.Bar do Zeca, o point Rock de Caxias.

.joao xavi.
.O famoso Bar do Zeca.
1
joao xavi · São João de Meriti, RJ
12/2/2008 · 108 · 1
 

Toda sexta-feira, conforme a noite cai, uma legião vestindo camisas pretas, calçando botas ou tênis All-Star e dispondo dos mais diferentes cortes de cabelo se aglomera em uma calçada do bairro 25 de Agosto, em Duque de Caxias. Com um olhar um pouco mais atento esse bando de “roqueiros” vai ganhando tons mais sortidos. “Isso aqui começou mesmo com os funkeiros, eles que fizeram o meu bar virar point, só depois que vieram os roqueiros”, explica Zeca, atual dono do estabelecimento. A história do famoso “bar dos roqueiros” é desconhecida até pela maior parte de seus freqüentadores. “Antigamente que isso aqui era bom”, comenta uma menina enquanto espera na longa fila do banheiro feminino. Quando pergunto por quê, ela emenda: “Ah, eu prefiro as coisas mais antigas, mais clássicas”. De fato, a camisa do Led Zepellin não deixa a jovem roqueira cair em contradição.

Atualmente, a dinâmica do lugar está relacionada a Universidade localizada no mesmo quarteirão. O esquema é simples: quando os alunos estão de férias o bar fica muito cheio, quando eles estão em aula, o bar fica absurdamente lotado. “Meu pai abriu esse bar nos anos 40, naquela época só tinham três casas aqui na vizinhança. Hoje a gente vê essa cidade ai gigante”. E pra quem chega sexta a noite no cruzamento da Rua Professor José de Souza Herdy com a Rua Passo da Pátria, tem a impressão que Caxias (que tem o oitavo maior PIB do Brasil) gira em torno desse bar. O movimento é intenso e demanda grande atenção de Zeca e sua equipe, formada por seus dois filhos. Este bar é um negócio de sucesso, e de família.

O primeiro segredo do negócio é a cerveja barata (eles vendem muita cerveja!), o bar ainda oferece alguns petiscos que não chamam muito a atenção da clientela. O segundo trunfo do bar atende pelo nome de Ismael, o VJ responsável pelos vídeos que embalam a noite da rapaziada. O rapaz, morador da cidade serrana de Petrópolis, trabalha em Caxias durante o dia e tira uma onda como VJ a noite. “Comigo só rola DVD original, esse daí eu importei do México”, se orgulha Ismael enquanto (pra alegria deste que voz escreve) dá o play em um disco raro do Rage Against The Machine. Um conjunto de Auto-falantes devidamente instalado na parede do bar serve como uma metralhadora giratória, atirando som para todos os lados.

O empurra-empurra perto do balcão me joga pra fora do bar, o rap-core do Rage continua bombando, mas do lado de fora disputa espaço com a “Dança do creu”, e sons oriundos de outros bares e de carros super equipados. Num giro de 360° a visão permite enxergar uma multidão de jovens auto-intitulados como funkeiros, pagodeiros e os clássicos roqueiros do Zeca. Todos convivem naquele espaço, até altas horas, numa situação de relativa harmonia. “A coisa aqui costuma rolar até uma, duas, no máximo três da madrugada. Eu não tenho idade pra agüentar mais do que isso”. Quando o velho Zeca finalmente se dá por vencido, a rapaziada escorrega pra um outro bar ali perto. O nome do outro bar? Rota de fuga. É por lá que os roqueiros caxienses costumam assistir ao sol de sábado nascer.

onde fica
No cruzamento das ruas Professor José de Souza Herdy e Passo da Pátria, no bairro 25 de Agosto - Duque de Caxias.
por que ir
Pra encontrar a rapaziada
Pra tomar cerveja barata
Pra curtir os vídeos do VJ Ismael
quando ir
O Zeca só não abre aos sábados (!), mas a coisa bomba mesmo é na noite de sexta.

Durante o período letivo o bar abre às 10h e funciona até, mais ou menos, duas da matina.
Nas férias Zeca descansa um poquinho e abre somente às 14h.
quem vai
Roqueiros em geral.
Pessoas envolvidas com arte e cultura.
quanto custa
O acesso ao bar é de graça.

As cervejas variam entre R$2,00 e R$2,75.

Os petiscos variam entre R$2,50 (pão com alho) e R$9,00 (gurjão de frango).
contato
Não adianta ligar que o Zeca é muito ocupado e não vai te atender. Mas aparece por lá que vale a pena.

comentários feed

+ comentar
Charles Antonio
 

Já tive a oportunidade de ir ao Bar do Zeca, e o ambiente é realmente jovem. Na ocasião, não pude perceber o caráter eclético do bar, pois o que mais havia eram rockeiros. Não apreciei muito o lugar, mas fica a dica de uma opção para os caxienses e quem mais se aventurar por aquelas bandas. Enfim, o que acho mais interessante no bar é sua tradição. Inaugurado nos anos 40 e em pleno funcionamento até hoje... Lembrou-me alguns bares tradicionais do Rio que passam de geração para geração. Vida longa ao bar!

Charles Antonio · Magé, RJ 6/8/2009 02:50
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

.visão externa do bar em uma noite zoom
.visão externa do bar em uma noite "vazia".
.a política da casa. zoom
.a política da casa.
.zeca e seu filho em plena atividade no balcão do bar. zoom
.zeca e seu filho em plena atividade no balcão do bar.
.os petiscos, praticamente ignorados pelos pinguços. zoom
.os petiscos, praticamente ignorados pelos pinguços.
.decoração do banheiro feminino - respeite, obrigado. zoom
.decoração do banheiro feminino - respeite, obrigado.
.memória - o jovem zeca e seu pai. zoom
.memória - o jovem zeca e seu pai.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados