UM FANTASMA EM MINHA CAMA

1
Doroni Hilgenberg · Manaus, AM
24/6/2008 · 195 · 64
 

UM FANTASMA EM MINHA CAMA

Vocês têm medo de fantasmas? Eu não...Não hem!!!

Devia ter meus oito ou dez anos de idade quando comecei a ouvir estranhos ruídos à noite em nossa casa. Pareciam passos de seres humanos que perambulavam pela casa toda depois que todos nós nos recolhíamos para o aconchego de nosso leito. De manhãzinha queixava-me para a minha mãe:
--Ouço passos, tem gente caminhando pela casa à noite. Será algum fantasma? E mamãe respondia:
--Deixe de ser boba menina, são ratos no sotão.
--Só se forem ratos gigantes....

Papai, ciente da estranha caminhada noturna, seguido subia no sotão munido de armadilhas, venenos, insensos, alhos, crucifixos, e lá deixava a fim de capturar o pretenso rato gigante ou afugentar o possivel fantasma ou qualquer outra alma penada que fosse.

Mais quê! O invisivel visitante noturno continuava com sua estranha caminhada de lá para cá e de cá para lá, sem se importar com os menores viventes da casa ( e os maiores também) que a estas alturas, cobriam-se até o ultimo fio de cabelo e urinavam na cama com medo de levantar-se após a meia noite.

Um dia, papai resolveu tomar providências mais drásticas e trouxe o pároco da vila para dar uma boa benzida na casa, na esperança de que as coisas se normalizassem. A água benta correu solta por todos os lados, cantos e fundos, não faltando uma dose extra para o sotão, já que é ali o esconderijo preferido de todos os fantasmas.

Mas nada adiantou, nosso fantasma era incorrigivel e incansável, quanto mais andava, mais queria andar. Com o tempo, acostumamos com o fantasma ou fosse lá o que fosse, era pacífico e o elegemos nosso guardião.

E o tempo passou...

Quando mais mocinha, costumava deixar meus materiais escolares soltos na grande mesa da sala, juntamente com alguns livros e revistas. Nosso fantasma deu então, de ficar curioso. Bastava que apagássemos todas as luzes e lá vinha ele folhear as revistas devagarinho, como se estivesse a apreciar uma bela gravura ou a ler alguma coisa super-interessante. Não compreendiamos como ele lia ou via alguma coisa no escuro, mas afinal, fantasma é fantasma. As vezes, faziamos troça e escondíamos todos os livros e revistas dentro de uma pesada gaveta. Mas ele não se dava por vencido, abria a gaveta, tirava a revista preferida e ficava horas e horas entretido em sua leitura silenciosa só quebrada pelo vagaroso folhear das páginas que todos nós escutávamos. Se por acaso abríssemos uma fresta da porta de nosso quarto, é claro que nada víamos, a não ser, o clarão da lua projetando a sombra dos arvoredos através da porta envidraçada entre os móveis da sala espaçosa.

E foi-se mais uns tempos...

Um dia, voltei para casa com um belo romance, disposta a lê-lo bem rapidinho. À noite, distraida com a boa leitura, não senti as horas passarem, e creio que era bem mais de meia noite quando alguém abriu a porta do meu quarto e falou:
--Apague essa luz!!!
--É você mamãe..? Perguntei, estranhando um pouco a voz e que ela não tivesse entrado em meu quarto e nem se manifestado como sempre fazia. Como não obtive resposta e devido a leitura havia esquecido completamente do nosso fantasma, continuei a ler aquele capitulo que já estava no finzinho.

De repente, a luz apagou-se... Demorei só uns instantinhos com os olhos fechados na escuridão, e quando os abro, vejo estarrecida, um estranho vulto todo de branco, envolto em uma espécie de auréola, sentado aos pés da minha cama. Por um átimo, tive vontade de esticar os pés e sentir se aquela figura era real ou imaginaria, mas o medo falou mais alto, e com o coração quase a saltar-me pela boca, dei um grito tão grande ( ou seria berro), que acordou a casa toda e até a vizinhança.

Nosso fantasma nunca mais apareceu. Deve estar lendo em outra freguesia. Ou vai ver, levou um susto bem maior que o meu e morreu do coração.

Sobre a obra

Este conto tem um pouco de realidade e outro tanto de ficção, naturalmente vocês podem acreditar no que quiserem. Todavia, os fantasma existem sim....

compartilhe



informações

Autoria
Doroni Hilgenberg - Pegadoga, e escritora de tudo um pouco.
Ficha técnica
Este trabalho já foi editado na coletânea " Contos do Brasil Contemporâneo", cujo conteúdo foi selecionado pela Revista Brasilia e organizada por Reis e Souza.
Downloads
356 downloads

comentários feed

+ comentar
Ari Donato
 

Claro que eles existem, e crianças, mais do que os adultos, conseguem vê-los. Vamos aguardar a votação.

Ari Donato · Salvador, BA 21/6/2008 23:14
sua opinião: subir
wam nick
 

Fantástico!!! Amei. Estou fã. Favoritos e volto pra votar. Bjos.

wam nick · Recife, PE 21/6/2008 23:15
sua opinião: subir
celina vasques
 

"Não creio em bruxas mas que elas existem...existem", eu mesma por diversas vezes já me vi em situações parecidas!!!

muito bom seu conto amiga querida , gostei muito, voce conseguiu prender minha atenção até o final!! eu queria escrever como voce!!!

beijos e aguardo votação!

celina vasques · Manaus, AM 21/6/2008 23:19
sua opinião: subir
Erika Schulman
 

Confesso que arrepiei.. sou extremamente sensivel a estórias que envolvam fantasmas, e inclusive já ouvi estoria parecida na época em qu eu morava sem minha familia..mu amigo acordou pálido no dia seguinte porque disse ter visto um na cama dele..nossa heim!! Quanto a mim não e peço pra Deus afastar estes males, posi não me faz bem.. então quanto a minha pessoa, moro em um bairro centrado e bastante movimentado nos finais de semana, então eu procuro acreditar que é em função dos carros que passam em alta velocidade e permitem com que façam os tacos da sala do andar de cima serem instalados como se sofressem uma pressão do peso de uma pessoa no chão enquanto completava seu spassos. O é como se a madeira estivesse sendo pressionada com o peso de uma pessoa e assim elas sofrem estalamentos, como acontece diariamente quando caminhamos pela casa.Mas acredito na existencia deles sim, mas não acho saudável por que são planos diferentes de existência. Penso, logo existo" certo?! Vou deixá-la em paz porque falo muito rsss enviei pra você o poema que vc não consgeuiu ler, através de mensagem obrigada pelo carinho. beijosss

Erika Schulman · Porto Alegre, RS 22/6/2008 02:27
sua opinião: subir
Erika Schulman
 

ah vou esperar a votação!!!

Erika Schulman · Porto Alegre, RS 22/6/2008 02:28
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Doroni,
eu achei muito engraçado, muito bem narrado, e adorei:
"Ou vai ver, levou um susto bem maior que o meu e morreu do coração."
Matar um "fantasma" do coração....muito bom
Não obstante isto, a infância e adolescência de muitos trazem fantasmas aos nossos sonhos, também tive os meus, tinha medo de olhar pelas venezianas azuis da casa de meus pais.
Parabéns
bjo

Cristiano Melo · Brasília, DF 22/6/2008 08:22
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

É isso Cris, que bom que gostou. Pois é matar um fantasma não tem cabimento não é? são detalhes...ficção...queria destacar algo para dar um toque especial no final do conto. Interessante que quando eu escrevi, pensei comigo "vamos ver quem vai notar". Foi só vc mesmo. Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 22/6/2008 17:48
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Erika, li seu texto. Ótimo mesmo, nosso modo e pensar se coadunam. Que bom que gostou do meu texto. Os fantasmas existem sim, e o nosso era tão realista que sentiamos as vibrações dos passos até no travesseiro. Mas não precisa ter medo, eles nada fazem. Acreditamos que o nosso era um espírito de algum professor ávido ainda por leituras. he..he...até que dá outro conto. Bjsss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 22/6/2008 17:54
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Obrigada Celina...Que bom que um texto tão simplório conseguiu prender sua atenção. Puxa, Bruxas são bem mais perigosas que fantasmas, hoje em dia, estão em todas as esquinas.
E que é isso? Vc escreve bem sim, mas cada uma com com seu estilo. Eu adoro seus poemas arrebatadores e apaixonados. E agora vai ficar famosa. Bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 22/6/2008 17:59
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Wan... que bom que gostou. Fantatico? Nem tanto, mas gosto dessa criação que nem te conto. Bjsss e obrigado

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 22/6/2008 18:01
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Ari... é claro, todas as crianças tem o seus fantasmas, que geralmente são amiguinhos imaginarios, mas muitas vezes... Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 22/6/2008 18:03
sua opinião: subir
Ari Donato
 

Rsss. Concordo...concordo.

Ari Donato · Salvador, BA 22/6/2008 18:28
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Doroni, do céu! Mataste um fantasma a grito!
Muito pouco sei a respeito, nem se acredito.
Creia, os meus fantasmas sempre estão aqui,
Bem pertinho de mim. Penso que têm medo,
só pode ser, se é de algo vivo a lhes espantar.

Um beijo e um abraço.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 23/6/2008 16:38
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Para você ver Adroaldo... a grito e na marra. Todos temos os nossos fantasma reais ou imaginarios. Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/6/2008 17:19
sua opinião: subir
claudia beatriz
 

Mãe... que conto hem! Quer nos assustar? Bjsssss

claudia beatriz · Manaus, AM 23/6/2008 20:03
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

inicio sua votação
bjos

Cristiano Melo · Brasília, DF 23/6/2008 22:29
sua opinião: subir
celina vasques
 

Votando amiga linda!

beijos

celina vasques · Manaus, AM 23/6/2008 22:37
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Obrigada Cris, é tão bom contar com você, não tanto pelos votos mas por sua atenção e porque vc nos lê. Mas os votos também conta é claro. Bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/6/2008 22:40
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Obrigada Celina, você é um amor. bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/6/2008 22:49
sua opinião: subir
Dete Reis
 

Votei no seu conto, fantástico. Gostei muito, fiquei curiosa até o final. Excelente!!!

Dete Reis · São João de Meriti, RJ 23/6/2008 23:12
sua opinião: subir
Ari Donato
 

Amiga, não sou o fantasma, mas, voltei (rss). E votei.
Já fiz meus comentários, não carece mais.

Ari Donato · Salvador, BA 23/6/2008 23:23
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Obrigada Dete, você é uma amiga especial. Bjsss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/6/2008 23:35
sua opinião: subir
alcanu
 

Chuif, estou decepcionado, pensei que era mais uma história do Fantasma, Espírito Que Anda, aquele que andava de roxo, depois vermelho, daí voltou a usar roxo, não se decidia, tinha um cão lobo chamado Capeto e um cavalo chamado Herói, chegou a casar com a Diana Palmer e usava dois anéis, um para bater nos bandidos e deixar neles a sua marca e o outro para colocar a marca da sua proteção...e deparei com uma fantástica história, que muito provavelmente provocará a minha insônia hoje, culpa sua, Doroni !
Brincadeiras à parte, excelente narrativa, ao contrário da minha, mantem o seu leitor preso até o fim !
O sindicato dos fantasmas poderá indiciá-la por fantasmacídio duplamente qualificado, se precisar de um advogado vivo, procure bem !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 23/6/2008 23:37
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Obrigada pela presença e pelos votos Ari. Com essa carinha linda e triste, vc está mais para ANJO do que para FANTASMA. Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/6/2008 23:38
sua opinião: subir
Ari Donato
 

Rss. Obrigado!

Ari Donato · Salvador, BA 23/6/2008 23:51
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Querido Alcanu, sinto se o decepcionei, minha simples imaginação não chega a tanto e meus fantasmas são bem mirrados. Qualquer hora vou para um centro de terreiro e invoco todos os fantasma e almas penadas ai... sai da frente. Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/6/2008 23:54
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Doroni,
Beijos, votos e arrepios.
Muito bom!
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 24/6/2008 04:06
sua opinião: subir
Aepan
 

Excelente...
Airton
Estrela-RS

Aepan · Estrela, RS 24/6/2008 08:16
sua opinião: subir
clara arruda
 

Doroni minha amiga,só dá tempo mesmo de votar.estou de volta aos exames.
Um carinho em seu coração.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 24/6/2008 08:55
sua opinião: subir
Ari Donato
 

Minha querida Doroni, está quase completando sua votação. Felicidades.

Ari Donato · Salvador, BA 24/6/2008 08:59
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Ari, meu Anjo lindo, mais que a votação, sua presença me comove. e seus votos de felicidades são mágicos. Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 09:18
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Regina, obrigada querida, estou precisando mesmos de uns arrepios mais arrepiantes para soltar a imaginação. Bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 09:22
sua opinião: subir
Nic NIlson
 

Pra ler teus escritos eu me tornaria num fantasma... rsrsrsr
Valeu. Leitura maravilhosa!

Nic NIlson · Campinas, SP 24/6/2008 10:23
sua opinião: subir
Nic NIlson
 

Taih, completei teus 70 votos. Pode ser feliz e sonhar com seu fantasma!

Nic NIlson · Campinas, SP 24/6/2008 10:24
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Airton, que bom que gostou. Obrigada !!!! bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 10:55
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Clara, obrigada querida, e cuide dessa saude hem!!!! É o bem mais preciosos que temos. Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 10:58
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Nic, com ou sem fantasma, estava esperando seus votos para a felicidade ser completa. Obrigada e Bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 11:01
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Doroni.
O seu conto descreve situações e acontecimentos que mantêm o leitor apreensivo e na expectativa do que acontecerá nos momentos seguintes para aliviar as tensões e o sofrimento dos personagens. Para mim o momento de mais suspense e arrepiante foi quando o fantasma manda apagar a luz do quarto. Não deve ser fácil enfrentar um fantasma autoritário. rs.
boa noite. abrçs.
votei.

Marco Bastos · Salvador, BA 24/6/2008 23:21
sua opinião: subir
Rubens schnepper
 

enquanto eu lia pude me ver naquele ambiente assustador, adorei o conto parabens

Rubens schnepper · Ponta Grossa, PR 24/6/2008 23:24
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Marcos, obrigada pelo lindo comentário. Que bom que gostou. Realmente, livrei-me de um, não, dois fantasmas autoritários, um do conto e outro mais próximo. Para você ver a minha coragem!!! Bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 23:33
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Rubens, meu conterraneo, que bom que consegui te assustar. E que bom que gostou e apareceu para dizer. Bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/6/2008 23:36
sua opinião: subir
Bruno Resende Ramos
 

Muito criativo o texto. Chego a acreditar que não mesmo o único que gosta de um bom sustinho de vez enquando. Não é À toa que gosto de aventuras e mistérios. Um abraço

Bruno Resende Ramos · Viçosa, MG 24/6/2008 23:56
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Doroni, eu postei aqui antes, mas algum fantasma passou e levou.

Vou dizer o que me lembro de ter escrito. Este conto traz um jogo interessante entre os mortais que precisam da luz pra enxergar ler e saber, ao contrario do fantasma que precisa da escuridão pra ler.

Interessante: a razão com luz pra mortais e o saber buscdo pelo fantasma no escuro.

Compulsão Diária · São Paulo, SP 25/6/2008 11:26
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Srsss Doroni, que mássimo! Urrupilante! Como pode notar, é tarde e claro agora. Mas que não parei de olhar pela janela, não tenha sombras de dúvidas.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 25/6/2008 12:37
sua opinião: subir
Raiblue
 

Olá Doroni!
Adoreiiii seu conto!!Bem desenvolvido...e envolvente!
Quem quiser qu prove o contrário,mas que eles existem,existem!!As crianças mais doq ue ninguém sabem disso!...estou até sentindo um arrepio do ventinho que está vindo da janela agora...acho que vou fechá-las...rsrsrrsrs
Parabéns,minha querida!
bjkitas azuiszen...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 26/6/2008 18:44
sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

Então o fantasminha leitor? Que interessante querida Doroni, adorei o conto. Vamos chamar o Pe.Quevedo pra opinar? rsrs
Acho que tua sensibilidade no escrever é que é fantástica.
Beijos

Pedro Rivero · Bélgica , WW 27/6/2008 00:56
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Obrigado amigos, este fantasminha esta fazendo mais sucesso que eu.

É verdade Pedro, acertou em cheio. Esse conto é verdadeiro e nós pensavamos que fosse o espírito de um professor, escritor ou qualquer coisa parecida. Só não conto qual parte é ficção.

Bjssss a todos com carinho.

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 27/6/2008 10:10
sua opinião: subir
Náthima Danel
 

Doroni, que fantasma mais culto. Só você para ter um fantasminha assim.
Linda estória das coisas da infância.
Acho que ele te influenciou, e foi bom, foi ótimo, temos você, linda poeta.
Um abraço. Aguardo novos prazeres.

Náthima Danel · Boa Vista, RR 27/6/2008 10:25
sua opinião: subir
W@nder
 

Doroni, gostei muito do conto e a sua forma de narrá-lo também.
bjs.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 27/6/2008 13:24
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Doroni

Na minha infancia minavam histórias de fantasmas, mulas sem cabeça, saci pererê e outros bichos. Mas, que pena, eles, como o seu fantasma, foram-se com o tempo. Hoje sou assombrado pelo imposto de renda, pelas falcatruas, pela corrupção, pelo "eu não sabia". Esses (que pena) não vão embora nem com reza brava...
Gostei do conto.
BUHHHH...
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 27/6/2008 14:33
sua opinião: subir
Thuila Moura
 

Doroni amei o texto, é muito gostoso de ler parace até que estou vendo os personagens na minha frente. Parabéns. Um beijão. Votado

Thuila Moura · Ceará-Mirim, RN 27/6/2008 20:00
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Doroni, gostei do seu conto. É engraçado e bem contado.
És boa de grito, coitado do fantasma.
Beijos.

Sônia Brandão · Bauru, SP 27/6/2008 20:38
sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Mestre Rubem Alves diz que não cabe discutir se o fato narrado pelo escritor existiu ou não. "Se não havia existido, agora que contei ele passou a existir". É isso aí, querida "manauara", nascida no Paraná. Ela deve, então, ser "paranauara".

Circus do Suannes · São Paulo, SP 28/6/2008 00:36
sua opinião: subir
Leidiane Castro
 

Como sempre muito lindo. Beijos

Leidiane Castro · Manaus, AM 28/6/2008 22:14
sua opinião: subir
Leidiane Castro
 

oi vovó, li seu poema com minha mae amo a senhora beijo Gui

Leidiane Castro · Manaus, AM 28/6/2008 22:17
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Leidiane... Gui, adoro vocês meus queridos. Bjsssss com o coração cheio de carinho.

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 28/6/2008 22:51
sua opinião: subir
Ailuj
 

Eles existem e as crianças os animais e as pessoas sensitivas os vêem,eu tenho muita vontade de ver um mas ainda nao tive esse privilegio
Beijos e votos

Ailuj · Niterói, RJ 30/6/2008 12:22
sua opinião: subir
Jorge Luiz Alves
 

Interessante e muito bem urdido este texto! Voltarei mais vezes - abraço do Jorge Luiz.

Jorge Luiz Alves · Rio de Janeiro, RJ 1/7/2008 00:56
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Julia, fantasma existe sim, depois do medo a gente acostuma e para mim foi um privilégio pois pude escrever este texto que eu adoro.
Bjssssss

Jorge Luiz, que bom que gostou, será um prazer tê-lo em minhas páginas.
Bjsssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 2/7/2008 09:49
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Um beijo p/ vc e outro pro fantasma

Compulsão Diária · São Paulo, SP 2/7/2008 11:24
sua opinião: subir
Eric Araújo
 

Belíssimo conto! A auréola do fantasma me deixou dúvidas se era realmente um fantasma... hehehehehehe
bjuuuu

Eric Araújo · Belo Horizonte, MG 5/7/2008 13:58
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Querida Doroni
Diverti-me bastante com o seu conto. Muito bom. Há momentos de suspenses e outros hiláriantes, como o fantasma morrer do coração, devido ao susto.
Você é uma contista competente. Parabéns.
Abraços

Saavedra Valentim · Vitória, ES 7/7/2008 00:36
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Oi Eric, percepção aguda hem?
Pois é, mas o fantasma não era Santo não, pois a auréola não era na cabeça mas sim uma luminosidade própria dos fantasmas, envolvendo seu corpo. Bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/7/2008 02:12
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

uma estória com pé e cabeça
e um fantasma no meio
ora! matar ou não o fantasma?!
Afinal eles são particulares!
boa condução da prosa,
texto redondo,
valeu!
um beijo,
Carlos Mota

Carlos Mota · Goiânia, GO 12/7/2008 08:49
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 4 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados