Retrato II

Carlos Mota
1
Carlos Mota · Goiânia, GO
9/3/2010 · 10 · 12
 

A lama, lágrima escorrida em face da desgraça
Açoita, imola, escancara a suspeita da ameaça
Sem prevenir; arrasta, arrasa, arregaça
Aluvião de infortúnios; revela caras, credos,
corpos, massa...

A dor estampada na tela, abala – Guernica decifrada –
Foram-se filhos, infantes, perdeu-se um poeta
Um verso lancinante: o verbo nada.

Nostradamus não veio nos dizer
Que essa hora chegada era esperada
Tanta angústia, degredo, gritos, morte.
Pesadelo acordando a madrugada.

Sabe o homem o que fez por não ter feito,
Nessa tara capital tão desregrada?!

Um porto infeliz, posto que sangra,
Um sorriso apagado em mais um rosto
Outra história infeliz que vira nada...

compartilhe



informações

Autoria
Carlos Mota(Uruaçu Nascimento)
Downloads
988 downloads

comentários feed

+ comentar
esspigao
 

Belo poema,sincrônico e coerente.Parabéns

esspigao · Poços de Caldas, MG 9/3/2010 08:32
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Sabe o homem o que fez por não ter feito,

e mais. Mesmo o que foi feito foi mal feito.
grande poema.
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 24/3/2010 08:47
sua opinião: subir
arnaldo cavalle
 

muito bom calos mota parabéns

arnaldo cavalle · Jaboatão dos Guararapes, PE 18/2/2011 06:55
sua opinião: subir
silviaraujomotta
 

Ainda bem que tudo passa e as histórias infelizes, também!
UM BEIJO MINEIRO
SÍLVIA/ Academia de Letras do Brasil em Minas Gerais, em BH.

silviaraujomotta · Belo Horizonte, MG 17/7/2011 13:36
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

um beijo Sílvia, um beijo a todos
estou de volta

Carlos Mota · Goiânia, GO 27/7/2011 08:05
sua opinião: subir
ayruman
 

E o homem insiste neste caminho cruel em nome deste capitalismo desenfreado e esta falsa comodidade...

Que bom que estás de volta Carlos. Fico feliz com isto amigo poeta. Saúde e Paz

ayruman · Cuiabá, MT 6/10/2011 08:20
sua opinião: subir
Naeno
 

Muito bonito o teu poema. O homem e seus desfortúnios, a indecisão pela escolha do bem de do mal. Uma síncope bem armoniosa e com luz própria.

Naeno · Teresina, PI 20/11/2011 21:15
sua opinião: subir
Marvin Franklin
 

Falas do homem-dejeto!! criatura expurgada e maltrapilha que ronda indilente nossa ante-vida...

Marvin Franklin · Oiapoque, AP 30/1/2012 17:44
sua opinião: subir
Marvin Franklin
 

Ops! indolente.

Marvin Franklin · Oiapoque, AP 30/1/2012 17:46
sua opinião: subir
Marvin Franklin
 

A dor estampada na tela, abala – Guernica decifrada –... nossa fantástica composição de sons e forma ... estive por agora em Guernica!!!!!vc me levou lá!!! bjs e me visiste...

Marvin Franklin · Oiapoque, AP 4/6/2012 05:18
sua opinião: subir
Pepê Mattos
 

...daí que, parece, caminhamos em círculos... retilíneos em nossa sacrossanta ignorância... diluímos o presente, totalmente desfocados do futuro... e o passado... bem, já não tem nenhuma relevância, conforme mostra a tela... parabéns, Carlos... quando puder, apareça... grande abraço...

Pepê Mattos · Macapá, AP 12/4/2014 13:51
sua opinião: subir
raphaelreys
 

EXCELENTE SEU POETAR....

raphaelreys · Montes Claros, MG 6/11/2014 11:22
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter