Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

SOU PUTA.

1
EL MARIACHI · Santo André, SP
14/5/2009 · 5 · 7
 

Amostra do texto

O que é ser puta senão liberar por completo todas as energias femininas em gemidos, emoções, tremedeiras, contrações, curvas, lambidas, inversões de pernas e reboladas? Ficar inteiramente entregue, rendida, aberta e molhada. Sentir-se possuída, invadida, desrespeitada, ter seus cabelos entrelaçados entre nossos dedos, ter seu rosto tapeado e seu corpo inteiro tocado? Explorar e ser explorada, sem restrições (...)?

Sobre a obra

“A mulher deve ser uma dama perante a sociedade e uma puta na cama!”
É certo que você em algum momento você já tenha ouvido falar neste dito popular, que por sua vez vem se tornando cada vez mais verdade.

compartilhe



informações

Autoria
Grauter Silva 05/2009
Downloads
4444 downloads

comentários feed

+ comentar
EL MARIACHI
 

Comentários são muito bem-vindos, como sempre.

EL MARIACHI · Santo André, SP 14/5/2009 18:09
sua opinião: subir
Ivette G.M.
 

Mariachi, acho que seu texto responde uma questão, que tenho me colocado há algum tempo. Com tanta liberdade sexual, por que os homens ainda procuram putas? Se todas as mulheres hoje em dia vão para a cama na maior facilidade, ou seja, normalidade, as putas não seriam então uma profissão extinta?
Ao que tudo indica, pagar para dormir com uma puta ainda dá uma sensação diferente, ainda tem o gosto do pecado, da transgressão. A mulher comum, com certeza se faz de puta mas ainda não o é verdadeiramente e por isso a profissão mais antiga do mundo continuará muito valorizada. Será que estou analisando com alguma coerência?
Ivette G M

Ivette G.M. · Cotia, SP 14/5/2009 20:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

\Por isso em mim........uma santa e uma devassa. pensa!

gostei mto.......forte e real.

bjssssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 15/5/2009 04:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
EL MARIACHI
 

Salve overpessoas...
A temática "guerra dos sexos" é tão instigante que aqui irá se fazer mais uma rodada de debates... o que é muito interessante e frutifero!
Ao escrever estas poucas palavras sobre o iminente assunto, juro que eu pensei estritamente nas relaçoes amorosas e certas, entre homem e mulher, casal, namorados... entendem?
Confesso que não me passou pela cabeça por parte dos homens o pagamento pelo sexo. Tenho um amigo que disse uma vez "meia-verdade" - "tem homens que para não gastar suas esposas, acabam procurando sexo fácil e rápido e o melhor de tudo sem sentimento, com prostitutas". Talvez esse fato ainda alimento a questão colocada pela amiga IVETTE G.M de que nós homens ainda embora as mulheres tenham tal comportamento de puta na cama, ainda sim pagamos por sexo as prostitutas.
É certo que há prostitutas que na cama não se comportam como "puta". Talvez n - homens - enxergamos nestas profissionais uma espécie de extensão dos nosso melhores amigos, com que podemos contar extamente TUDO que nos aflige sem fazer aquela cara de constrangimento no outro dia... elas são totalmente imparciais, psicólogas e entendem do que sentimos. O ato sexual com elas geralmente às vezes nem chega as vias de fato, muitas vezes sim, e trata-se oficiosamente de uma "trepada" ou uma aventura. Nada a mais que isso, nada além disso! Não há sentimento envolvido neste tipo de "traição", é quase que instintivo ao homem - ou expandido a maioria desses exemplares - e sim muito profissionalismo. Diferentemente de quando as mulheres traem. Elas o fazem tomadas de sentimento, dúvidas e certo grau de envolvimento. Traem e no segundo de seguinte sua mente é cenário de confusão, arrependimento e perguntas sem respostas.
Ainda tratando se de "SOU PUTA", descrevo aquele tipo de "comportamento" sexual/amoroso que as mulheres ditas "comum" demonstram frente ao seu parceiro... como uma afronta a posição de primazia exercida ao longo dos tempos em sociedade pelo penis. Neste comportamento não há regras de verdadeiro ou falso, ética ou imoralidade, muito menos desvantagem onerosa nesta troca...
Não se consegui clarificar ou confundir ainda mais as mentes e vossas opiniões...

Comentem, melhorem....

Abraços

Grauter Silva (El Mariachi)

EL MARIACHI · Santo André, SP 15/5/2009 15:40
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

El Mariachi

Saber dar prazer a um homem na cama,
não significa ser PUTA que vende o corpo
essa palavra é muito pesada.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 15/5/2009 19:37
sua opinião: subir
Ivette G.M.
 

Grauter, você coloca uma questão em sua resposta que, acredito, abre uma outra vertente para reflexão e discussão. Você diz que os homens, muitas vezes procuram uma Puta não tanto pelo sexo como pelo fato dela saber ouvir, como se fosse um psicólogo ou um melhor amigo. Com ela o homem pode estar certo de ser ouvido e compreendido. Há confiança. A parceira de amor, não só de sexo (namorada, esposa, amante sei lá quantas denominações), é incapaz desse mesmo ato? Será que somos todos tão pouco transparentes para com nossos parceiros constantes? Acho que com a mulher ocorre o mesmo. Temos medo de nos expor e sermos criticados ou rejeitados? Como são complicadas as rerlações, não?
Ivette G M

Ivette G.M. · Cotia, SP 16/5/2009 18:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
EL MARIACHI
 

Realmente há este precedente... creio que deva se equivaler a um tipo de relacionamente que as mulheres tem com seus amigos-gays, sabe!? À eles, elas também se abrem, há confiança e tal. Indubitavelemente existem relações bem abertas onde o diálogo entre homem e mulher sempre se faz presente.
Relmente! Quem disse que as relações entre Homens e Mulheres deveriam ser assim... descomplicadas!? Tem que ser assim.. senão não tem graça!
Ainda sobre o comentário de Doroni Hilgenberg, realmente "fora" do contexto sexo a palavra PUTA realmente torna-se muito pesada... concordo. Mas essa palavra diga ao pés do ouvido ou até sendo gritada em meio a uma noite de amor... torna-se totalmente cabível!

Abraços à todos!

EL MARIACHI · Santo André, SP 20/5/2009 16:57
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados