Prerrequiem

1
Roberto Moreno · São Paulo, SP
16/9/2006 · 74 · 5
 

Prerrequiem

Se eu aparecer morto amanhã, por favor, não chorem. Terei morrido feliz.

Não, isso não é um bilhete de suicida. Pelo contrário, é um recado de vida.

Estou vivo. Faço o que gosto. Faço o que quero. Estou feliz. Por isso, se eu aparecer morto amanhã, por favor, não chorem.

Na adolescência, acreditava que morreria aos 19 anos e fiz o máximo que pude antes disso. Passei. Depois, comecei a acreditar que não chegaria aos 32 e fiz o máximo que pude. Passei. Agora, tanto faz.

Cumpri meu papel de indíviduo humano dando seqüência à preservação da espécie.

Dei exemplos de atitudes libertárias para quem quiser seguir e, também, ser feliz, desvinculado de preceitos, dogmas e estabelecimentos.

Contribuí para a revolução da informação, marco histórico do final do século 20.

Escrevi livros, pelo prazer, que podem ser publicados por quem quiser.

Satisfiz meu ego assumindo posições de destaque e sendo reconhecido em todos os lugares por onde passei.

Agora, aos trinta e oito anos, sou avisado de que não posso comer sal, sob risco de morte. E de que não posso comer açúcar, sob risco de morte.

Em suma, devo abdicar de um de meus prazeres preferidos.

Não estou a fim. Sempre brinquei com o assunto, dizendo que prefiro viver 98 anos comendo bacon a viver 99 comendo salada. Só que a ameaça chegou aos 38. Tudo bem, tanto faz.

Vou continuar comendo bacon e evitando salada, pobres seres verdes.

Se alguém quiser que eu continue vivo, que traga remédios. Pra mim, tanto faz. Vou continuar comendo pizza e torta de morango.

Por isso, se eu aparecer morto amanhã, por favor, não chorem. Apenas providenciem a reciclagem do que for possível e queimem o que sobrar.

compartilhe



informações

Autoria
Roberto Moreno
Downloads
289 downloads

comentários feed

+ comentar
 A. Wagner Oliveira
 

Tragicômico...muito bom...antes de conhecer este site achava ser o último dos moicanos...como já citei hoje Vinícius, recitarei, "a vida é a arte dos encontros, embora seja feita de muitos desencontros"...o encontro com a loucura deste site me fez acreditar que o mundo ainda tem jeito, que ainda existem pessoas que fogem das coisas conceituais, dos sonhos de vitrine...viva a arte e a liberdade de fazê-la...

A. Wagner Oliveira · Cuiabá, MT 13/9/2006 16:06
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Bia Marques
 

Moreno, a delícia do agora, em tempo real, amei. Tão comum quem chega ao ponto de só pensar no que foi ou sonhar no que vem que quando aparece alguém do presente, estendo tapete vermelho e, se chorar, tenha certeza, só de emoção...

Bia Marques · Campo Grande, MS 14/9/2006 21:42
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
j.alves
 

um barato, muito bom.

j.alves · São Paulo, SP 15/9/2006 13:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

quaquaquaquaquá!!
Ótimo!! Adorei!!!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 16/9/2006 08:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Fantástico! Reflete com precisão o meu sentimento, aos 29, quando olho para meus cigarros...

Sei que vão me matar, oras. Mas eu os queimo até a última bituquinha e os mato no cinzeiro por puro prazer. Nada mais justo que me matem um dia...
E mais... se morrer, morro fazendo o que quiser fazer. É tão mais do que tanta gente pode dizer...

Boas pizzas e tortas de morango pra vc, meu caro.
Eu vou fumar mais um cigarro. :D


Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 11/2/2007 20:54
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
txt, 1 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados