Ser Hermético

Cristiano Melo
1
Cristiano Melo · Brasília, DF
28/7/2008 · 203 · 82
 

Inadequado e hermético,
Percebo-me.

Por vezes acreditei em minhas idéias,
Ao defendê-las com alegre ousadia.

Entrementes, não foi bem assim...
Perceber-me inadequado
Fez-me chorar
A vida que construí.

E, se pareço amargo,
É tão somente fruto
De mim mesmo.

Fruto da árvore de mim,
Da flor grávida de ideais,
Repleto de sementes inférteis.

O humor sarcástico,
Ácido,
Que dantes feriu,
Agora me consome.

Triste e inadequado,
Solitário e estranho
Num ninho sem crias.

Descortinar-me foi necessário,
E inquieto.

Aprumar-me
Na adequação,
Impossível!

Alma de cortes,
Dilacerada em mil de mim,
Sem linha a coser.

Trago a dor,
Respiro a amarga semente,
Do que poderia ser
E não fui.

Inadequado sou.
Mundo que gira
Ao meu redor,
Com o qual
Não consegui girar.

Entrego o jogo,
Penduro a chuteira,
E me arrependo...
Mea culpa!


Cristiano Melo, 25 de Julho de 2008.

Sobre a obra

Poema auto-avaliação hermética

compartilhe



informações

Autoria
Cristiano Oliveira de Melo
Ficha técnica
Poema auto-avaliação hermética
Downloads
305 downloads

comentários feed

+ comentar
graça grauna
 

oxente, Cristiano! Que danada de tristeza é essa que vem do teu poema, esse menino? rsrsrs.. Falando sério: gostei mesmo do seu poema pelas verdades nele contida. Bjos de luz, meu irmão.

graça grauna · Recife, PE 26/7/2008 08:44
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

CORRIGINDO:
..pelas verdades nele contidas...

graça grauna · Recife, PE 26/7/2008 08:45
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

CRISTIANO, UMA LAVADA INTERIOR, ONDE SEM QUERER FERIMOS, MAS AGORA SANGRA POIS ABRIR PORTAS, ESCONDERIJOS, LABIRINTOS PERCORRIDOS SE CHEGA A ESSÊNCIA...QUE SOMOS HUMANOS, MAIS QUE HUMANOS...TAMBÉM FERIDOS E FERINOS...

BJUS BFDS

Cintia Thome · São Paulo, SP 26/7/2008 08:50
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Na verdade querido Cris, versos lindissimos, uma abertura de alma, um mea culpa que nos redimes de todos os erros!
Sempre que nos confessamos somosm perdoados!

belissima sua confissão e nós te absolvemos! rsss


Beijos meu amigo lindo !!!

celina vasques · Manaus, AM 26/7/2008 09:01
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Graça, minha querida,
É tão somente um momento de reflexão/auto-análise
Muito obrigado pela leitura e carinho de sempre, viu?!
beijos da rede
Cris

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 09:07
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Cínita, minha querida,
Isso mesmo, somos feridos e ferinos, o que nos diferencia é a humildade em reconhecer as pisadas de pé que damos. Já fui muito cabeça-dura, tento não ser, mas ainda há resquícios... E há de se buscar remover camadas e camadas de véus...
Muito obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 09:08
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Querida poetisa do coração de cristal celina,
Não sei se sempre seremos perdoados ao cantarmos a nostra culpa, mas pelo menos é um começo. Perceber o outro é muito fácil e por vezes sempre o fazemos em detrimento de nosso próprio conhecimento. Dei uma pausa para esta avaliação.
Muito obrigado pelo carinho
beijo

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 09:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Que bom quando podemos nos perceber...
Seja em que condição for, geralmente só queremos perceber os 'bons' estados, mas inadequado não é muito comum admitirmos. Por isso estar "hermético" é uma boa (vez em quando). pois é aí que abrimos brechas para a auto-percepção. E após a clausura, vir à tona com muita luz, tal a ilustrção!
Então irradie querido, e empreste-me a tua luz...
Super beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 26/7/2008 12:07
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Branca, querida, percebeste sensivelmente o que quis transmitir/inspirar com este poema. Que a percepção inicial possa se desenvolver.
um beijo e muito obrigado
minha luz é sua...rs

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 12:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Angélica T. Almstadter
 

É melhor o mea culpa que enfiar a cabeça no buraco. O poema é um despir de culpas, uma troca de casca que chega a atravessar os nossos olhos. Um certo hermetismo também não faz mal a ninguém, principalmente quando pensado e dosado. Posso imaginar a sua leveza depois de cuspir esse poema como uma trava entalada na garganta. Beijo

Angélica T. Almstadter · Campinas, SP 26/7/2008 12:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Om Shanthi!

Branca Pires · Aracaju, SE 26/7/2008 12:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Angélica, deu para, além de desentalar a garganta, dar umas risadas com o seu comentário, quando dizes que o trocar de cascas atravessam seus olhos...rs
Desculpe, mea culpa, eita que estou me redimindo de tudo...rs2
Muito obrigado pela leitura e inteligente comentário.
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 12:49
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Namastê branca!

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 12:49
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Hermético!
Que interessante Cris. Eu peco por ser transparente demais, me revelo tanto que às vezes nem me percebem. E alguns acham que sou obra de ficção, talvez, talvez... talvez seja... Obra e personagens de mim.
Mea culpa?
Ah essa sim, bem conheço dos meus convívios. Hoje mesmo já veio me visitar, a recebi de orelhas murchas e além de ouvir tudo que ela me disse tive que lhe servir um café. Amargo como ela costuma gostar...
Beijinhos doces meu amigo é sempre bom nos revelar!

Cherry Blossom · Dracena, SP 26/7/2008 13:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Querida Cherry, talvez aí um paradoxo, se sou hermético, por que me desnudo em letras?rs
A tal da culpa é outra estória... Ela gosta mesmo de líquidos amargos, será que podemos adoçá-la um pouco? tomara que sim.
Muito obrigado viu?!
Beijos sem culpa

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 13:18
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Cristiano
Não estou te reconhecendo menino.
Esse ninho sem crias esta me parecendo solitário demais! Ainda há tempo de germinar sementes, mas não entregar o joso. Ou será que sem entregar o jogo a semente não germina? sei lá!!!!

Bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 26/7/2008 13:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Doroni, rs
Não queria deixá-la confusa...rs2
Sou um ser solitário por essência e escolha, mas acho que já deu!
Muito embora tenha muito de metafórico neste poema. Não me reconheces não? Quem sabe nem eu me reconheça....rs3
Muito obrigado pela presença e carinho
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 13:47
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

E não é que é meu querido!...ahahahah... mas ó! É mais paradoxal que possamos acreditar ou entender. Somos feitos de muitas camadas você sabe disso, pois escreveu o seu "Couraças". Quando nos expomos nem sempre dos damos a ver.
Vou colocar na fila um pequeno poema que fiz após ter um papinho meio digamos que... transcendental com uma aranha. Eu não pensava em colocá-lo aqui, pois estou ligeiramente em crise e meus textos antigos já não costumam me agradar, mas vou fazê-lo e dedicá-lo como um presente a você!
Beijos!....Os meus ainda com culpa...

Cherry Blossom · Dracena, SP 26/7/2008 13:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Querida Cherry,
Como boa canceriana carregas a culpa do ladinho...rs
Brincadeiras à parte, sinto-me lisonjeado a possibilidade de um escrito seu, advindo de uma troca de idéias aracnídeas, ser dedicado a mim.
Adoro os seres de câncer, by the way, a sensibilidade de vocês quando mostrada, pois vocês também se fecham fácil... É muito grande!
beijos, ainda sem culpa...rs

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 14:00
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Ah me esqueci de dizer e de certa forma reforçando o que a Doroni observa. Estou com saudade daquele seu boné azul que você usava na praia iluminando o sol com seu sorriso "colgate". Caso o mar não esteja muito assim pra peixe! Troque por aquela em que você está congelando na Patagônia! Desde que você resolveu ficar debruçado aí nessa mesa, tomando esse líquido que nunca acaba você anda meio amargo. É café que tem aí nessa xícara? Quando você era pequeno nunca te contaram a história do "monstro do café"? Um ser medonho que assombrava noites de quem exagerava nas doses do negro líquido e disseminava amarguras pelo mundo... ahahahah

Cherry Blossom · Dracena, SP 26/7/2008 14:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Bem, Cherry, vou tentar minimizar minhas gargalhadas...
Bem, mea culpa então, tudo bem, muito obrigado pela recordação das duas fotos anteriores, mas por enquanto fico aqui sentado ainda com capuccino, que é o que tinha na xícara...rs
Não, nunca me contaram tal estória, a do monstro...Hoje você está criativa!rs
Olha, aguardo o texto papo-aranha!!!!rs2

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 14:43
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

grande poeta ainda bem que sol vem junto com sua poesia triste que não deixa interessante e bonita, abraçosss

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 26/7/2008 15:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Obrigado meu caro WM, sua leitura e comentário são muito importantes
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 15:04
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Tá feito meu querido Cris!
Excepcionalmente numa tarde de sábado.
Espero que gostes, o presente saiu bem lá do fundo do coração!


Cherry Blossom · Dracena, SP 26/7/2008 16:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Desculpe o link não saiu, aí vai:

http://www.overmundo.com.br/banco/teia-2 href="http://www.overmundo.com.br/banco/teia-2">

Cherry Blossom · Dracena, SP 26/7/2008 16:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Cherry, minha fofa, adorei seu presente, assim me sinto menos hermético...rs
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 26/7/2008 16:49
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

É, Cris, podemos curar as feridas, porém as cicatrizes ficarão. As cicatrizes já não doem, mas nos lembram e nos levam a um mea culpa.
Beijo.

Sônia Brandão · Bauru, SP 27/7/2008 00:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

lavaste tua alma nesses belos versos meu menino.
Magia e alquimia.Densos porém nos traz um pouco de cada um em seu belo texto poesia.
Parabéns!
Voltarei.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 27/7/2008 02:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Cristiano, adoro crise, obviamente, no a posteriori, bien sur. rsrs
Essa sua veio dançando, hein? Ficou bonzão o poema.
Cartártico, Cristiano.Vai fundo. Claro, com sua técnica de mergulhador que vc não é maluco:))) Despressuriza e talz..rsr pode dar narcose.
Mas, olha tem muita coisa nesse fundo de mar. Vai lá. Tô aqui, viu?!! E gosto de quem se arrepende e diz. Gente que fala assim..não me arrependo de nada do que fiz, me arrependo do que não e blablawiskassachetblabla, pra mim é psicopata rsrs.
mille baci
Ser solitário é opção cada vez mais atual. Fazer o que?!!

Compulsão Diária · São Paulo, SP 27/7/2008 07:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Raiblue
 

Cris-Cris....lindo amigo....

Ser Hermético é a ponte para a iluminação...um estado transitório, de pura catárse...o silêncio amplia os sentidos e a percepção aflora...rompemos a barreira do orgulho e reconhecemos nossa mea culpa...o início da libertação das algemas que dilaceravam o espírito...Mergulhar é preciso...e vc mais que ninguém sabe das coisas das profundezas....há de encontrar a concha que guarda sua peróla...aquela pintada só pra ti... e uma aurora de fogo celebrará esse instante especial do reencontro...
Lindo poema Cris...forte...profundo como um mar aberto e seus perigos...
Parabéns,meu querido!

besitos bluecarinhososquentinhos...para diminuir o frio...rsrs
Blue-Blue...

Raiblue · Salvador, BA 27/7/2008 12:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Raiblue
 

Tem girassóis procê lá na minha página,Cris-Cris...hehe
com carinho...Blueeeeee

Raiblue · Salvador, BA 27/7/2008 12:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
walnizia santos
 

Cristiano, lindo o texto que agora vem à tona.
"Inadequado e hermético, percebo-me". Isso é valioso.
Na verdade somos todos seres humanos inadequados.
Por que ser adequado, por que corresponder a padrões e atender expectativas?
É perfeita a nossa imperfeição.
Para você vai a minha
"REFLEXÃO
Vamos estar sempre sós, pedidos em nosso insondável universo.
Como pretender que alguém compreenda os meus mistérios e anseios,
se nem eu mesma sei da vastidão do meu deserto?
Ah, me deixem a sós com meus enigmas!"

Parabéns. Um carinhoso abraço.
Walnizia

walnizia santos · Brasília, DF 27/7/2008 12:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Cris, voltando para te dizer que sua imagem está belissima!!!!!!!!

beijossssssssss

celina vasques · Manaus, AM 27/7/2008 14:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Ué, achei que já havia comentado, mas, se não o fiz, faço agora. Fiquei na dúvida se é o produto de uma crise existencial ou apenas uma auto-análise.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 27/7/2008 20:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Meu querido,nunca entregue o jogo antes do apito final
Ou seja,sempre há tempo pra ser o que se pensa que não foi
A vida se renova a cada suspiro e sempre seremos o que queremos ser,basta querer
Um xero

Ailuj · Niterói, RJ 27/7/2008 22:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Descortinar-se em dor e lamento, sob a sensação de ser inadequado...
Quantos não se vêem assim, em algum momento da vida?
A tristíssima reflexão em versos, serve para todos.

Gostei demais.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 27/7/2008 23:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Meus votos poeta Cris!

Beijo no seu coração e alma de poeta!

celina vasques · Manaus, AM 28/7/2008 09:22
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Voltando querido para conferir os votos!
bjs

Branca Pires · Aracaju, SE 28/7/2008 09:34
sua opinião: subir
clara arruda
 

Meu querido um ser fechado resta saber se em si mesmo.
São suas divagações e a sua alma plástica rsrsrs
Cris meu amor,amei deveras esse belo ser hermético.Deixo meu imenso carinho por seu grande merecimento.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 28/7/2008 10:31
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Sônia, as cicatrizes ficam mesmo, algumas vezes em cima de outras, ou formam um quelóide...Muito obrigado pela presença e comentário
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:32
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Clara, que comentários mais carinhosos, muito obrigado querida
Que bom que gostaste.
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:33
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

CD, é...gosto de mergulhar nos dois sentidos, literal e metafórico...Bem, sociopata é algo um tanto difícil de lidar mesmo... Mas, acho que não padeço dessa sorte...rs. Por isto, como bem lembras, a minha possibilidade de me arrepender e traduzir de alguma maneira.
Muito obrigado pela leitura e comentário
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:36
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Blue-Blue, que comentário mais poético, emociona-me sua sensibilidade. Que eu encontre minha concha e pérola com fogos de comemoração, é algo de muita esperança encantada. O silêncio é necessário, mas incomoda...aos outros e a quem fica em silêncio, acho que escreverei algo sobre o mesmo, o silêncio. Muito obrigado sempre
beijos
Cris-Cris

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:38
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Walnizia, dessa vez foi você que foi certeira como uma flecha. Que belo verso presenteia essa lista de comentários! A imperfeição é perfeita!
muito obrigado pela dica.
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:40
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Celina, gostou da foto? é da janela de meu apto.
beijos e obrigado

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:41
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Marcos, também estou na dúvida...rs
Muito obrigado pela constante presença.
Abração

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:44
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Ju, não entrego o jogo não, é só uma pausa para reflexão...rs
Muito obrigado querida
xêro

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:48
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Saramar,
Várias vezes acabamos por nos sentir assim, não é?! O que fazemos com isto é que nos diferencia e nos aproxima uns dos outros, aliás como em todas as circunstâncias da vida...
Muito me alegra que tenha gostado
Obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:50
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Branca, mais uma vez obrigado, beijinhos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 10:50
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Cristiano, obrigada por tudo. vim dar mais beijo

Compulsão Diária · São Paulo, SP 28/7/2008 12:40
sua opinião: subir
Náthima Danel
 

Cristiano, esse é dos mais belos que já li dos seus.
Intenso, triste, arrebatador.
Uma compreensão necessária e dolorosa de si mesmo.
'A flor grávida' foi perfeito, 'as sementes inférteis', magia em complemento.
Especial demais.
Que dizer mediante uma especiaria? Nada, ler novamente.
Abraço, menino inquieto.

Náthima Danel · Boa Vista, RR 28/7/2008 13:20
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Esse ser hermético que habita em vc esta precisando de terapia.
bjssssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 28/7/2008 15:59
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Voto e beijo Cris!

Cherry Blossom · Dracena, SP 28/7/2008 16:59
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

CD, muito obrigado pelo carinho, beijos

Náthima, fico muito contente com o seu gostar de meu escrito, não tenho palavras para lhe agradecer, além de muito obrigado mesmo, beijos

Doroni, o ser em pleno vôo de terapia...rs, Obrigado e beijos

Cherry, muito obrigado, beijinhos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 17:20
sua opinião: subir
Gena Maria
 

Cristiano, muito lindo seu poema, maravilhoso!
Obrigada por sua visita e suas lindas palavras!
Bjão meu amigo!
Gena

Gena Maria · Marília, SP 28/7/2008 19:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Eu que agradeço querida Gena,
seja sempre bem-vinda,
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 28/7/2008 19:20
sua opinião: subir
ayruman
 

Chego meio atrasado mas ainda é tempo.
Ás vezes passamos por nossas noites cósmicas. Isto é natural, faz parte de nossa caminhada. De vez em quando é preciso abrir portas e janelas e fazer uma faxina geral. E isso quase sempre dói mas o resultado é sempre positivo... Assim somos nós.
Mas amanhã o Sol brilha outra vez e inunda nossa Alma de Alegria.
E viva a Vida hermano!
jbconrado

ayruman · Cuiabá, MT 28/7/2008 21:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Cris,
Esta é uma grande luta.
A luta dos eus.
[...]Trago a dor,
Respiro a amarga semente,
Do que poderia ser
E não fui.[...]
Beijos e votos,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 28/7/2008 23:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Cristiano Melo · Brasília (DF
Ser Hermético

Haja o que houver, seja qual for a luta.
Sempre vai haver luz e esperança.
Sempre vale a pena.

Parabéns.
Muito bem feito.
é um Mestre já consagrado.
De todo mérito.
Abração Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 28/7/2008 23:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Hermético. Essa vontade que temos de nos excluir e incluir só em nossos porquês, carregar o peso das dúvidas, tentar acertar, arrumar, mudar as cartas do jogo dentro da gente...Retirar essa poeira pesada , ha ja sopro que depende de nós, mas depende do contexto que estamos e vivemos...Cristiano, teu estilo é primoroso quando embarca na nave para a viagem no eu...ab...

Cintia Thome · São Paulo, SP 29/7/2008 07:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

JB, meu amigo, nunca estás atrasado..Fique sempre à vontade, muito obrigado pela leitura e comentário. Façamos esta faxina de tempos em tempos para arejar o nosso ser.
Abração

Regina, a luta há de ser doce e com paciência, né?!
Muito obrigado
beijos

Nobre Azuir, sua presença me alegra, que a luta seja com esperança de sempre avançar rumo a algo mais iluminado, isso aí, muito obrigado por suas generosas palavras.
abração

Cíntia, quando percebemos estamos no juízo de valor, excluindo ou incluindo, como você bem lembrou. Fico muito grato com sua leitura e generoso comentário.
beijo

Cristiano Melo · Brasília, DF 29/7/2008 08:51
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Que mergulho obscuro, estranho, cara. Até pareceu ter sido sugado pelo buraco negro de si mesmo.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 29/7/2008 09:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Sérgio,
Sua interpretação é salutar! Estranho né? Mas talvez mais estranho seja aquele que não se sente inadequado às vezes.
Valeu a presença
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 29/7/2008 09:28
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

o que poderíamos ser e não fomos
somos o que não podíamos e somos?
eterno labirinto mental.
Belo poema
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 29/7/2008 10:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

EG,
"somos o que não podíamos e somos?"
Eita beleza para dar nó na cabeça, agora é que ficarei hermético mesmo...rs
Brincadeira, muito obrigado
abração

Cristiano Melo · Brasília, DF 29/7/2008 10:22
sua opinião: subir
Wellington Coelho
 

Cristiano,
"Alma de cortes,
Dilacerada em mil de mim,
Sem linha a coser."
Clímax poético.
Votado!

Wellington Coelho · Belo Horizonte, MG 29/7/2008 20:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Raiblue
 

Vo(L)tando e deixando mil besitos bluerecheados de carinho...
Blue-Blue

Raiblue · Salvador, BA 29/7/2008 22:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Deixando meu carinho e um xero

Ailuj · Niterói, RJ 29/7/2008 23:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Edson Rufo
 

Votei pelo carinho e pela atenção que me prestou e sei que agora será um caminho de amizade sempre.
Muito obrigado

Edson Rufo

Edson Rufo · São Paulo, SP 29/7/2008 23:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Wellington, meu caro, muito obrigado pela leitura e comentário, seja bem-vindo sempre
abraços

Querida Blue-Blue, mil beijinhos e obrigado por tudo
Cris-Cris

Ju, saudades, xêro

Caro Edson, seja bem-vindo, obrigado pela atenção, sim continuemos na criação de escritos e estritamento de laços,
abraços.

Cristiano Melo · Brasília, DF 30/7/2008 09:21
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

sempre que leio o poema,
leio também os comentários
me abstive
descubro o Cristiano
hermeneuta explicador da vida

Carlos Mota · Goiânia, GO 30/7/2008 10:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Carlos, é...sinto-me assim, mas herméticos acabamos sendo em momentos distintos da vida, não?!
Muito obrigado
forte abraço

Cristiano Melo · Brasília, DF 30/7/2008 10:25
sua opinião: subir
su angelote
 

O que não somos além de cicatrizes?

su angelote · Jaboatão dos Guararapes, PE 30/7/2008 10:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Su, minha querida, seja bem-vinda,
sim somos cicatrizes do que vivenciamos pela vida.
Muito obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 30/7/2008 10:30
sua opinião: subir
nina araújo
 

"Por vezes acreditei em minhas idéias,
Ao defendê-las com alegre ousadia."

há de ser sempre assim...sim...há de ser!!!Beijos.Nina.

nina araújo · Rio de Janeiro, RJ 30/7/2008 11:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Que bom Nina, foste numa parte do poema que gostei quando o concluí.
Isso mesmo, há de ser!
Com autocrítica e tenacidade para modificar o que achar necessário
obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 30/7/2008 11:18
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Cristiano, parceiro.
E assim caminham nossas almas. Bela poesia.
abraços
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 30/7/2008 15:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Caro amigo Noélio,
isso mesmo,
muito obrigado pela leitura
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 30/7/2008 15:39
sua opinião: subir
Luciana Nabuco
 

CRIS... Pequeno mea culpa: pelo computador ter mais uma vez me deixado na mão,por uma cadeira de ferro a furar minha carapaça de caranguejo,e levado pontos na minha pinça direita...me peguei literalmente pelo pé na refexão.O pé inutilizado e que não avança,então tudo o mais é combinação ardilosa dos deuses...quando se quebra a casca,quem sabe dizer em quanto tempo ela se regenerá? Mas se nunca a quebrarmos provaremos das emoções previamente condenadas ao aborto,não sendo capazes de guardar,nem ver crescer,nem doar...Sua poesia é ardida e doída,como os do que refazem seu casulo da própria saliva,sua poesia é viva...um beijo

Luciana Nabuco · Rio de Janeiro, RJ 31/7/2008 11:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Lu, Menina, melhoras a sua pinça... também estou com suturas, mas as minhas são na perna direita. O pé que não avança devido a conspirações internas...HUm...Dá tema de escrito....rs
Fico muito contente com seu generoso comentário, vivo que são seus trabalhos.
Muito obrigado pela presença pós resolução do PC, espero que ele fique bem, o PC...rs
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 31/7/2008 11:47
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

snif snif snif ! Leu minha alma?
Adoto tdo de vc.
Cláudia Campello - MT

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 8/9/2008 18:24
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

corrigindo.... ADORO TDO DE VC,
mas... adoto tbm eu acho rs
Cláudia

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 8/9/2008 18:26
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados