RUMO INCERTO

internet
1
nildo dilfreitas · Brumado, BA
16/4/2010 · 2 · 0
 

RUMO INCERTO
Autor: Nildo Freitas

O novo caminho
Não tinha rumo definido
Era coberto de folhas secas
E as formigas daquele lugar
Viviam do seu trabalho

O predador da floresta
Carregando suas ferramentas
Caminhava em passos lentos
Sem dar a mínima importância
Para o formigueiro

Com a sua moto-serra
O senhor dos escravos
Seguia cortando as árvores
Matando os nossos sonhos
Destruindo o segredo das matas

Sobre a obra

Poema inedito, onde o autor protesta contra as autoridades do descaso com o meio ambiente.

compartilhe



informações

Autoria
Nildo Freitas
Ficha técnica
Poema inédito do autor, protestando contra a devastação das matas, rios e florestas.
Downloads
274 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados