UMA JANELA PARA O PASSADO - Poesia

1
jjLeandro · Araguaína, TO
9/8/2007 · 186 · 13
 


UMA JANELA PARA O PASSADO

Janela aberta é saudade.
Quem se debruça sobre ela
Sabe e sente
Que tem olhos no passado
E o corpo no presente.

compartilhe



informações

Autoria
jjLeandro
Ficha técnica

O amor mata
e a saudade enterra.
Quem ama sabe
que um dia
sofrerá,
e por isso nunca erra.

jjLeandro
Downloads
365 downloads

comentários feed

+ comentar
Sérgio Franck
 

Leandro, bacana, cara. Bom, mesmo.
Tem volta, pode crer.

abraço.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 7/8/2007 13:40
sua opinião: subir
BETHA
 

LEANDRO,
as janelas são nosso presente e nosso passado. Mesmo quando estão vazias, enfeitam-se com as paisagens de nossas lembranças.
Abçs de Betha.

BETHA · Carnaíba, PE 8/8/2007 19:47
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Leandro...
Dura realidade...e o pior é a espera do futuro amor num corpo já cansado...
bacana..dá pra viajar...bj

Cintia Thome · São Paulo, SP 8/8/2007 22:30
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Fantastico, sempre que se debruça sobre uma janela, se não há, vê-se um contemplação, verdade. Coisas de poeta. um abraço andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 9/8/2007 15:56
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Adorei votado...abç

Cintia Thome · São Paulo, SP 9/8/2007 19:50
sua opinião: subir
Lucas Pereira
 

Jj, gostei e votei.

Voto minerva...rsss

abraços

Lucas Pereira · Sabará, MG 9/8/2007 20:01
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Sérgio, Betha, Cíntia, André e Lucas obrigado pelas palavras amigas e de incentivos.
Abcs

jjLeandro · Araguaína, TO 9/8/2007 21:59
sua opinião: subir
Claudiocareca
 

O meu poeta é sempre um prazer lê-lo. O tempo das janelas... Cuiabá é rica delas.

Claudiocareca · Cuiabá, MT 9/8/2007 23:56
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Grato, Cláudio. Realmente todo o Brasil colonial é rico em janelas. Assim é com Minas e com a antiga capital goiana, Goiás.
abcs

jjLeandro · Araguaína, TO 10/8/2007 07:09
sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

Grande Leandro, vim, vi, e votei!
Lembrei de Raul Pompéia no finalzinho do "O Ateneu"... : "Saudades verdadeiramente? Puras recordações, saudades talvez se ponderarmos que o tempo e a ocasião passageira dos fatos, mas sobretudo – o funeral para sempre das horas.”

Um abraço.


FILIPE MAMEDE · Natal, RN 10/8/2007 09:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Fechar a janela...Parar de olhar pelo retrovisor...É só o que ouço...A vida é AGORA!
bjk
Cris

crispinga · Nova Friburgo, RJ 10/8/2007 18:49
sua opinião: subir
Ize
 

LIndo esse poema Leandro. Da maneira como o li e senti, ele poderia servir de epígrafe para o Projeto do Joca "Reminiscências de Escola".
Abrçs

Ize · Rio de Janeiro, RJ 29/12/2007 01:55
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Realmente Ize, nunca havia pensando sob esse prisma. Tem muito a ver com o projeto. Para mim seria uma honra que ele pudesse aparecer em epígrafe no livro. Sentir-me-ia recompensando pq não consegui fazer uma crônica que se adequasse ao projeto, embora tenha tentado.
abcs

jjLeandro · Araguaína, TO 29/12/2007 08:43
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 19 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados