Um extraordinário lixo de entrevista e Trégua, do Lixo Extraordinário.

Instale o Flash Player para ver o player.
1
Daniel Duende · Brasília, DF
30/3/2007 · 166 · 10
 

- E aí, Batone. Vamos fazer uma entrevista para a Rádio Overmundo para apresentar a música Trégua no próximo programa?
- Opa Duende, vamos sim. Passa aqui em casa no domingo.

Foi assim que começou. E foi um bom começo.
No domingo, muitas horas se passaram entre audições de fantásticas referências musicais e excelentes papos com o Batone e Gabi, e quase nos esquecemos de gravar a entrevista. Lá pelas 11 da noite, nos lembramos do que estávamos a fazer ali e fomos então tentar produzir a entrevista que háviamos bolado. Depois de dezenas (sim, DEZENAS!) de takes, chegamos à conclusão que todo aquele blablablá era ao mesmo tempo precioso e inútil -- puro Lixo Extraordinário -- e resolvemos que seria bacana compactar tudo para a reciclagem auditiva de quem se interessasse.

Foi assim que nasceu este cacofônico experimento, que vocês podem conferir aqui ou no próximo programa da Rádio Overmundo. Se a(s) entrevista(s) perderam um pouco de clareza quando sobrepostas todas juntas, o ganho em proposta "lixo-extraordinária" e em novidade foi inestimável. Este é um extraordinário lixo de entrevista, digna do Lixo Extraordinário.

Com um pouco de sorte consegui pegar um táxi rodando a esmo pelas ruas do Flamengo quando saí, já quase de madrugada, da casa de Batone. Estava feita a cacofônica e extraordinária entrevista.

---

Com vocês, Duende (duendiiiiii!) entrevistando Valdir Batone sobre a respeito da música Trégua e, logo depois, uma versão integral da música para sua delícia auditiva.

Para os que não conseguirem pescar as informações relevantes da cacofônica entrevista, aqui vão alguns dados interessantes e relevantes:

- O Lixo Extraordinário é uma banda com bases no Rio de Janeiro e Londrina, e as gravações do disco foram todas realizadas no lendário Estúdio UP, sob a batuta de Júlio Anizelli.

- O nome da banda Lixo Extraordinário vem da infinidade de referências musicais que hoje estão disponíveis, para quem quiser reciclá-las em seu trabalho, e também ao excesso massacrante de informação à qual somos submetidos nos dias atuais.

- A música Trégua teve suas guitarras gravadas em fita, onde posteriormente as mesmas foram desaceleradas para dar os timbres buscados por Batone e Emílio Mizão. O solo incidental de sax que aparece no final da música foi construído a partir de recortes aleatórios de um solo de mais de 7 minutos que havia sido inicialmente gravado para a música.

- Para quem gostar desta música, há mais 12 faixas do disco disponíveis no site do Lixo Extraordinário: http://www.lixoextraordinario.com.br

- Nenhum entrevistador ou membro da banda foi submetido a maus tratos durante a realização desta entrevista. Todos foram tratados com doses generosas de pipoca, salaminho e leite achocolatado.



Chega de papo. Vamos à entrevista.
Para ouvir, clique nos botõezinhos azuis de Download ou Streaming.


P.S. estou tentando arranjar um formato melhor de arquivo do que o atual WMA. Por panes várias em meu computador, não consegui convertê-lo para mp3 ainda. Isso deve estar resolvido até a hora da publicação.

compartilhe



Embutir



informações

Autoria
Daniel Duende e Valdir Batone, com dicas e simpatia de Gabi de Andrade.
Ficha técnica
Realizada no programa Garageband, em 25 (quase 26) de março de 2007.
Downloads
741 downloads

comentários feed

+ comentar
Livia Vianna
 

uhhhhh ......... novidade de reta ou sol

a greve é cravada como um novo sol. E a composição melódica que paíra sobre a regua e/ou trégua são pontos de nehum .....

muito inspirador a estrada ... agora é uma seta que está torta ....
putz ... polêmica vc's
delírio

uma rota qualquer ... significado que o futuro inconste em que essa torra propulsora nos conduz para novos tempos ... e as evoluções estão em todos os contexto de exposição de que a arte pura prevalece cheia de duvidas para um novo e esclerido amanhecer...

Livia Vianna · Cuiabá, MT 31/3/2007 04:50
sua opinião: subir
Bia Marques
 

duende, a entrevista ficou psicodélica à beça com o eco, mas a música e a delicadeza do sax, sem palavras. muito bom mesmo!

Bia Marques · Campo Grande, MS 31/3/2007 11:08
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

O trabalho do Batone e do Lixo Extraordinário é mesmo... EXTRAORDINÁRIO :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 2/4/2007 00:23
sua opinião: subir
CCorrales
 

Esta colaboração está nesse momento em destaque na home do iG, no link do Overmundo.
Abraços

CCorrales · São Paulo, SP 16/4/2007 01:23
sua opinião: subir
Gabriela de Andrade
 

Hey Cintia, que legal!
Valeu pela dica!
bjs
:o)
Gabi

Gabriela de Andrade · Rio de Janeiro, RJ 16/4/2007 07:45
sua opinião: subir
capileh charbel
 

lixo luxuoso

capileh charbel · São Paulo, SP 17/4/2007 02:17
sua opinião: subir
carlos magno
 

Muito legal Daniel, parabéns.
carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 16/5/2007 19:57
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Valeu pelos elogios, gente! :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 17/5/2007 18:14
sua opinião: subir
Jornalista81
 

Não entendi nada. rss

http://www.overmundo.com.br/overblog/a-capoeira-e-tudo-que-a-boca-come

Jornalista81 · Brasília, DF 4/4/2008 18:09
sua opinião: subir
Helder Dutra
 

Boa Verde!

Helder Dutra · Rio de Janeiro, RJ 28/6/2008 11:50
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados