SINAIS DO DIA

Kais Ismail- POA - Brasil
1
Cintia Thome · São Paulo, SP
7/3/2010 · 6 · 7
 

Fotografia: Kais Ismail


SINAIS DO DIA


Raia o dia
Abre a saia grande estrela
Vejo azuis no espelho do mar
No céu que acalma esse andante
O transito é a onda, a turba
Que não perturba
É o mar...mar...as ruas
Mergulho entre os carros
Peixes grandes, pequenos
O sal cinza derrama...
Assim mesmo se ama, ama
Ama-se o dia sem agonia
Falam os postes vermelhos
De amor... Amor

Dentro de mim
Vou costurando lenços
panos, cortinas de chorar
Do ontem que já não é meu
Nem seu... passante...
foi como turbilhão, arranhão
total sua solidão
Voltou ao lugar do nunca
Comum, como mais um
Misturando-se, funil

Fecho botões desse frio
Esquento meu coração
Guardo os edifícios meus
Nas vielas, nas ruas de meu sangue
Tão meus e seus habitantes
Passantes nas janelas como eu
Sem saída

Os sinais vão abrir
Como flores nas árvores
Raiou mais um dia
Já é meio dia em mim
de quem sonha, sonha
Corre nas avenidas
Idas... idas...
Sem as curvas idas...

Lá se vão pessoas partidas
São as idas...idas
a terra dos formigueiros
andantes passageiros
Nas corridas das vidas
Do sinal do sinal
A verde liberdade das cidades
Verde mar...verde mar
Vão amar um dia...o dia...


Cíntia Thomé




Compreendi que :
Amor é tudo,
Que abarca os tempos e os lugares"

(Santa Terezinha)







.

compartilhe



informações

Autoria
...Cíntia Thomé
Downloads
261 downloads

comentários feed

+ comentar
Saramar
 

Cintia, a intensidade deste turbilhão sufoca e encanta, num movimento louco tal qual a dor de viver os dias.
Maravilhoso!

beijos

Saramar · Goiânia, GO 6/3/2010 18:27
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Obrigado Saramar, suas palavras sempre pra cima e exatas.Gostei de vc ter vindo.bj

Cintia Thome · São Paulo, SP 7/3/2010 10:09
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Cintia,
doloroso o teu poema

a vida nos deixa vulneráveis frente as mazelas desse mundo e de tudo o que nos acontece
Mas nos dias que passam é preciso encontrar um alento e reaprender a amar apesar de tudo, porque do contrario não sobrevivemos.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/3/2010 19:57
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Lindo, lindo, linda! Bj

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/3/2010 22:37
sua opinião: subir
Tiago_Lyra
 

suaaaaaaaaaaaveeeeee!!!!

bela!

Tiago_Lyra · Salvador, BA 8/3/2010 02:15
sua opinião: subir
Orisvaldo Tanniy
 

Linda poesia.Votado.Abraço amigo!

Orisvaldo Tanniy · Teresina, PI 8/3/2010 12:45
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

...porque te leio e sinto saLdadedes de mim, o?!

vc é incrivelmente profunda e maravilhosa poetisa.

pra esse poema só posso dizer:- AMEI!!!

bjsssssss

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 9/3/2010 09:08
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados