Bem leve... apetitoso

João Vicente Kurtz
Boka funciona de segunda a segunda, a partir das 18h
1
Guilherme Mergen · Passo Fundo, RS
25/10/2007 · 78 · 2
 


Imagine um local onde a noite inicia e, na maioria das vezes, depois de um intervalo em outro estabelecimento, também termina. Um bar que começa a funcionar no final da tarde e só encerra o expediente na manhã do outro dia. Um restaurante onde o prato mais famoso é a maionese – sim, maionese aquela para acompanhar lanches. E o mais curioso: sua receita é guardada a quatro chaves há mais de 20 anos.

Referência em bar e ponto de encontro entre amigos, famílias e namorados, o Boka Lanches, em Passo Fundo, é assim. E todos os dias a casa está cheia. Os moradores de municípios da região inclusive o acrescentam no roteiro de viagem ao município. Tudo para experimentar a tal maionese, seja ela com o também famoso xis, com ou pizza ou filé a xadrez com queijo.

O reconhecimento do bar é tanto que a rua onde está localizado, a Independência, no centro, tornou-se a mais movimentada da cidade durante a noite. Separada por um canteiro, as duas vias – de sentido único – estão engarrafadas facilmente. Como a sua fachada é toda de vidro, todos trafegam em frente na tentativa de enxergar quem está lá. A maioria dos jovens e até o pessoal mais velho costuma freqüentar o Boka antes da festa, com ponto para reunir os amigos, jantar e beber algo, e depois seguir até a casa noturna. Mas a noite não termina sem passar novamente pelo bar, para tomar a famosa sopa nas madrugadas.

Com um ambiente quase em meia luz – a intensidade pode ser controlada -, o lugar tem capacidade para receber mais de 300 pessoas ao mesmo tempo, em 70 mesas. Mais de 20 garçons revezam-se no atendimento, enquanto as seis cozinheiras preparam pratos como o filé com queijo (pedaçinhos de carne com queiro derretido em cima), a pizza xadrez (pizza cortada em mais de 20 pedaços para serem comidos com o uso apenas de garfo e faca, sem prato), filé à milanesa em bolinhas, além de outros 60 itens que completam o cardápio. Aliás, esse cardápio já foi inclusive aprovado pelos escritores presentes nas Jornadas Literárias. Após a programação oficial, muitos passam horas no Boka – alguns só saem pela manhã.

O restaurante existe há cerca de 25 anos. Tudo surgiu em um outro prédio, em frente ao atual. Pequeno, esse primeiro espaço ainda funciona e recebe o apelido de “Bokinha”. Enquanto a maioria dos freqüentadores assíduos prefere o Boka, os jovens do lado underground da cidade, na maioria estudantes de comunicação, costumam passar a madrugada no Bokinha, na companhia da cerveja e do cigarro. Apesar dos ambientes distintos, a comida é preparada na mesma cozinha.

Quem se interessou pela dica, precisa vir a Passo Fundo e dar uma passada por lá. Apesar de inúmeras propostas feitas ao proprietário para abrir franquias em outras cidades, ele insiste em manter o bar somente no município. Alguns apontam esse posicionamento como estratégico. Mas, comentários à parte, felizes de nós moradores de Passo Fundo que temos o nosso Boka.

onde fica
Na rua Independência, no centro de Passo Fundo, interior do Rio Grande do Sul.
por que ir
Para experimentar os inúmeros pratos deliciosos, todos acompanhados com a famosa maionese caseira, cuja receita é segredo.
quando ir
De segunda a segunda, a partir das 18h.
quem vai
Quem estiver a fim de conversar com amigos, familiares. E claro estiver a fim de provar as comidas, ou a sopa depois de uma festa.
quanto custa
Depende do prato. A entrada no bar é gratuita.
contato
(54) 3311 0010

comentários feed

+ comentar
JulioCPerez
 

Guilherme, escrevi um romance ambientado em Passo Fundo, falando desses lugares dos quais estás aí a divulgar. Se tiveres interesse em ver entra em contado comigo que a gente pode conversar sobre. Acho bárbaro esse troço da gente cantar a própria aldeia.
Parabéns pela iniciativa e pela matéria.

JulioCPerez · Passo Fundo, RS 24/10/2007 23:24
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Menino,
fiquei com a boca cheia d'água, morrendo de vontade conferir.
A foto também deu a idéia de quanto aconchegante deve ser este lugar!
Votado.

Roberta Tum · Palmas, TO 25/10/2007 18:25
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados