SE MEU SORRISO É TRISTE EU CANTO PRA NÃO CHORAR

CD 18.000 Multimidia Pack - CD Expert - 1997
2
José Bezerra de Carvalho · Teresina, PI
22/8/2011 · 2 · 1
 

Sou triste, mas sou feliz.
Faz parte do meu viver
Se triste fico a sorrir
Se canto, escondo o sofrer
No sorrir e no cantar
Oculto o meu padecer.

Quando eu cantava com ela
O mundo era um paraíso
Quando nos distanciávamos
Sentia-me indeciso
Só de pensar em perdê-la
Já me doía o juízo

Meus sonhos para com ela
Era um paraíso em flor
Seu pensar era diferente
Só me causou dissabor
Se hoje estou cantando
É pra ocultar minha dor

Hoje pra ela estou morto
Ela vem me visitar
Com um sorriso sinistro
Fica a me perguntar
O que deve fazer
Para me reconquistar

Seu falar não me conforta
Ela finge gentileza
E o seu modo de sorrir
Não é sinal de nobreza
E eu fico sorrindo
Para ocultar a tristeza

Eu pretendia dar-lhe
Um lar, meu nome e conceito,
Viver unido com ela
Dando-lhe amor e respeito
Mas, quando o mal é sem cura,
Nenhum remédio dá jeito

Mesmo assim sou feliz
Porque a quis ajudar
Este alguém que muito amei
Precisa me ressuscitar
Será este o único meio
Para me reconquistar

É doente que se procura
Remédio pra se curar
A felicidade trás choro
O riso nos faz cantar
Hoje meu sorriso é triste
Eu canto pra não chorar.



19/10/2010

Pt. Águia de Prata

Sobre a obra

Sou triste, mas sou feliz.
Faz parte do meu viver
Se triste fico a sorrir
Se canto, escondo o sofrer
No sorrir e no cantar
Oculto o meu padecer.

Quando eu cantava com ela
O mundo era um paraíso
Quando nos distanciávamos
Sentia-me indeciso
Só de pensar em perdê-la
Já me doía o juízo

Meus sonhos para com ela
Era um paraíso em flor
Seu pensar era diferente
Só me causou dissabor
Se hoje estou cantando
É pra ocultar minha dor

Hoje pra ela estou morto
Ela vem me visitar
Com um sorriso sinistro
Fica a me perguntar
O que deve fazer
Para me reconquistar

Seu falar não me conforta
Ela finge gentileza
E o seu modo de sorrir
Não é sinal de nobreza
E eu fico sorrindo
Para ocultar a tristeza

Eu pretendia dar-lhe
Um lar, meu nome e conceito,
Viver unido com ela
Dando-lhe amor e respeito
Mas, quando o mal é sem cura,
Nenhum remédio dá jeito

Mesmo assim sou feliz
Porque a quis ajudar
Este alguém que muito amei
Precisa me ressuscitar
Será este o únic

compartilhe



informações

Autoria
José Bezerra de Carvalho, poeta Zé Bezerra, o "Aguia de Prata"
Ficha técnica
Cordel, em sextilha(s)
Downloads
226 downloads

comentários feed

+ comentar
Silvia Araújo Motta
 

José Bezerra, Gosto muito de cordel. Difícil rimar...mas ao ritmo do instrumento fica mais fácil ser repentista, não é?
Parabéns! Eu toco violão e canto cordel...
Abraços
Silvia

Silvia Araújo Motta · Belo Horizonte, MG 29/11/2016 09:46
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados