Seis Dias

1
JArdelstar · São João del Rei, MG
18/7/2011 · 0 · 2
 

Meu Bem,
Vou tentar nesta carta demonstrar tudo que estes seis dias formam pouco para expressar. Sei que posso parecer precipitado, louco ou qualquer outro adjetivo que você possa inventar para um sujeito que mesmo hoje em dia ousa amar.
É bem isso, Eu Te Amo! Amo-te e me sinto idiota por isso. Demorei seis dias para perceber o que eu realmente sentia por você. E admito isso me deixa surpreso, mas as coisas só ficaram claras para mim ao perceber que a primeira coisa que eu queria pela manhã era o brilho dos teus olhos. Minhas piadas só surgiam tão fáceis para ver o teu sorriso. As vezes em que almoçamos juntos e eu pedia sua opinião sobre o pedido era somente pra poder provar aquilo que você havia escolhido na certeza que ficava bem melhor. E se pedia separado era somente para comer do teu prato e te oferecer um pouco do meu. Sei lá, pequenos sinais que me fizeram perceber algo que meu coração tinha certeza. Era só você estar ao alcance da visão e ele já descompassava como se dissesse: É Ela.
Sim é você e já não há mais meio de negar que ao entrar naquele ônibus hoje à noite, vou levar todos os nossos pequenos momentos: as filas para o almoço, a procura de uma mesa para sentarmos juntos, o desejo incontrolável de te encontrar em todos os cantos. De quando você ao sair sempre deixava teu perfume na minha barraca e impregnado em meus poros para que assim você me perseguisse até o momento do meu banho para em seguida me dar um abraço e deixar lá teu cheiro novamente. Dos momentos em que trocamos beijos no metrô e na lanchonete e todos ao redor olhavam como se aquilo fosse uma afronta, que desejo como aquele não podia ser externalisado assim à luz do dia e em um ambiente público. De como você me olhava enfurecida quando com outra eu falava e vinha sem pestanejar perguntar quem era aquela “fulaninha”.
Sei que seis dias foram o nosso tempo e que o resto da vida ficará por nossa conta. Sei que os caminhos podem voltar a se cruzar, depende de nós. Mas sei também que a angustia da volta será completa com as lágrimas que sei que vou derramar de felicidade e de dor. Por ter te conhecido e por ter que te deixar. Lágrimas que achava ter secado, mas que brotam facilmente enquanto escrevo estas linhas para você.
Linda fica bem com meu amor e com a certeza das minhas preces para que meu beijo volte a encontrar o teu, e que isso não demore.

Do Teu,

Jardel Maximiliano

Sobre a obra

Versão mais romanciada de uma história que aconteceu durante o 24º ENEP. SP/2011

Mais textos em Projetocanalha.blogspot.com

compartilhe



informações

Autoria
Jardel Maximiliano
Downloads
262 downloads

comentários feed

+ comentar
alcanu
 

Acho que cê tá enrolado, hein, cara ?
Amor é simples, bicho, quando complica muito assim ( eu digo, pois já passei por tudo isso, se não mais ainda... ), não é amor porra nem uma, é paixão, tesão, fissura, sei lá o quê...
Desculpa, não quero dissuadi-lo, você perceberá isso sozinho...
Observe quem ama, como a coisa é diferente...
Um dia a coisa acontece, pra mim, pra você !
Simples que enm tabuada, viu ?
complicou? sarta de banda, companheiro, num precisa virar viado, apenas encara a coisa sob uma outra ótica !
Ah e todo o meu respeito aos viados, parabéns por assumirem as suas vontades, pois somos criaturas livres para decidir o nosso destino !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 16/7/2011 14:28
sua opinião: subir
JArdelstar
 

Meu CAro a confusão nem há de ser tão grande assim, pelo menos por enquanto. Na verdade a história foi sim muito mais simples, poderia se resumir basicamente em uma noite, alguns beijos, uma noite de amor e a barraca vazia no dia seguinte. Mas sabe como é escrever. Mesmo quando somos nós os personagens, muitas vezes eles tomam o controle e assumem o rumo de suas próprias histórias. Ainda mais quando tratamos de sentimentos, sejam eles quais forem. E alguns amores são mesmo assim, tempestades de minutos ou de anos sem fim. E há sim de chegar a hora em que minha tempestade vai durar anos, com fé, há de ser. No mais obrigado pelos conselhos, eles nunca são demais.

Abraços e obrigado pelo comentário.

JArdelstar · São João del Rei, MG 16/7/2011 16:47
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados