Terrível Ser

1
Bob Redins · Vitória, ES
15/9/2006 · 5 · 3
 

Quantas vezes mais terei eu que lhe dar pedaços de mim?
Quantas vezes mais terei eu que arrancar-lhe a tola idéia de não beber-me?
Ó incensatez feroz que me rasga,
Ó ser desprezível que me consome.
Por que queres tanto do meu sangue?
Por que queres tanto me dilacerar em partículas loucas?
Não fui eu quem pediu o teu cortejo maquiavélico,
Não fui eu quem implorou por tua navalha incessante.
Quero ao menos viver sem olhar-te nos olhos,
Sem pendurar minha lógica no mais alto galho da loucura transposta.
Se queres me desvendar arranque-me logo a pele,
E veja logo com teus próprios venenos a minha alma desnuda.

Basta-me por agora, ou cairei como uma droga louca para ser consumida na tua noite suja.

[Bob Redins [

compartilhe



informações

Autoria
Bob Redins
Downloads
275 downloads

comentários feed

+ comentar
Luciana Hernandes
 

lindo...muito

Luciana Hernandes · Cuiabá, MT 14/9/2006 12:49
sua opinião: subir
 A. Wagner Oliveira
 

bacana teu poema...soturno, pesado...sempre haverá alguém nesta situação...

A. Wagner Oliveira · Cuiabá, MT 14/9/2006 17:51
sua opinião: subir
Marcos André Carvalho Lins
 

muito bom. gostei.

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 15/9/2006 18:41
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados