Almanaque Brasil em Creative Commons

Reprodução
Logotipo criado pelo artista gráfico Elifas Andreato
1
Mariana Albanese · São Paulo, SP
21/1/2007 · 176 · 10
 

Em 1938, à frente do departamento municipal de cultura de São Paulo, Mário de Andrade idealizou uma Missão de Pesquisas Folclóricas, que tinha por objetivo "mostrar o Brasil aos brasileiros". Ela partiu do Porto de Santos em direção ao nordeste, e por seis meses registrou nossas músicas tradicionais, que corriam o risco de desaparecer. O material colhido pode ser visto e ouvido no Centro Cultural São Paulo.
Pode-se dizer que o Almanaque Brasil é uma espécie de Missão. Revista distribuída nos vôos da TAM, em abril ela completará oito anos de existência como armazém da nossa cultura popular.

No Almanaque escrevemos sobre questões brasileiras, apuradas a partir de livros, sites e conhecimentos de outros brasileiros. Logo, não podemos negar a ninguém o direito de fazer o mesmo utilizando nossa publicação, tampouco de reproduzir nossos textos. A idéia de “propriedade particular, não entre”, já estava há muito descartada. Por exemplo: jamais puniríamos uma professora se descobríssemos que ela xerocou Almanaques para seus alunos. Mas era preciso oficializar essa posição, e foi o que fizemos em novembro.
Desde então, o seguinte aviso pode ser lido em nosso expediente:

O Almanaque Brasil está sob licença Creative Commons. A cópia e reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que dado o devido crédito à publicação e aos autores. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros. Para reprodução com fins comerciais, entre em contato com a Andreato Comunicação e Cultura.

onde fica
No site da revista, nos vôos da TAM e por assinatura.
por que ir
Para conhecer o conteúdo da revista, para divulgar nossa cultura popular.
quando ir
Mensalmente.
quanto custa
No avião: grátis.
Na internet: grátis
Assinatura: R$ 55 anuais.
website
www.almanaquebrasil.com.br

comentários feed

+ comentar
Daniel Duende
 

Fantástico! :D

Grande dica! :D

Daniel Duende · Brasília, DF 21/1/2007 20:28
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Walquíria Raizer
 

otimo. é isso ai gente.

Walquíria Raizer · Rio de Janeiro, RJ 21/1/2007 22:13
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Edson Wander
 

Grande Elifas, mostra de novo que é um cara sempre à frente de seu tempo. Parabéns pela iniciativa e pela revista, que é ótima e destoa de longe das bobagens que a gente folheia nos vôos nacionais.
Abs

Edson Wander · Goiânia, GO 21/1/2007 22:41
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Henrique Cairus
 

Grande iniciativa!! Já conheço a revista e já tinha ficado maravilhado. Agora é hora de dizê-lo.

Henrique Cairus · Rio de Janeiro, RJ 21/1/2007 22:49
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Campestre
 

A Creative Commons é a salvação do mundo!

Campestre · São José dos Campos, SP 21/1/2007 23:28
sua opinião: subir
Tjago
 

Sem querer ser derrotista, mas eu não acredito 100% na legitimidade da creative commons. Eu penso ser um erro partir do pressuposto que toda inovação gera progresso, ou apenas isso. Sei que posso ser criticado pela pouca criatividade na comparação que farei, mas um projeto como Overmundo, Almanaque Brasil ou mesmo Wikipedia são como um corpo sem imunidade que, até então, acredita-se estar sendo bem alimentado. Será que nunca alguém pensou que nem todo material veiculado, copiado, editado e reeditado pode contar mais mentiras do que verdades? E eu sou taxativo ao dizer que isto já ocorre com mais freqüência que se espera (ou não espera), ainda mais open source, como sugere a GFDL. O ser humano não aprende!... entre ano e sai ano, guerras começam - nenhuma acaba -, inventam novas tecnologias, o mundo "evolui", mas a fraqueza moral permanece em cada um de nós. Acreditar cegamente que ninguém vai usar o conhecimento contra nós é deixar trinufar o otimismo sobre a realidade. Não me parece saudável transformar em fé fundamentalista uma coisa que, SE ASSIM FOR FEITO, pode sim resultar em mais uma extensão da limitação cultural que às vezes é imposta pelo mercado.

Tjago · Vitória, ES 22/1/2007 16:25
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
ronaldo lemos
 

Oi Mariana, excelente notícia! A grande força do Creative Commons é o fato dele ser voluntário, ou seja, só usa quem quiser. Que bom que o Almanaque Brasil decidiu que seu conteúdo pode ser compartilhado, de acordo com a licença do CC utilizada. Fico feliz com a iniciativa!

ronaldo lemos · Rio de Janeiro, RJ 22/1/2007 21:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Mariana Albanese
 

Licenciar o Almanaque foi uma conquista muito importante também para nós que fazemos a revista. Afinal, é muito bom poder deixar claro para todo mundo no que nós acreditamos, e que nosso armazém de cultura não está de portas fechadas.
Não fizemos a licença do dia para a noite. Elaboramos um projeto, consultamos nosso advogado, visitamos o Centro de Tecnologia Social da FGV, e por fim, elaboramos o texto que entraria no expediente. Em nenhum momento tivemos dúvidas de que seria o melhor caminho. Durante o processo, o "copyright" que ainda aparecia por lá incomodava, era de doer os olhos.

O Almanaque Brasil é livre. Entrem em nosso armazém, e se abasteçam de brasilidade.

Mariana Albanese · São Paulo, SP 22/1/2007 22:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Oona Castro
 

Oi Mariana, genial! Em primeiro lugar, parabéns pela iniciativa! Em segundo lugar, muito legal você divulgar isso aqui. Eu sempre me pergunto por que as revistas, especialmente as que não estão à venda, mantêm todos os direitos reservados. Quanto mais circular, melhor - ainda mais a Almanaque, que sempre coisas bacanas. Só um toque, pra atualizar o site diante das novidades: na página "a revista", ainda há referência aos direitos reservados.

Oona Castro · Rio de Janeiro, RJ 22/1/2007 23:35
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Mariana Albanese
 

Opa! Valeu Oona!

O site está meio ultrapassado, a gente está fazendo o projeto de um novo portal, que terá os 8 anos de conteúdo, aberto, claro. Mas vou mudar lá.

Mariana Albanese · São Paulo, SP 23/1/2007 00:30
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter