SONHOS DECOMPOSTOS

Campinas-Cambuí 2011@autoria Cíntia Thomé - não copie.
1
Cintia Thome · São Paulo, SP
5/7/2011 · 5 · 8
 



Os grãos de mostarda voam
soltos, revoltos vão as cavernas
os labirintos das veias, as artérias do ontem, dos séculos
voam a chibatadas do vento
num sopro de velas mal comidas
no frio do ventre sem espumas de amor
quebram parafinas das intermináveis novenas
e agora? nunca!
Devolva a Terra o meu sangue
perdido no tempo da promessa
das ilusões sentimentos nobres, das bocas articuladas
cuspindo fétidos perfumes, mau hálito das ervas
sonhos decompostos deste sorrateiro ser
fantasma dos meus passados
a agulha, seu dente que feriu-me
boba, quase adolescente, em rouge pálido
sangrou corpo e o apaguei na memória
vieste a lembrança das antigas mágoas
como água vi meus olhos rasos
impedi a verdadeira estória
na solicitude de reflorescência honrosa,
sem vírgulas e pontos
em caixas de pandora, em laços já desfeitos?
corre vazio de agora a dúvida sem sabê-la
sem começo vai leve como folha quebrada
desmaiada desintegra quase pó
por que já a hora aproxima-se
e leva a docilidade de mim
sem que fizeste estancar a ferida
no incerto, no duvidoso não tenhas feito nada
só ilusões e mentiras
voce vocifera no canto desse coração
por que não pronunciei palavras
de culpa para ver nossas asas livres
não indague, não tenho respostas
leva ao firmamento em seu pensamento
é tudo que resta, restou até o completo desaparecimento
é a estrela que brilha ao miolo das flores
no talo alto que ali lamento, das rosas dos ventos...
dos ventos, dos ventos




Cíntia Thomé













....

compartilhe



informações

Autoria
...Cíntia Thomé
Downloads
268 downloads

comentários feed

+ comentar
- M.Leite
 

Um tanto surreal.
Gosto muito... na verdade não somente meus sonhos são assim, mas minha realidade.
Atormentada!

Bjs

- M.Leite · Virgínia, MG 5/7/2011 16:12
sua opinião: subir
marilia carboni
 

Deixo-te um beijo !

marilia carboni · Londrina, PR 5/7/2011 20:44
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Surreal é a poesia. Planamos entre o bem e o mal, entre o amor e o ódio, entre o real e as vertigens... Sentimentos por baixo dos panos eu diria ...só entende quem sente...interpretações várias, depende do momento que lemos...Obrigada M.Leite
Obrigada Marília Red...

bjud

Cintia Thome · São Paulo, SP 5/7/2011 21:06
sua opinião: subir
DECRÉPITA BÚSSOLA
 

MARAVILHA!!! ABRAÇO.

DECRÉPITA BÚSSOLA · Caçapava, SP 6/7/2011 14:51
sua opinião: subir
alcanu
 

Dá impressão que tudo, mas tudo mesmo, se desfaz !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 7/7/2011 01:46
sua opinião: subir
Humberto Firmo
 

Esse tempo, de quem somos linha, faz destas coisas.
Num momento somos grãos, noutros, quem sabe...
e agora? sempre. Está posto.

como disse: a cada momento um novo rio e um novo ser.
beijossssssssssssssss!!!!!!! flor!



Humberto Firmo · Brasília, DF 20/7/2011 20:58
sua opinião: subir
And.Marques
 

Bonito trabalho!!! abraço.

And.Marques · Itapevi, SP 25/7/2011 16:24
sua opinião: subir
Maressa Marins
 

Nossa amiga....um dia pretendo escrever assim,amo as metáforas,os enigmas,MARAVILHOSO! forte,denso...Parabens querida.bjcas.Maressa Marins

obs:passse no meu overcanto,republiquei uma poesia com fundo musical.

Maressa Marins · Brodowski, SP 1/8/2011 14:54
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados