TALVEZ, SEI LÁ, SEJA SOMENTE UM ATÉ BREVE.

ordemnascente.blogspot.com
1
Noelio Mello · Belém, PA
3/12/2008 · 270 · 68
 

Amostra do texto

Nunca gostei da palavra adeus. Ela me parece forte demais. Deixa no ar uma ligação direta com o findar de uma existência de amizades. Tem o cheiro apavorante de um quarto de enfermo. Soa como uma despedida da vida. Prefiro, quando me despeço, dizer, um até mais, um até breve.

Faz um ano e meio que estou no overmundo onde fui acolhido com muitas mãos de flores, com muitas línguas perfumadas, com doces olhares de bondade sobre o que aqui escrevi. A vida ensinou-me a não tomar decisões precipitadas, ingratas. Achei, por isso, que seria mais prudente tirar umas "férias" do overmundo, um projeto cultural profundamente bem elaborado, mas, cujas janelas, ultimamente, por onde entrava o sol ardente da liberdade estão sendo decoradas com cortinas pintadas com a cor do luto da inimizade, da injustiça, das ofensas pessoais..

Em lugar de poesias que falam de amor, vejo e leio textos que valorizam o ódio. O rancor. O desprezo. Palavras que, definitivamente, não fazem parte do meu dicionário, da minha vida. Se um dia resolver voltar, espero que suas portas por onde entraram tantas delícias de muitas almas poetas, sensíveis, talentosas, continuem abertas para novamente abrigar as letras de esperanças escritas pelas mãos do meu coração.

Aqui comecei e escrevi um livro. Uma glória. Uma vitória, um sonho, para quem aprendeu a desejar pouco da vida. Não fujo no meio da noite, não sou desleal com os amigos, com este projeto que cobriu muitas das minhas dores com o teto da cultura. Saio num meio de tarde aspirando uma brisa que parece querer me dizer que a desesperança no amanhã nunca é para sempre.

Para tantos que não me conhecem, peço emprestadas muitas das minhas próprias palavras que usei na introdução do meu livro- Entre o Riso e Pranto- para dizer que aqui escrevi cartas para o tempo, para a vida, para meus amores e desamores, para as ingratidões do destino. Falei para as calçadas enluaradas, para as caçadas em busca da felicidade. Fiz poemas para as estrelas. Bisbilhotei minha infância. Mandei cartas sem fim para minhas saudades. Clamei para a volta da esperança. Ansiei pela eternidade. Pela felicidade plena.

Escrevi doces recados para os pássaros. Tentei esconder o ontem. Pedi aos céus sinais de luz. Espalhei orações. Fabriquei a fé. Perdi-a nas noites escuras. Recuperei-a ao nascer de muitas alvoradas. Dei vida para muitos cansados telhados. Mandei um beijo interminável para Belém do Pará. Amei muitas manhãs de chuvas. Apaixonei-me pelo sol poente. Odiei-o por me trazer tantas tristezas.

Enviei carta dura para a morte. Exaltei a vida, o amor com todas as suas ilusões e desilusões. Cobrei do ciúme exagerado uma nova postura. Aconselhei os corações ateus. Tentei abrir a fechadura espiritual de muitas almas. Sonhei ser santo. Sofri ao ver tantos indigentes deixando suas moribundas digitais em tantas portas que não se abriam.

Rasguei o ventre da terra. Vi muitos meninos desnudos brincando de nada. Inventei e reinventei sonhos. Copiei as esperanças alheias. Brindei bebendo pingos de luar, gotas de orvalho. Com a revolta que irrompe da injustiça, critiquei o Pai Noel por injuriar os sonhos dourados de muitas crianças pobres, por prometer e não cumprir. Senti como são longas e ingratas as asas do tempo.

Castiguei os corações desgovernados. Falei para a razão e a emoção. Pedi explicações sobre a diferença de amor e saudade. Ouvi no começo da primavera o primeiro canto de um sabiá. Escrevi uma grande carta para os múltiplos encantamentos da vida. Supliquei para a esperança acelerar seus passos. Senti como somos indiferentes com a dor que mora ao nosso lado. Vi que as cidades são grandes teatros de mentiras e assim mesmo, numa insensatez da minha alma, ansiei ser cidade quando espiava, um dia, meu particular horizonte de saudades.

Espalhei tantas cartas pelas ruas escuras. Muitas os ventos as levaram. Outras o tempo as escondeu, tantas a vida as reescreveu. Um dia resolvi sair pelas calçadas, pelas esquinas, pelas praças, recolhendo, sob a luz das estrelas ou sob a luz do sol ardente, retalhos de cada uma delas que pudessem contar um pedaço da minha vida que, mesmo andando entre a tristeza e a felicidade, é esperança que não cessa, é amor que não se acaba.

Entendi que a vida é feita de momentos, de pedaços, de sonhos que nascem no coração e acordam nos parapeitos das janelas. Muitos ficam, empoeirados nas prateleiras da alma, outros viram realidade e constroem, mesmo entre o riso e o pranto, um livro, que o danado do tempo jamais conseguirá fazer cair no esquecimento humano e para sempre ficará guardado nas páginas do banco de cultura deste site. Hoje sou sonho completo. Sou lábios que agradecem a Deus as bondades que me ofertou. Sou grato aos amigos que aqui garimpei. Sou grato ao Overmundo, por ter me permitido ser páginas escritas com os olhos da alma e com as mãos do coração

Não sei por quanto tempo ficarei ausente dessas “férias” forçadas. A vida e o tempo são meus donos. Talvez, se um dia voltar, e, se assim me for permitido, muita coisa tenha mudado, muitas vitórias tenham sido conquistadas, afinal, não se abre, impunemente, ao sopro dos ventos, uma mão carregada de pó de ouro.

Sobre a obra

Deixo por um periodo indeterminado de escrever no overmundo. Não sei quando volto. Afinal a vida e o tempo são meus donos.

compartilhe



informações

Autoria
Noélio A. de Mello
noeliomello@ig.com.br
Ficha técnica
Entre o passado e o futuro os meus sonhos nunca deixarão de existir.
Downloads
1090 downloads

comentários feed

+ comentar
ayruman
 

Grande amigo. A Vida é Amor em movimento. Sou muito grato por suas sábias Palavras deixadas aqui no OverMundo. Por sua nobreza de Coração.
Que Deus o ilumine sempre, esteja onde estiver.
Luz, Paz e Amor. Sempre. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 1/12/2008 17:36
sua opinião: subir
victorvapf
 

Grande parceiro Noelio. Claro que voce nao esta se despedindo, mas que suas ferias sejam breves, porque aqui estaremos esperando para ler seus belos escritos que alem de belos sao recheados de sabedoria, nunca servindo para si, sempre trazendo desprendidamente uma mensagem de otimismo, nobresa e bom carater, espelhando tenho certeza, o que vai dentro de sua alma.Todos nos sentiremos sua saida, mesmo que momentanea, porque ler suas criacoes e um verdadeiro aprendizado...Caro amigo parceiro, deixo aqui meu abraco e votos para que seja feliz em sua nova jornada e um ate breve mesmo,

victorvapf

victorvapf · Belo Horizonte, MG 1/12/2008 19:07
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Querido Noélio,
Suas palavras tão ricas e belas devem deixar no coração dos menos nobres de espírito pelo menos a reflexão, a retirada da inveja, ou o ponto da discórdia. Sigamos em frente e que este até breve seja tão breve como a tempestade de fumaça que nos intoxica hoje.
Agradeço ter o prazer em ler seus textos e suas amáveis palavras, sempre repletas de sinceridade.
Um grande beijo e até a volta, até breve, quem sabe?
Beijos,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 1/12/2008 19:24
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Amigo e parceiro, Noelio!

Os dias, as tardes e as noites que comporão este mundo Overmundano estarão menos brilhosos com a sua saida e deveras orfãos de suas sábias crônicas.

Respeito e entendo a sua decisão - posta em discursão meses atrás em e-mail particular a mim endereçado - e, quanto a mim, também farei "balanço completo" a respeito da minha permanência ou não, por aqui.

Sua entrada no Over deu-se antes de mim. Mas lhe acompanho par e passo desde a minha iniciação.

Recebi de você (e olha que meus parcos poemas não chegam nem perto da grandiosidade de seus escritos!) os mais belos e sinceros comentários que alguém pode receber de um Grande como você.

Isso não é para qualquer um...

Obrigado!

Sua despedida se dá em momento de desacerto entre colaboradores... Isso é triste!

Saiba:
este sítio estará menos ofuscante...
Menos vivo...
Mais morto...

Que seja apenas férias, querido irmão... Apenas!

Vá! E leve consigo um beijo meu.

Sinceramente,

Seu amigo
Benny Franklin


Benny Franklin · Belém, PA 1/12/2008 20:08
sua opinião: subir
crispinga
 

Quantas palavras são necessárias para tocar um coração? Chegamos por aqui na mesma época, eu estava sofrendo a dor de uma perda e descobrí, navegando por aqui, almas sensíveis como a sua. Que me fizeram perceber que minha dor era pequena diante de outras perdas. Alma generosa a sua. Como um farol mostrando que lá na frente havia uma saída, bastava ter calma, serenar o coração.
Em você encontrei um ombro amigo, o ouvido e o aconchego, coisas raras nesses dias egoístas, ninguém tem tempo para nada, cada um só quer saber de viver intensamente seus desejos, alimentar suas paixões, custe o que custar.
O homem está desaprendendo...
Mas sempre existem aqueles que pairam acima dos egos inflamados. Entendo seu desconforto e partilho com você. Já disse que me afastaria também. Assim como fizeram tantos outros amigos que fizemos. Mas as almas se encontraram, sabemos onde estão. Deixemos que sigam seus caminhos. Foram dias felizes de muitos encontros. Eu também realizei aqui o inimaginável, voltar a escrever. Foi difícil abrir a porta. Mas conseguí, estou entrando devagarinho no quarto que abandonei há muito tempo. O reencontro começou tímido mas, as poucos, as palavras vão surgindo. Perdí e ganhei, tenho uma filha para amar e mostrar os caminhos...Um dia, ela vai seguir o que escolher e eu quero estar serena para continuar minha procura.
Soltemos as amarras, então, Capitão! O mundo é muito grande!
Até breve!

crispinga · Nova Friburgo, RJ 1/12/2008 20:26
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Meu caro Noélio! Essas energias negativas são cíclicas e atingem todos os lugares e todos os projetos. Fazem parte do aprendizado do homem. Diz Platão, o mestre dos filósofos que:A mnesma alma que faz uma tragédia, faz uma comédias, Somos bipolares com predominância das polaridades negativas. A onda passa e La Nave ( de Overmundo)Vá! Considero a sua saida um breve descanço. Logo estaremos ansiosos pelo seu retorno e pelo seu sorriso! Um forte amplexo!

raphaelreys · Montes Claros, MG 1/12/2008 20:54
sua opinião: subir
MariaLuísa
 

Olá, Noélio!
Sou novata por aqui. Não tive o prazer de ler seus textos. Lendo o de hoje, vi que perdi a oportunidade de conhecer um verdadeiro poeta. Uma pessoa que faz da vida poesia. Volte logo porque quero muito ler textos verdadeiros como esse que acabei de ler!
Um abraço e... até breve!

MariaLuísa · Brasília, DF 1/12/2008 21:17
sua opinião: subir
Saramar
 

"mesmo andando entre a tristeza e a felicidade, é esperança que não cessa, é amor que não se acaba."

Querido, nestas palavras, entre tantas outras, todas belas e exemplares, você ensina e encanta (como sempre) sobre o caminho mais tranquilo para conduzir a vida.
Acredito sim que nós conduzimos nossas vidas para onde quisermos. Há os que contemplam apenas noites e há aqueles que enxergam a trilha da esperança. Cada um percorre os seus caminhos.
Sua participação aqui no Overmundo marcou a alma de quem o leu (e continuará lendo) com a luz dos caminhos da esperança.
Infelizmente, você se vai (por breve tempo, eu espero), deixando ainda mais triste, mais pobre, este canto que já foi refúgio de alegrias e da criação artística.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 1/12/2008 22:14
sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Querido Noélio

Lí todas as tuas cartas e teus recados. Para mim, todos sempre doces. Mesmo nas palavras mais duras, impossível esconder tua doçura... Te admiro demais, como ser humano e como escritor: verdadeiros brilhantes!
Confesso que também venho me afastando deste espaço, já há algum tempo, por me sentir desconfortável, inadequada, não sei exatamente o termo correto. Pensei que fosse apenas uma coisa minha. Vejo que me enganei. É um sentimento coletivo. Que pena... Talvez inadequada, seja a maneira como este sítio — que considero modelo, na sua concepção, formato, alcance, etc. — esteja sendo conduzida.
Que possamos voltar...
Beijos

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 2/12/2008 00:01
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

NOÉLIO,
Amigo qrdo...
Mandei cartas
Sem fim
Para minhas
SAUDADES...
Páginas escritas,
Com os olhos
Da alma,
E com as mãos
Do CORAÇÃO!!!
Estou muito triste,amigo!
Sabemos que a lingua
É espada que corta,
E as palavras,
Flechas que penetram...
Que essas férias,
Possam ser,
Apenas férias.
Deus, não fez economias
Quando colocou bondade,
Em seus passos...
Até breve!
ABRAÇOS SOFRIDOS.

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 2/12/2008 00:06
sua opinião: subir
brigitte
 

Noelio Amigo!!
Triste fiquei com sua decisão. Mas podes crer que aqui também bate uma desilusão quanto à proposta e postura do site. Realmente uma perda incalculável sua saida e a de outros maravilhosos amigos que por aqui passaram e deixaram saudades profundas no coração! Com você não será diferente. Pois saiba que em mim encontrarás uma amiga sempre grata a teus maravilhosos textos que tanto tocaram e tocam minha alma!
Embora a vida nos ensine que tudo é passageiro, sua amizade é eterna!
Espero que em outros caminhos encontre o reconhecimento merecido e acompanhado de plena felicidade!
Um até breve. Abração e um beijo no coração!

brigitte · Goiânia, GO 2/12/2008 00:59
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Noelio,

vc sempre trouxe esperança e os bons, os melhores sentmentos. Os mais nobres, de verdade.

Afastada, por todos os motivos conehcidos, deixo aqui

Malazaerte

Flutua nos olhos,
Brilha na pele
Tua alegria que fere
Brios e zangas.

Tua infância levada
Deslizou com a serpente
Do teu tempo esticado
Teu amor pelos cavalos
Teu mar solitário
Teus sentidos amortecidos
Teus venenos purpurina
Tua coragem bêbada
De medo solto na fumaça.

De éter foi teu flerte
Tua sina de rebelde
Tua vida contra morte
Teus anjos da guarda exaustos
Teu sorriso presente.

É terna minha confiança, malazarte,
Ao ver-te rasgar tuas crises
E furar tuas dores,
Aprendo contigo
A quase morrer e voltar
Eterna criança sempre viva


Poema feito pra um jovem e pra todos nós que, da vero, buscamos ar puro.


O valor de meu trabalho não é determinado pela presença no Overmundo e sim pela sua qualidade artística.

Meu até logo sereno e o desejo sincero a todos de muita arte sempre. Que ela prevaleça.

"A história é o erro./A verdade é aquilo,/mais além das datas,/mas aquém dos nomes,/que a história desdenha...A poesia,/ponte suspensa entre história e verdade,/não é caminho rumo a isso ou aquilo;/é ver/a quietude no movimento,/o trânsito/na quietude".
Noturno de San Ildefonso
Octavio Paz


E pra mim:
Não há moral na arte. A arte é bonita ou feia.
Oscar Wilde

Se considerarem que este comentário está fora do lugar, acionem o alerta, cést la vie. Ou como preferia Duchamp em seu apelido para as fotos de Man Ray - Rose Sélavy = eros é a vida.

E arte é eros no seu sentido pleno: o que faz laço, liga e une. O resto é chatice das piores.


Noelio, entendo seu postado como mais um gruti de alerta pra todos que ainda não escutaram.

até brec]ve, meu grande e queridíssimo amigo.

Compulsão Diária · São Paulo, SP 2/12/2008 01:24
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

um grito de alerta;)))

Compulsão Diária · São Paulo, SP 2/12/2008 01:38
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Ah meu amigo - assim se ensina, assim se deixa uma lição. Uma lição embalada na esperança, envolta no desejo que tantos e tantos que estão por aprender o façam, tenham oportunidade de aprender........

Certa vez lia "OS JACOBINOS NEGROS" sobre a Revolução do Haiti, um dos líderes da Primeira e única revolta de escravos negros, ou não, vencedora da História, diante de tantas incompreensões na elite francesa, vendo as incompreensões e discórdias chegarem entre os seus - notadamente entre negros e mulatos, fez uma descoberta:
Quando uma pessoa cria uma importância, também cria inimigos
Mas a luta não parou, e lamentavelmente os inimigos não pararam, lá no Haiti.
Até mais,
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 2/12/2008 06:57
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Noélio,

O prazer de ler cada linha aqui, em seu livro, em teu olhar...Abracei-te e tive o privilégio de um encontro com sua família (mais que linda!)..um encontro de duas almas feridas pela Dor Maior,navegando juntas virtualmente e a realidade foi me dada, um presente inesquecível...Um 'puta' amigo ganhei...
Ah! Se todos pudessem ter teu lastro, tua força de leão diante das vicissitudes...Teremos outros caminhos, mais leves...e deixo aqui, um momento, que com certeza muitos que sabem da dor...eu e você...
As gérberas prá mim sempre serão Gérberas Felizes, nos vasos sanguíneos de nós, pois é Amor!

MOMENTO REAL

Meus braços não levantam mais
Agarrar os sabiás
Agradecer pelas manhãs, pelos bons dias
Reger o vento, melodia
Acariciar a cruz da capela
Acalmar a bandeira tremulante
Correr atrás da fortuna arco-íris
Não... minhas mãos não alcançam
os livros na estante
Abrir páginas dos sábios livros
Encontrar a palavra
Limpar a lágrima que escorre
Nem sei como levantar a mim mesma
Elevar meu espírito
E dizer, conseguir
Que meus lábios

Pronunciem teu Nome

Mas como último esforço
Meus olhos pensam : Por quê?

Cíntia Thomé,
Olhos de Folha Minha

Cintia Thome · São Paulo, SP 2/12/2008 09:31
sua opinião: subir
celina vasques
 

Fico muito triste que tudo isso tenh acontecido! Eu também apesar de quando em vez estar por aqui não tenho postado nada, talvez por causa da sensação de tristeza que fui acometida num lugar que trazia muitas alegrias! Eu achava aqui o melhor lugar do Mundo a ponto de viver 24 horas do dia à frente do computador, monitorando poemas, vivendo o poetar de todos todos os dias e todas as horas.
Espero que amanhã possamos voltar e novamente sermos felizes todos!
Sou solidária a grandes poetas que deixaram isso aqui e que são "insubstituiveis "como tu!
beijo n'alma paraense !

celina vasques · Manaus, AM 2/12/2008 09:35
sua opinião: subir
Raiblue
 

Querido,Noélio!!!

Belíssimo seu texto!
Mas saiba que nada termina, tudo se transforma....e só podemos transformar as coisas , enfrentando-as e sempre em nome da harmonia, não através de guerras e conflitos sem fim.Violência só gera violência. Acho que os meios usados aqui para combater o que se acha errado, não foram adequados.Agressões bárbaras,amigos que se tornaram inimigos em segundos, o que demonstra que muita coisa não era verdadeira,porque quando existe amizade,existe respeito e consideração, e não morre tão rapidamente, não abandonamos amigos, apesar de nossos conflitos diários.Foi realmente um momento muito feio no over...como nunca houve, e pensar que tudo se resolveria na paz, se reconhecêssemos nossos erros,simplesmente.
Afinal todo mundo erra ,não?

Vou sentir muito sua falta,seu talento é incrível,seus textos sempre tão delicados e profundos vão me fazer muita falta,acredite, e repense sobre tudo isso.Afinal no over existem muitos outros talentos,não é verdade, que merecem nossa consideração também.

Muita paz e um ano novo cheio de esperança , bem verdinho!!
Adoro vc,viu?
Não me esquece,hein, não esquecerei de vc!
Bluebijocassss
Rai...Blueee

Raiblue · Salvador, BA 2/12/2008 11:23
sua opinião: subir
Raiblue
 

Cada uno da lo que recibe
y luego recibe lo que da,
nada es más simple,
no hay otra norma:
nada se pierde,
todo se transforma.."

(Jorge Drexler)

Raiblue · Salvador, BA 2/12/2008 11:40
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Que seja apenas um até breve. Os bons se distanciam, mas não desaparecem e deixam sua marca indelével. Nesse hiato de sua presença fica o muito que já fez por aqui nos aquecendo até a desejada volta.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 2/12/2008 16:26
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Noelio,
é com tristeza que vejo você se afastar.
É como se o nosso céu perdesse uma estrela
a que mais brilhava e iluminava nosso caminho com textos ricos,
que nos enchia de sonhos e saudades, e também nos fazia sorrir.
Também não gosto das coisas que tem acontecido aqui no over.
Fazem tempestade em copo d"agua, e fementam a discordia, mas abandonar o barco assim...
Adeus é uma palavra pesada demais, prefiro dizer Até Breve!
Que seu caminho continue iluminado por mil estrelas,
pirilampos e poesia.
Felicidades!
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 2/12/2008 16:30
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Meu caro Noélio,
pelo pouco tempo que estou por aqui posso dizer que encontrei algumas pessoas maravilhosas, dentre as quais você, com seus textos muito bem escritos e acabados, sua gentileza, seu afeto, sua consideração e respeito. Espero que seja apenas por algum tempo e que vejamos dias melhores aqui no Overmundo, em que possamos aproveitar os nossos parcos momentos na vida para celebrá-la e não injuriá-la com inimizades e coisas ruins.
Um grande abraço e paz.
Até breve.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 2/12/2008 23:39
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Querido amigo,
Sei que se abre uma lacuna, que dificilmente será preenchida. Sua ausência irá nos deixar um pouco órfãos de cultura, de amizade e de sua sapiência nos julgamentos e incentivos de nossa arte, de nossos escritos simplórios, mas que reflete o que nos vai na alma. Eu também tenho questionado a minha presença neste espaço, que, julguei, ser de pessoas interessadas em cultura e somente cultura. Aqui, infelizmente, está virando uma confraria onde todos querem agradar a todos. Eu, quando me filiei ao overmundo, julguei que fosse apresentar o meu trabalho e teria uma critrica verdadeira e construtiva. Mas o que vi são egos inflados, que buscam nota para seus trabalhos e que visitam o que produzimos sem qualquer critério elogiando e, na grande maioria, sem ao menos ler o que escrevemos. Sei que os meus textos são longos e que cada capítulo do meu pretenso livro tem, em média, dez páginas. Sei que a vida atribulada que temos hoje em dia, muitas vezes, não nos permite perder tempo em ler textos tão grandes. Não reclamo dos que não compareceram para ler meu folhetim, mas dos que compareceram e não lêem e, mesmo assim, deixaram seus comentários. É triste ver que tive 23 ou 24 amigos visitando o meu trabalho e somente 9 downloads tenham seido efetuados. E todos deixaram seus comentários. Hoje sei que foi um erro ter publicado o meu livro em capítulos, pois ao longo das publicações muitos foram deixando de comparecer. Mas, nem por isso, deixei de atender aos seus convites para ler os seus trabalhos e os li na íntegra e dei a minha opinião verdadeira. Hoje, publico ainda os capítulos do meu pretenso livro em respeito a alguns amigos que, pelos seus comentários, dá pra saber que vem realmente lendo e dando sua opinião verdadeira sobre o meu trabalho. E você era uma desses pessoas que sempre me prestigiou e por quem tenho o maior respeito, não só pela pessoa que você demonstra ser. como pelo seus textos sempre profundos, que nos tocam de alguma forma.
Lamento, mas respeito a sua opinião. Fique com Deus meu amigo. Que Ele lhe cure todas as dores e feridas da sua alma. E que haja sempre a paz no seu coração.
Estarei sempre a seu dispor. Conte comigo.
Um grande abraço.

Saavedra Valentim · Vitória, ES 3/12/2008 01:06
sua opinião: subir
graça grauna
 

Noelio: obrigada pela oportunidade de nos mostrar tantas coisas importantes. Seu texto chegou na hora certa pra gente repensar a violencia que sofremos nesse cotidiano. Grande abraço, Graça Graúna

graça grauna · Recife, PE 3/12/2008 09:15
sua opinião: subir
Rose Rocha
 

As relações pautadas pelo respeito e amizade não merecem receber um corte, mesmo capazes de curar as cicatrizes, os sentidos tem fome e sede... e a poesia tem sido um bom veículo para que alimento chegue até eles. A poesia é um grande laço, que não se desfaz no tempo, na pausa... suas cores, suas formas, todo bem ligado ao poeta e ao sentir do peito, que registra na memória os melhores e mais intensos momentos, silêncio e luz...
um abraço, bom descanso.

Rose Rocha · Jundiaí, SP 3/12/2008 11:37
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Noelio Mello · Belém (PA)
TALVEZ, SEI LÁ, SEJA SOMENTE UM ATÉ BREVE.

Uma despedida bela e triste e estaremos torcendo, para que tenha grandes alegrias e em um dia bem breve, volte para nos fortalecer como semprte fez, com sua presenca e palavras fortes, que tanto nos orientam como nos motivam.
Ficam meus carinhosos votos de sucesso para onde for e de breve regresso cheio de vivéncias para enriquecer nosso Overmundo.
Parabéns Amigo Mestre
Abracáo Fraterno.

azuirfilho · Campinas, SP 3/12/2008 13:11
sua opinião: subir
Raiblue
 

Abrindo sua votação,meu querido!

Bluebeijinhos carinhosos
Blue

Raiblue · Salvador, BA 3/12/2008 17:49
sua opinião: subir
celina vasques
 

Meu abraço com muito carinho meu conterraneo!
Beijos paraenses!

celina vasques · Manaus, AM 3/12/2008 18:25
sua opinião: subir
victorvapf
 

victorvapf · Belo Horizonte, MG 3/12/2008 20:47
sua opinião: subir
brigitte
 

brigitte · Goiânia, GO 3/12/2008 22:16
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Noélio,
Voto no belo texto,
espero a sua chegada.
Beijos,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 3/12/2008 22:27
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltando
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 3/12/2008 22:44
sua opinião: subir
ayruman
 

Grande amigo. A Vida é Amor em movimento. Sou muito grato por suas sábias Palavras deixadas aqui no OverMundo. Por sua nobreza de Coração.
Que Deus o ilumine sempre, esteja onde estiver.
>>> Confirmando voto... Luz de sempre. Sempre. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 4/12/2008 09:33
sua opinião: subir
Agenor
 

Amigo e Parceiro Noélio,
O perfume dos teus textos continuará embriagando as nossas almas, incentivando-as para vôos mais altos do pensamento, do sentimento puro, da reflexão, porque ele exala o mais puro amor, a mais ardente fé e a mais sólida solidadriedade.
Seja feliz, meu amigo, e que Deus continue te iluminando...
Abraços fraternos

Agenor · Aquidauana, MS 5/12/2008 00:33
sua opinião: subir
Agenor
 

Amigo e Parceiro Noélio,
O perfume dos teus textos continuará embriagando as nossas almas, incentivando-as para vôos mais altos do pensamento, do sentimento puro, da reflexão, porque ele exala o mais puro amor, a mais ardente fé e a mais sólida solidariedade.
Seja feliz, meu amigo, e que Deus continue te iluminando...
Abraços fraternos

Agenor · Aquidauana, MS 5/12/2008 00:33
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

VOTOS,
E VOLTAS...
Abaços!

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 5/12/2008 04:14
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

ABRAÇOS,
Saudades!

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 5/12/2008 04:15
sua opinião: subir
Paulo Esdras
 

Noelio, mais uma perda! Ao menos avise-nos caso escrevas em algum outro ponto neste vasto mundo virtual! Abraços e aguardo!

Paulo Esdras · Brumado, BA 5/12/2008 11:26
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Noelio, atasada mas atenta parabéns!Beijos

Claudia Almeida · Niterói, RJ 5/12/2008 11:43
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltndo
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 5/12/2008 18:47
sua opinião: subir
Robert Portoquá
 

NÃO ENTENDI NADA!
Estamos perdendo um colaborador sem igual. Uma pessoa sensível que sempre nos fala de esperança, amor, fé, carinho, dedicação, solidariedade, compreensão e tudo o mais que nos faz bem, nos eleva a um astral bom, que nos alimenta a auto-estima com textos magníficos, e .... Simplesmente nos despedimos com singelos pedidos de que esta seja uma partida breve e que seu retorno se dê o quanto antes. Com todo o respeito às manifestações (que li acima) de até breve, eu me contraponho à maioria e te peço Noélio. Eu que nem sou um dos mais assíduos overmanos, mas que quando estou por aqui e te encontro me faço mais forte e feliz. Não partas! Não nos deixe, nem deixe que os incautos dominem a situação. Se há insatisfação, intolerância ou incompreensão, por aqui, isto há em todos os lugares reais ou virtuais.
Não podemos deixá-los à vontade. Temos que ser uma “pedra em seus sapatos”, mesmo que não os citemos diretamente, nossa simples presença, nossas palavras gentis, nossa alma de amor constituída pesará sobre eles e os incomodará qual há um sapato apertado em pés doridos. Lutemos ou simplesmente desprezemos os que nos querem roubar este espaço que é de todos os que queremos construir uma difusão democrática do bem e do salutar processo cultural brasileiro, seja individual ou coletivo.
Se persistires em sair, sinto muito, não tornarei esta tua “partida” fácil com palavras de conforto e esperança.
Serei egoísta e te pedirei, com a inocência de uma criança:
Não se vá! Conto com sua sensibilidade e como disse a Raiblue: “repense”!

Robert Portoquá · Adamantina, SP 6/12/2008 09:20
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Noélio, espero que seja apenas um até breve. Vou sentir a sua falta pois seus textos sempre me encantam. Admiro a sua sensibilidade e doçura, vejo você como uma pessoa de bem com a vida. Respeito a sua decisão e desejo que seja feliz em seus outros vôos.
Beijos.

Sônia Brandão · Bauru, SP 6/12/2008 19:50
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Querido Noelio:
Sua trans_missão foi sempre impecável, assim como a sua presença em nossa construção.
Difícil refutar uma decisão decidida e assumida, mas você fará falta com sua mestria e seu carisma incentivadores.
Carinho_Respeito_Admiração
Até breve!
Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 8/12/2008 01:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Noelio Mello
 

A todos os amigos que me visitaram deixo o meu comovido muito muito obrigado. A minha escola sempre foi a da gratidão, da amizade sincera, sem segundas intenções. Amigos verdadeiros a gente não encontra pelas esquinas da vida. Em alguns encontros fortuitos no meio das noites. Nas mesas dos bares jogando conversa fora.
Amigos certos são os que demonstram com atos e palavras a fraternidade que mora em seus corações. São aqueles que incentivam o nosso caminhar. São aqueles que não desistem e insistem para que nossos passos sejam cúmplices em buscar o porto seguro dos nossos sonhos, das nossas esperanças.
Alguns vão mais além. como o Robert, que docemente insiste para que eu repense minha decisão. Como aprendi a não dizer dessa água não beberei, repensarei a minha vida no over. Sempre disse que é fácil enganar o estômago, o dificil é enganar o coração.
Sei que todos são meus parceiros e amigos fiéis, as formas de mostrar essa amizade é que são diferenciadas, alguns falam com o coração, outros falam com a razão.
Espero repensar com emoção.
Abraços fraternos
Noélio A. de Mello

Noelio Mello · Belém, PA 8/12/2008 10:39
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Bobagice a tua, meu querido.
Já viu família onde haja só paz?
Pense naqueles que te querem bem, que admiram o que escreves, que gostariam de tomar um chope tendo do outro lado da mesa o teu sorriso.
Repense pensando em nós.

Circus do Suannes · São Paulo, SP 8/12/2008 14:52
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Noeli

Um abraço
Força.

Cintia Thome · São Paulo, SP 8/12/2008 17:20
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Noélio,
Passei para matar a saudade.
E dizer-lhe que é impossível agradar a todos.
Sua ausência é sentida.
Beijos e Feliz Natal.
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 10/12/2008 15:09
sua opinião: subir
alcanu
 

Volte logo, depois de uma boa repensada !
A vida é um desafio, a gente nunca évisto da mesma maneira por todo mundo, né ?
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 11/12/2008 09:49
sua opinião: subir
graça grauna
 

Noelio, querido: me entristece vê-lo afastar-se, assim. O Overmundo perde parte do brilho que vem de você; é o que eu sinto. Ficaremos mais pobres sem você por perto. Justo agora, que carecemos mais de luz? Por favor, não se distancie. Você sequer imagina o quanto sua palavras têm me orientado, têm contribuido para aguçar a minha percepção. Também não gosto de despedidas. Então, vou entender seu discurso como "vou ali, volto já"...que seja assim, volte logo.É uma ordem...rsrsrs... Estamos todos te esperando. Feliz Natal. Bjos de luz, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 11/12/2008 10:08
sua opinião: subir
ENIGMA INDECIFRÁVEL
 

Pena que seja despedida!!!!!!!!!!!Acabei de chegar e gostaria de conhecer mais de vc!

ENIGMA INDECIFRÁVEL · Ipatinga, MG 11/12/2008 10:17
sua opinião: subir
graça grauna
 

..você me deixou num conflito da peste. Como é que vou votar na sua despedida? Me recuso a votar assim. Prefiro registrar simplesmente minha passagem. Prefiro votar na esperança da sua permanencia entre nós. Protesto a sua saída. Por favor, não vá. E se você ficar voltaremos todos a ter esperança na força da estrela guia. Menino, não vá.

graça grauna · Recife, PE 11/12/2008 10:17
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Noélio,
Toda despedida é boa
porque tem nova chegada.
O aguardamos.
Beijos,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 13/12/2008 01:43
sua opinião: subir
Brida
 

Tardiamente embora, estou aui parabenizando-o! Abraço.

Em edição:

http://www.overmundo.com.br/banco/coita-de-amor

Brida · Salvador, BA 14/12/2008 03:41
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Mestre Suannes
O carinho e a ternura de tantas mensagens amigas, como a sua, tornaram possível a minha volta ao Overmundo. Em edição, no banco, A FALSIDADE DO PAI NOEL. Continuo nessa minha ânsia incontida de ser as mãos da piedade pública.
Obrigado por suas palavras de incentivo.
Abraços fraternos
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 15/12/2008 13:54
sua opinião: subir
Flávio Guedes  - Pensamento Livre
 

Estou começando a descobrir as maravilhas do Overmundo e entre elas encontro você que, infelizmente, sai com um menos encanto do que entrou... Espero que volte um dia... Para que eu possa me deliciar com seus escritos como me deliciei com a forma encantadora como se despediste. Araço!

Flávio Guedes - Pensamento Livre · Oeiras, PI 15/12/2008 23:20
sua opinião: subir
Erode Lino Leite
 

Olá, gostei do teu texto, embora, convido a repensar tua atitude, pois sua ausência com certeza será sentida! Abraços.

Erode Lino Leite · Campo Grande, MS 30/12/2008 16:57
sua opinião: subir
silviaraujomotta
 

A opção deve ser respeitada!
Vc escreve muito bem, mas se precisar, tire suas férias e vá descobrir outras formas de ser feliz!
O importante é que faça o melhor...
Sentiremos sua falta, mas...prefiro dizer até breve, amigo....
Volte logo...
Sílvia

silviaraujomotta · Belo Horizonte, MG 1/1/2009 21:49
sua opinião: subir
Maria Lúcia
 

Muito prazer em conhece-lo Noelio,
Penso que depois de tantos amigos e admiradores teus te pedirem para não ir embora, você realmente não pôde recusar e partir.
FIQUE . . . Estou chegando com minhas crônicas e minha simplicidade e por certo vou precisar aprender muito com você. FIQUE . . . e lembre-se " você se torna eternamente responsável por aquilo que cativas" . . .
Um grande abraço
Maria Lúcia

Maria Lúcia · Campo Grande, MS 11/1/2009 11:24
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Literalmente falando,
eu só absorvo (assim como mtos aqui) o que é bom. E vc O é !!!
Já sou sua fãn... p q nos deixar?
Bjs

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 30/1/2009 04:45
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

hiiiiiiiiii assassinei a gramatica. (fã)
mas o comentário foi sincero.

bjssssssssssss

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 2/2/2009 02:29
sua opinião: subir
Andressa.Frós
 

Gostei do texto, bonito!

Andressa.Frós · São José, SC 8/4/2009 15:11
sua opinião: subir
Naeno
 

O nosso caminhar é como de um desbravador de matas e terras, temos de saber da mágica de saber lidar com os quatro membros, mais o divisor de águas e de galhos para chegarmos onde pretendemos. A estória reza que todos os audazes, os determinados, os chegados à DEUS chegaram. Você pode chegar. E o mais significativo nisso, pode nos conduzir por seus caminhos, seus rastros e, até pelas migalhas que caem do teu pão de viagem.

Beijos
Naeno

Naeno · Teresina, PI 10/4/2009 16:47
sua opinião: subir
Naeno
 

O nosso caminhar é como de um desbravador de matas e terras, temos de saber da mágica de saber lidar com os quatro membros, mais o divisor de águas e de galhos para chegarmos onde pretendemos. A estória reza que todos os audazes, os determinados, os chegados à DEUS chegaram. Você pode chegar. E o mais significativo nisso, pode nos conduzir por seus caminhos, seus rastros e, até pelas migalhas que caem do teu pão de viagem.

Beijos
Naeno

Naeno · Teresina, PI 10/4/2009 16:48
sua opinião: subir
Naeno
 

Volta, que a volta é mais vencer que perder. É mais aprender que esquecer.
Dá a volta no mourão do fim do mundo e retoma os teus bordados,sim, tuas palavras são pontos de prendada bordadeira.

beijo,
Naeno

Naeno · Teresina, PI 10/4/2009 16:54
sua opinião: subir
Tania Velázquez
 

Por que deixar um espaço onde pode contribuir com textos tão profundos e belos?
Gostaria muito de continuar lendo o que você escreve.
Beijos

Tania Velázquez · Curitiba, PR 24/4/2009 13:41
sua opinião: subir
Roberto A
 

muito longo o texto, até demais, porém coerente.
também me afastei por um tempo aqui do over, por esses mesmos motivos, e voltei, vejamos até quando.

abs

Roberto A · Cuiabá, MT 29/7/2009 09:55
sua opinião: subir
heldermaceio
 

noelio!
legal seu texto!
mas te faço uma pergunta:
o que será do nosso querido e preservado overmundo se nós nos afastarmos dele sempre que alguem postar sua palavras cheias de ignorancia, covardia e que valorizam sempre a obscuridade do nosso explendor.
seus textos, assim como muitos outros, colaboram para trazer a luz e preservar este espirito de congfraternização a cultura.
deixo meu pedido de que não se afastes, mas que permaneça, junto conosco, a postar belos textos e assim termos forças comtra os desacreditados do amor e dos belos versos.
lembrando claro que assim como nos pensamentos, as nossa palavras também tem a liberdade de expressar nossas idéias.

volte logo caro noelio. te aguardamos !1 abraços e se cuida

heldermaceio · Maceió, AL 13/11/2009 14:01
sua opinião: subir
lagoacristo
 

Não entendi o Noélio. Pena! Acho que um dos fatores bem comuns aos internautas é a solidão. Ou melhor, o gosto pela solidão e a vontade de se comunicar. Eu passo muitos
meses sem entrar aqui e em outros de que participo. Mas não penso em 'dizer ATÉ MAIS'. Aqui percebo a presença de gente de rincões remotos que a Internet tornou mais próxima dos grandes centros. Em outros sítios, como de motocicletas ou de carros antigos( assuntos que adoro), vejo a participação restrita à gente do Sudeste e Sul. Por
isto, não entendi o nosso Noélio. Receio que ele venha a sentir-se mais só do que hoje. De minha parte, ATÉ BREVE, Noélio, volte logo! Ou esporadicamente,como eu...

lagoacristo · Rio de Janeiro, RJ 12/7/2010 09:44
sua opinião: subir
silviaraujomotta
 

Nosso CARLOS DRUMOND DE ANDRADE DIRIA: O TROPEÇO POR CAUSA DA PEDRA NO CAMINHO...
Eu daria meu PERDÃO PARA VIVER EM PAZ!
UM BEIJO MINEIRO
SÍLVIA/ Academia de Letras do Brasil em Minas Gerais.

silviaraujomotta · Belo Horizonte, MG 17/7/2011 13:20
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
jpg, 25 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter