TESTAMENTO

1
Fátima Venutti · Blumenau, SC
22/10/2008 · 181 · 30
 

TESTAMENTO

(Fátima Venutti)


Quando eu for embora,
Quero as palavras das reticências,
Quero aquela brisa que não veio,
Quero aquele toque que procurei,
Quero aquela música que não escutei,
Quero aquele amor que tanto busquei,
Quero todos os beijos que não dei.

Quando eu for embora,
Banhem-me nas águas que não mergulhei,
Cubram-me com as cores que não usei,
Declamem os versos que não fiz,
Partilhem os sonhos que tanto vivi,
Chorem as dores que eu tanto senti
Joguem-me ao vento que tanto me confortou
E levem-me pela estrada por onde eu vim.

Quando eu for embora,
Imprimam meus poucos sonetos,
Rasguem em ínfimos pedaços
E joguem sobre o meu corpo, estirado
E deixem, que as margaridas
Deles se brotem, a completar o ciclo
Desta minha breve, mas profunda passagem.

E quando eu voltar,
Trarei na lembrança,
Inda que em versos,
As reticências desta vida
E um pouco mais de sentimentos
Que nas lágrimas eu puder transportar
E uma nova liberdade no olhar...

Sobre a obra

Poeta faz testamento?

compartilhe



informações

Downloads
278 downloads

comentários feed

+ comentar
walnizia santos
 

Sim, Fátima, poeta faz testamento.
Não sei se tão belo e poético quanto o seu.
Parabéns pelo texto bem construído, buscando
fazer um resgate, no momento último, do que
não foi sentido, vivido, sonhado, amado.
Volto depois.
Beijos

walnizia santos · Brasília, DF 20/10/2008 11:18
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Seria um poema mórbido se não fosse tão bonito, de verdade.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 20/10/2008 19:57
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Se poeta faz testamento eu não sei. Testamento - o poema vale ouro. A poeta decide o que fazer.
Beijo

Compulsão Diária · São Paulo, SP 20/10/2008 21:45
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Fátima,

Quando vc. for embora, eu estarei te esperando no vale onde habitam aqueles que fizeram da poesia sua razão de viver semeando amor em todos corações.

Mais isso só daqui uns trocentos anos....

Viva a primavera!

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 21/10/2008 19:11
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Retornando!
Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 22/10/2008 10:24
sua opinião: subir
Edson Alves
 

Esse seu testamento é diferente ele expressa a sua alma de poeta e seu talento que já é incontestável ,meus parabéns você é excelente .

Edson Alves · Rio de Janeiro, RJ 22/10/2008 10:40
sua opinião: subir
walnizia santos
 

walnizia santos · Brasília, DF 22/10/2008 11:28
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

seu legado está registrado !...
Bravo, poetisa !
voto e beijo

joe_brazuca · São Paulo, SP 22/10/2008 11:29
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Compulsão Diária · São Paulo, SP 22/10/2008 14:54
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Fátima

Quando formos embora
Que seja com toda a calma
E um pouco mais de sentimentos
como voce diz
E, se voltarmos, e vivermos tudo novamente
que seja, ao menos com um pouco mais de sentimentos

Belo
Uma doce despedida
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 22/10/2008 16:14
sua opinião: subir
Jota Lago
 

Eae Fátima, na pazzz??

Prazer te conhecer e conhecer esse lindo poema-testamento! Parabéns!!
Votado!

Abração procê!

Jota Lago · São Paulo, SP 22/10/2008 16:26
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

FÁTIMA,
QUANDO EU FOR EMBORA,
BANHE-ME NAS AGUAS
QUE NÃO MERGULHEI,
CUBRAM-ME
COM CORES
QUE NÃO USEI...
Profundamente lindo e triste!
Os poetas não morrem;
Apenas adormecem...
VC será eterna,
NA SUA POESIA!!!
BJS

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 22/10/2008 16:34
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

OBS. BANHEM-ME!
MEUS VOTOS...

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 22/10/2008 16:36
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Fátima Venutti · Blumenau (SC
TESTAMENTO

Uma Poesia muito sentida com todas pendéncias para tirar.


...Quando eu for embora,
Quero as palavras das reticências,
Quero aquela brisa que não veio,
Quero aquele toque que procurei,
Quero aquela música que não escutei,
Quero aquele amor que tanto busquei,
Quero todos os beijos que não dei...

Tem a forca de tocar o coracáo e sensibilizar.
Parabéns.
Abracáo Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 22/10/2008 16:37
sua opinião: subir
alcanu
 

Fátima, um poema de morte !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 22/10/2008 17:04
sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

Fátima, um poema de vida!
Beijos.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 22/10/2008 17:11
sua opinião: subir
ayruman
 

Maravilha de Poema amiga. Um grande abraço.

ayruman · Cuiabá, MT 22/10/2008 17:45
sua opinião: subir
Erode Lino Leite
 

Um belo poema, com tua força, emoção e sentimentos! Abraços.

Erode Lino Leite · Campo Grande, MS 22/10/2008 18:00
sua opinião: subir
Gabriel Desaix
 

Belo poema, Fátima.

beijo.

Gabriel Desaix · São Paulo, SP 22/10/2008 18:09
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

um lindo poema amiga poetisa, votado.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 22/10/2008 18:29
sua opinião: subir
Omar Costa de Umbro
 

Lindo poema.. mas nao precisava ser um testamento.. faça muita dessas coisas . ouça aquela música que não escutou, ache o aquele amor que tanto busca e todos os beijos que não deu.
Ai única coisa ruim é que seu poema ia ficar pequenino. Votado
Bjs

Omar Costa de Umbro · São Paulo, SP 22/10/2008 20:40
sua opinião: subir
Eloy Santos
 

Sensível o seu testamento, Fátima.
Poeta faz testamento sim. Você não fez um tão delicado?
Trago aqui, para você e para as overmanas e overmanos, o testamento de um porta maior: Manuel Bandeira, um gênio esquecido.
Esse testamento é de 29 de janeiro de 1943, data que ele mesmo assinalou.
"O que não tenho e desejo
É que melhor me enriquece.
Tive uns dinheiros — perdi-os...
Tive amores — esqueci-os.
Mas no maior desespero
Rezei: ganhei essa prece.

Vi terras da minha terra.
Por outras terras andei.
Mas o que ficou marcado
No meu olhar fatigado,
Foram terras que inventei.

Gosto muito de crianças:
Não tive um filho de meu.
Um filho!... Não foi de jeito...
Mas trago dentro do peito
Meu filho que não nasceu.

Criou-me, desde eu menino
Para arquiteto meu pai.
Foi-se-me um dia a saúde...
Fiz-me arquiteto? Não pude!
Sou poeta menor, perdoai!

Não faço versos de guerra.
Não faço porque não sei.
Mas num torpedo-suicida
Darei de bom grado a vida
Na luta em que não lutei!"

Eloy Santos · Rio de Janeiro, RJ 22/10/2008 21:59
sua opinião: subir
Eloy Santos
 

Na terceira linha saiu porta em vez de poeta. E POETA GRANDIOSO esse Manuel Bandeira.
Que Deus e a História o tenham.

Eloy Santos · Rio de Janeiro, RJ 22/10/2008 22:01
sua opinião: subir
Eliana Mara
 

Lindo.

Beijos

Eliana Mara · Salvador, BA 22/10/2008 23:47
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Fátima.
Teu poema é belo e triste, só e triste porque o homem esquece do do fim material. A alma continuará participando das festas dos reencontros. Para onde formos, alguém nos espera, com uma flor nãos mãos e um beijo nos lábios santos.
Abraços
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 23/10/2008 00:50
sua opinião: subir
Thiers
 

Que coisa mais linda.. q ritmo... parecve um rio q vai....mas volta... e diz QUERO! respondo queira msm. As palavras dançam uma rosa púrpura..

Thiers · Rio de Janeiro, RJ 23/10/2008 00:53
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Poetas são anjos encarnados em missão de renúncia minha cara! A alma do poeta vai e volta a esse mundo de provas perfumando os caminhos!

raphaelreys · Montes Claros, MG 23/10/2008 04:43
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

bom ritmo bela poesia

Carlos Mota · Goiânia, GO 23/10/2008 11:33
sua opinião: subir
Dito Venéreo
 

...
Quero continuar lendo belos poemas como esse.
(não importa o lugar a ida ou a volta)
Fátima, você é ótima.

Dito Venéreo · São Paulo, SP 23/10/2008 15:43
sua opinião: subir
Agenor
 

Todos nós levamos marcas profundas da nossa breve passagem pela Terra e, de fato, aqui retornaremos trazendo na bagagem da nossa memória, ainda que na forma de intuições, aptidões naturais ou tendências, os reflexos dessas marcas...
Um poema bastante profundo, pra reflexões...
Parabéns!
Abraços

Agenor · Aquidauana, MS 23/10/2008 19:37
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados