Y-névl (01)

1
Átila Raphael · Serra, ES
24/6/2013 · 1 · 2
 

Berilos na manhã:
Águas cristalinas,
Zéfiro fresco
Um lago sob a luz do sol
Ar puro úmido
Folhagens verdes sussurrando silenciosas ao vento
A luz reluz na superfície do lago verde
Camuflando a escuridão...

Berilos na noite:
Tão belo, hipnótico quanto vasto
Azul marinho se perde no horizonte noturno
Canções de torpor tocam as ondas
Junto ao zéfiro acalentante que chama
Ao encontro de um descanso profundo

Da areia amarela dourada
sonha silencio
da tênue suavidade da água
Das areias molhadas o mar fisga
gélido e leva à acalenta escuridão azul
do mar doce, tênue, doce, profundo...
longe do sol...

-2009?-

compartilhe



informações

Autoria
Átila Raphael
Downloads
136 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcos Pontes Moura
 

Hoje, a primeira poesia que pode ser chamada assim que encontrei no Over. Tirando a repetição de "zéfiro" e uma pequena revisão na acentuação, vale muito a pena ser lida.

Marcos Pontes Moura · Eunápolis, BA 4/7/2013 18:36
sua opinião: subir
Átila Raphael
 

Obrigado Marcos Pontes Moura, estou realmente atrás de criticas sinceras assim.

Átila Raphael · Serra, ES 8/7/2013 18:36
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados