UM CIDADÃO COMUM...(Poesia)

1
Agenor · Aquidauana, MS
2/9/2007 · 81 · 13
 

Sou um cidadão comum igual a tantos
Que vivem espalhados em todos os cantos
Desta nação brasileira...anonimamente,
Que enfrento as filas pacienciosamente,
Com um ar sorridente, sem irritações...
Que trago nas lembranças as recordações
Do tempo de folguedo da minha meninice,
Que como tantos, não tolero a chatice
Do horário político gratuíto na televisão,
Que não trago comigo, outra aspiração,
Senão o progresso desta nação tão bela,
Que não tenho a beleza dos galãs de novela
Nem a popularidade dos artistas de TV.
Sou um cidadão desses que ninguém vê,
Que ninguém nota, pois não é influente,
Incapaz de fazer um discurso eloquente
Que faça os ouvintes delirarem sozinhos,
Que não têm a clarividência dos adivinhos
Nem lêem os destinos em bola de cristal.
Sou um cidadão comum...simples mortal!
Que caminho vacilante para a sepultura,
Que não possuo nenhuma ilustre figura
Na minha descendência pobre,
Que não provenho de linhagem nobre,
Daí não ser esnobe em minha fala,
(Meu bisavô viveu na senzala
E o meu pai foi simples operário...)
Eu sou um cidadão comum
Que não me preocupo com sigilo bancário,
Pois, o meu salário, dura só um dia,
Que sempre faço uma "fezinha"na loteria
Só pra ver se mudo a minha sorte...
Que não deixarei herança após a morte
Que venha causar na família desavença,
Alguém que trilha com fé na sua crença
O mesmo caminho já trilhado por tantos,
Que não esconda os seus cabelos brancos
Nem as rugas que já marcam sua face,
Que todos os dias, enquanto o sol nasce,
Levanta pra cumprir na Terra a sua missão...
Que nunca ocupa espaço na televisão
Nem sai nas primeiras páginas dos jornais,
Que não é dado a fazer viagens internacionais,
Que nas "peladas" nunca foi um craque,
Que não tem nada, enfim, que o destaque
E nem se destaca por atributo algum.
Eis o que eu sou - Um cidadão comum!

compartilhe



informações

Autoria
Agenor Martinho Correa
Ficha técnica
Extraído do livro do autor "Olhai para os lírios do campo", Litteris Editora, Rio de Janeiro-RJ, 2004, 132p.
Downloads
336 downloads

comentários feed

+ comentar
Lígia Saavedra
 

Agenor querido...
...E eu te amo por confessares a tua linhagem, que por sinal é igual a minha, simples.
Bjs

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 31/8/2007 18:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Agenor
 

Querida Lígia, por que haveria de não confessar as minhas origens dais quais me orgulho tanto?
Um beijão pra vc. também

Agenor · Aquidauana, MS 31/8/2007 19:19
sua opinião: subir
crispinga
 

Com um talento incomum para criar essas belezas sem constrangimento algum...
BJS
CRIS

crispinga · Nova Friburgo, RJ 31/8/2007 23:11
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Agenor
 

Querida Cris,
Sempre gentil comogo,
Obrigaddo pela visita e pelo elogio
Um beijão pra vc.

Agenor · Aquidauana, MS 1/9/2007 06:58
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Amigo Agenor.
Nós, parceiros, homens comuns que como herança, aos nossos filhos, deixaremos nossa coragem, nosso honestidade, a história das nossas origens, e como bem principal os nossos sonhos para que eles possam realizar aquilo que não teremos tempo de fazer.
Belo, parceiro.
Do amigo
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 2/9/2007 15:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Agenor
 

Noélio,
É isso aí parceiro, vc conseguiu assimilar a essência da mensagem...
Abraços, com a admiração de sempre do amigo.

Agenor · Aquidauana, MS 2/9/2007 15:58
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Bela poética; rebuscado poeta!
Muito bom.
Benny.

Benny Franklin · Belém, PA 2/9/2007 19:39
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Agenor
 

Agradecido pelo seu elogio e olha que vindo de vc é pra deixar qualquer um lisonjeado,
Só que preciso do teu voto para que o poema seja publicado e vc. se esqueceu dele....
Um abração, amigo!

Agenor · Aquidauana, MS 2/9/2007 19:50
sua opinião: subir
 

Belissimo CORDEL, Agenor... "A SAGA DE UM BRASILEIRO VIDA AFORA", seria o título ideal. mUITO BEM ESCRITO, COMPLETO e conciso, sem perder a rima e o ritmo. Parabéns!

"NATO" AZEVEDO · Ananindeua, PA 3/9/2007 20:35
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Agenor
 

Grande poeta "NATO",
Muitísimo obrigado pela tua visita e pelos elogios,
Um grande abraço.

Agenor · Aquidauana, MS 3/9/2007 21:50
sua opinião: subir
carlos magno
 

Que bela lição de umildade e conciência política, num belo poema maravilhoso, amigo poeta Agenor. Meus sinceros aplausos e abraços.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 5/9/2007 01:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
carlos magno
 

Desculpe mais eu voltei por causa de um simples H, que eme esqueci de colocar na palavra humilde.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 5/9/2007 01:08
sua opinião: subir
Agenor
 

Grande poeta Carlos,
Saudações poéticas...

Gratíssimo pela sua visita e pelos elogios, Com H ou sem H vc é sempre bem vindo no meus espaço.
Abraços

Agenor · Aquidauana, MS 5/9/2007 09:14
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 25 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados