Viva o Povo Brasileiro: literatura e identidade nacional

Viva o Povo Brasileiro - Ed. Nova Fronteira
1
karinak · Rio de Janeiro, RJ
4/2/2007 · 106 · 10
 

"Dafé se admirou de haver tanta ciência naquela gente comum, se admirou também de nunca ter visto nos livros que pessoas como essas pudessem possuir conhecimentos e habilidades tão bonitos, achou até mesmo a mãe uma desconhecida, misteriosa e distante, em seu saber antes nunca testemunhado. Quantos estudos não haveria ali, como ficavam todos bonitos fazendo ali suas tarefas, agora também ela ia ser pescadora! Até pouquinho, estivera meio convencida, porque ia ser professora e portanto sabia muito mais coisas do que todos eles juntos, mas se via que não era assim. Tinha gente que pescava o peixe, gente que plantava a verdura, [...] gente de toda espécie, e tudo isso requeria grande conhecimento e muitas coisas por dentro e por trás desse conhecimento talvez fosse isto a vida, [...], quanta coisa existia na vida! " (Viva o Povo Brasileiro, João Ubaldo Ribeiro, p. 318)

Escrevi esse texto sobre a literatura de João Ubaldo Ribeiro e especialmente sobre o Viva o Povo Brasileiro. Neste romance, o autor narra as peripécias de vários personagens pela história do Brasil desde antes da chegada dos portugueses até a década de 1970. A graça é que essa é a história do zé povinho, daqueles que foram excluídos da História oficial, com H maiúsculo.

compartilhe



informações

Autoria
Karina Kuschnir
Ficha técnica
Publicado anteriormente em: KUSCHNIR, Karina. ?Literatura e identidad nacional?, in: VELHO, Gilberto (org.), Revista de Cultura Brasileña, Editada por La Embajada de Brasil en España, n. 1, marzo, 1998, p. 111-28. (Edição bilíngüe, versão em português: ?Literatura e identidade nacional?, p. 259-76).
Downloads
2213 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcelo Terça-Nada!
 

oi Karina,
Tudo bem? Legal vc disponibilizar seu trabalho aqui no Overmundo.

Gostaria de fazer uma pequena observação: parece que houve um pequeno engano, pois seu texto está em "Música", penso que o lugar adequado para ele é "Textos de não-ficção", aqui no Banco de Cultura mesmo... não deixe de corrigir esse detalhezinho, pois isso vai fazer com que seu trabalho seja achado mais facilmente e, com isso, com que ele seja lido por mais pessoas...

abraços,

Marcelo Terça-Nada! · Belo Horizonte, MG 1/2/2007 11:53
sua opinião: subir
karinak
 

Oi Marcelo,
obrigada pelo aviso: foi algum engano, pois eu classiquei como não ficção. Como eu faço para corrigir? Tenho que publicar tudo de novo??
abçs

karinak · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2007 12:06
sua opinião: subir
karinak
 

Oi Marcelo,
já descobri que é só clicar no lápis amarelo, ao lado do título. E já corrigi. Obrigada mais uma vez, abçs,

karinak · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2007 12:09
sua opinião: subir
Saulo Frauches
 

Adorei saber que agora acho texto seu aqui no Overmundo :)

Saulo Frauches · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2007 17:24
sua opinião: subir
karinak
 

Legal Saulo, obrigada -- depois mandarei mais!
bjs,

karinak · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2007 17:41
sua opinião: subir
Hermano Vianna
 

oba! não tinha lido ainda!

Hermano Vianna · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2007 18:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Thiago Fragata
 

Karinak, parabéns pelo artigo. Bom o diálogo entre Freyre, Holanda e Ubaldo Ribeiro. Análise acurada do que Ubaldo disse e do que ele quiz dizer em "Viva o povo brasileiro". Considerando a dificuldade de encontrar trabalhos dessa qualidade na net, seu texto me trouxe felicidade!

Thiago Fragata · São Cristóvão, SE 12/6/2007 22:08
sua opinião: subir
karinak
 

Valeu Thiago -- Sempre é bom saber que a gente escreve para alguém algum dia ler... Se vc gosta de João Ubaldo Ribeiro, fique de olho no trabalho do Juva (Juvenal) Batella, que há pouco tempo defendeu uma tese de doutorado sobre JUR na PUC-Rio. É um trabalho fantástico, escrito todo em diálogos, muito inovador. Ainda não há previsão de publicação em livro, mas a PUC tem uma biblioteca aberta ao público em geral.

karinak · Rio de Janeiro, RJ 13/6/2007 00:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Thiago Fragata
 

Boa nova, ficarei antenado!

Thiago Fragata · São Cristóvão, SE 13/6/2007 12:18
sua opinião: subir
Humberto Firmo
 

Tive um professor na UNB, Vianney, que defendeu tese de mestrado ou doutorado onde a obra estudada era O povo brasileiro, do Ubaldo.

Não tive tempo ainda de ler o Ubaldo, mas vou ler o teu texto primeiro, para me dar coragem.

bjs!

Humberto Firmo · Brasília, DF 4/9/2007 16:10
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 80 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados