nas imagens que vc constrói. Amei. Tomara que eu possa ler o romance, Arlindo! Estou ansiosa para me deliciar com as metáforas que vc faz.
Abraço

Sofia Amorim · Ribeirão Preto, SP 9/10/2006 12:44
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

OBRIGADO.
vai ler sim, com certeza.
O livro ainda tem o título provisório "Prelúdio para um tango".
abraços
af

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 9/10/2006 13:05
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Bia Marques
 

Nossa Arlindo, não sei se é a lua ou o olho nas letras, o caso é que me tocou às lágrimas.
Abraço

Bia Marques · Campo Grande, MS 10/10/2006 07:26
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

A Lua.
Foi a Lua. Vc sabe que devido sua proximidade com a Terra
ela exerce uma atração, sobretudo nos liquidos.(Lua cheia vc viu!)
Com certeza ela altera as criaturas vivas, como nós que temos 90% de água. Quer que eu faça um desenho??? (Risos,risos e risos).
abraços e abraços.
af.

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 10/10/2006 10:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Bia Marques
 

Se desenhar acabo feito lobo fazendo cantoria pra lua (gargalhadas)! Carinhão pra tu e Cris

Bia Marques · Campo Grande, MS 10/10/2006 10:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

desenho
Pra onde vc quer que eu mande o "desenho"?
tá pronto. Chama se "BiaMarquesfeitolobaeaLua".
Então?
af.

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 10/10/2006 12:56
sua opinião: subir
Bia Marques
 

manda pra fila de edição!!!!!!!!!!!!! bom feriado que tô indo pra Cuiabá!

Bia Marques · Campo Grande, MS 10/10/2006 20:22
sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Arlindo, que beleza!!!
Que texto!!!
Parabéns, tuas imagens são viagens pra gente!!!!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 11/10/2006 17:45
sua opinião: subir
Claudiocareca
 

Ma-ra-vi-lho-so! As metaforas realmente enchem os olhos. Parabéns!! A morte é comum aos vivos em qualquer lugar ou tempo, é algo que nos aproxima pela distância...

Claudiocareca · Cuiabá, MT 11/10/2006 17:59
sua opinião: subir
georgesaraiva
 

A janela secreta...

georgesaraiva · Guarapari, ES 24/10/2006 12:27
sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

Lindo, sensorial, harmonioso, triste, feliz.... Tudo!

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 20/12/2006 21:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Aí, Arlindo, maravilha! Tem algo de panatanal mesmo na tua escrita, algo de musgo, de água, de vida e morte! Tem Manoel nas entrelinhas e Barros nas linhas, poesia e natureza entre pedras e chuvas. Com estilo próprio. Gostei. Manda mais, rapaz! Abraço.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 25/1/2007 15:18
sua opinião: subir
Rodrigo Nogueira
 

Arlindo, um conto antigo seu acaba de de invadir um coração um coração novo. Faço das minhas palavras a do sr Felipe. Dá pra se ouvir o barulho da chuva nas árvores e vontade de comer geléia de morango!

Rodrigo Nogueira · Rio de Janeiro, RJ 26/1/2007 12:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Rodrigo!
Fico profundamente grato e inspirado! (Vc pode ouvir uma canção com este título "Prelúdio para um tango" Geraldo Espíndola canta. tá no banco de cultura musica).
Se vc tiver um tempinho tenho vários outros contos publicados aí.
Por exemplo. Escrevi 4 contos para o menino Manoel de Barros.
"Uma história,quase,mágica"
"Uma história,quase,mágica2"
"A menina que conheci"
"A vida secreta dos anus-prêtos" (bco. de cultura).
abraços

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 26/1/2007 14:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Katine Walmrath
 

Vim ler de novo.
E com estes olhos de agora achei muito lindo.
Abração.

Katine Walmrath · Porto Alegre, RS 15/2/2007 13:20
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados