TODA (DES)GRAÇA DE UM MUNDO NADA PERFEITO

zegadis
1
Antonio Brás Constante (Escritor maluco) · Canoas, RS
3/6/2008 · 112 · 9
 

TODA (DES)GRAÇA DE UM MUNDO NADA PERFEITO
(Autor: Antonio Brás Constante)

Existem mundos feitos de defeitos, mundos de ficção real que podem conter pedaços de descasos municipais, traços de tramóias em nível estadual, fatias de falcatruas federais, ou até corrupção em uma outra constelação.

Mas como seria um mundo nada perfeito? Provavelmente ostentaria placas luminosas logo na entrada de seu território, fazendo troça da lastimável situação de infortúnio da população, utilizando dizeres do tipo: “capital da saúde”, berço fecundo para o nascimento de fraudes como estas que vem pipocando sobre o Detran. Ou pior: “capital da educação”, e como quem estuda precisa de merenda, então porque não aproveitar e se esbaldar nas verbas da merenda escolar? Afinal são somente crianças as diretamente prejudicadas (recebendo até comida estragada), e criança não vota (ainda). Mentiras expostas ao ar livre, que parecem tentar fazer rir para não chorar.

O ingrediente ideal para se criar um terrível mundo assim, partiria da máxima onde se diz que para iludir a população é necessário apenas circo e pão. Então por que não transformar o lugar em um circo recheado de festas, torrando e desviando grandes somas, para se fingir de administrador bacana enquanto mete a mão grana.

Que tal dar uns 500 mil para o trabalhador comemorar, outros 450 mil para manter a tradição de gastos em festas neste lugar, e mais 800 mil para o carnaval (desse montante deixem que roubem uns poucos 300 mil que ninguém vai notar, basta inventar uma desculpa esfarrapada e ficará tudo explicado, a administração pública só dá o dinheiro, não tem qualquer obrigação de cobrar dos culpados, quem sabe festejar com eles então...).

Melhor seria aproveitar a farra do dinheiro público e deixar os empresários também felizes, não todos, apenas alguns afortunados, pagando viagens através do mundo com dinheiro suado do pobre assalariado, que nem transporte decente tem para ir trabalhar, estando sujeito a todo desconforto que o transtorno implantado possa causar. Mas, na referida viajem “negocial” não iriam apenas os desfavorecidos sociais de cunho empresarial, iria também com eles, a tiracolo, o primeiro gestor do lugarejo juntamente com seu amigo e candidato ao novo mandato. Tudo muito superfaturado, pois o importante é faturar. Mas... E o povo? O povo que vá trabalhar!

Enfim, a sordidez e a roubalheira reinam em todos os recantos onde possam existir estes abomináveis mundos nada perfeitos. Porém, novas eleições se aproximam, e mais do que lavar calçadas como provas de desagravo (gesto nobre e aprovado), nós devemos faxinar é com o voto, e retirar estes mercenários do cenário político, onde por tanto tempo já parasitaram. Quem sabe se buscarmos a ajuda de algum santo que saiba enfrentar dragões? Vamos eleger um são Jorge guerreiro para mudar os rumos desta deplorável situação. Não precisa nem ser o atarefado santo. Basta apenas ser um Jorge com vontade trabalhar. E salve Jorge!

E-mail: abrasc@terra.com.br
Site: www.recantodasletras.com.br/autores/abrasc

NOTA DO AUTOR: Divulgue este texto para seus amigos. (Caso não tenha gostado do texto, divulgue-o então para seus inimigos).

NOVA NOTA DO AUTOR (agora com muito mais conteúdo na nota): Caso queira receber os textos do escritor Antonio Brás Constante via e-mail, basta enviar uma mensagem para: abrasc@terra.com.br pedindo para incluí-lo na lista do autor. Caso você já os receba e não queira mais recebe-los, basta enviar uma mensagem pedindo sua retirada da lista. E por último, caso você receba os textos e queira continuar recebendo, só posso lhe dizer: "Também amo você! Valeu pela preferência".

ULTIMA NOVA NOTA DO AUTOR: Agora disponho também de ORKUT, basta procurar por "Antonio Brás Constante".


Sobre a obra

Existem mundos feitos de defeitos, mundos de ficção real que podem conter pedaços de descasos municipais, traços de tramóias em nível estadual, fatias de falcatruas federais, ou até corrupção em uma outra constelação...

compartilhe



informações

Autoria
Antonio Brás Constante
Ficha técnica
Proibida para menores de dezoito milhoes de anos.
Downloads
340 downloads

comentários feed

+ comentar
david.ang
 

Antonio, perfeito desabafo. Muito bom!

david.ang · Santa Cruz do Sul, RS 30/5/2008 23:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nic NIlson
 

Sinceramente?! Este texto mostra a alma, a barrigada, o intestino, as merdas de um corpo totalmente já em estado avançado de putrefaçao em que se encontra o mundim chamado terra. Falta mais nada não, Antonio, só falta o paciente dar um arroto e deixar sair tudo goela afora e explodir de vez. É um nojo esta vida aparente e realista. Ainda bem que tem gente como vc e outros caras bacanas, que são caricaturas e por isso vao sobreviver, pois não são de carne e osso, mas de materia invisível, passeando nessa jardim.
Abracao

Nic NIlson · Campinas, SP 31/5/2008 12:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Tita Coelho
 

ótimo teu texto! Pois é no RS criou - se a falsa ilusão de "local" perfeito, onde todos os "bem feitores políticos" viviam aqui! A história é diferente. Em todos os lugares existe corrupção, existe a política ruim.
abraços

Tita Coelho · Porto Alegre, RS 3/6/2008 08:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Mundos imperfeitos...
Meu amigo, você descreveu da forma mais perfeita, um mundo assim. Acho que o conheço. Aliás, acho que o sustento, mais aliás ainda, vivo nele!!!!

Infelizmente.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 3/6/2008 19:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ney Souza Lima
 

na literatura toda a desgraça e engraçada

Ney Souza Lima · São Jorge do Patrocínio, PR 3/6/2008 19:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

Publicado.Um sincero abraço.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 3/6/2008 20:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fátima Ricci
 

Tenho a impressão de que o Jorge, ou quem quer que seja, logo que se instala no poder é picado pela mosca azul. Não tem escapatória!
:-(

Fátima Ricci · Poços de Caldas, MG 3/6/2008 21:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

De maluco você não tem nada...somos perfeitos idiotas vendo esse cirandar de grana pública em festanças, esbanjando o que não se têm, deixando o povo sem dignidade dentro desta desonestidade velada ou tão podre que nós temos medo de mexer na ferida corrosiva...grana usada indevidamente, dando poder a quem não tem capacidade, apenas capacidade de ficar rico às custas dos cofres públicos. Estamos nas ruas medrosos, amedrontados com assassinos andantes...drogas e uma geração que não sabe o que é fam´lia, escola e nem lar, nem comida...quanto mais emprego, desqualificados para te roubar, matar...e outros se fecham em condomínios de luxo, vivem com cães de segurança...isso é lierdade? Isso é País honrado? Onde todo mundo entra sem licença e faz dos jovens e ainda algumas famílias refém da ganância...criam muros pra eles e não pontes para o próximo...
Merendas são esmolas...um salário parco que mal dá para o "busão" e um café...estive numa favela e vi...fazem crianças tomarem água quente para enganar que é café...Uma verdadeira escravatura da fome, do Senhor, que de igual nada tem com tantos cidadãos...
Pensar muito em quem vamos colocar, dar o voto... verificar suas amizades e conchavos...e se tem família estruturada, se sentou num banco escolar, se "trabalhou" de fato....
Meu Deus... e eu que cantava com flores nas mãos pedindo a Paz que eu já tinha e não sabia...naquela época alguns morriam...mas hoje será que meu filho será morto ou capturado como tantos jovens
nas drogas?Será que minha mãe será roubada ou assassinada numa esquina? Será que meu amigo está vivo?
Será que uma árvore vai ser derubada? Será que vão secar mais um rio? Será?

O medo impede a ação...continuemos a assinar essa cretinice toda?
E etanois neles!

Cintia Thome · São Paulo, SP 4/6/2008 08:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Antonio Brás Constante (Escritor maluco)
 

Olá meus jovens de todas as idades.
Realmente o mar nao está para peixe (muita poluição nas águas).
Mas não vamos desanimar, provavelmente ainda teremos que passar algum tempo aqui na terrinha de faz-de-conta que chamamos de realidade. Sendo assim, vamos pelo menos tentar dormir de consciencia tranquila, e fazer tudo que estiver ao nosso alcançe para não sermos mais uma parte do problema.
Grande abraço.
ABC

Antonio Brás Constante (Escritor maluco) · Canoas, RS 4/6/2008 08:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados