Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Campanha Livro Aberto

1
Ilhandarilha · Vitória, ES
2/2/2009 · 98 · 12
 

Para ampliar o acervo de livros das bibliotecas das prisões do Espírito Santo, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio do programa educacional ‘Portas Abertas para a Educação’ está promovendo a campanha permanente de doação Livro Aberto.

Segundo a coordenadora do programa, Telma Regina, “as bibliotecas das unidades prisionais têm o objetivo de estimular a leitura e democratizar o acesso aos livros, além de servirem de apoio aos internos que estudam nas unidades prisionais”.

Os interessados em participar podem doar livros novos ou usados de diferentes gêneros: romance, auto-ajuda, poesia, aventura, suspense, religião, contos e similares.

As doações podem ser entregues no Balcão da Cidadania, localizado no térreo do edifício Fábio Ruschi, na Av. Governador Bley nº 236, Centro, Vitória. Para esclarecer qualquer dúvida em relação ao destino dos livros o doador pode contatar a equipe do programa educacional. Quem não puder levar até lá, porém, pode entrar em contato que a equipe se encarrega de buscar no local.


O programa ‘Portas Abertas para a Educação’ é uma parceria entre a Sejus e Secretaria de Estado da Educação (Sedu), e oferece aulas do ensino regular desde a alfabetização até o Ensino Médio, em 10 unidades prisionais do Estado.

Durante o ano de 2008, aproximadamente 780 internos frequentaram as salas de aula no estado, orientados por 53 professores. O número é muito pequeno se considerarmos que a população carcerária no estado ultrapassa 6 mil (dados de 2004) pessoas. Aumentar o número de alunos no programa é uma tarefa que a Sejus está se proponto. Cada um de nós, porém, pode fazer sua parte participando de campanhas de doação como essa.

onde fica
Bibliotecas prisionais do Estado.
As doações podem ser entregues no Balcão da Cidadania
no térreo do edifício Fábio Ruschi, na Av. Governador Bley nº 236, Centro, Vitória
Quem tiver uma quantidade maior de livros pode ligar que a equipe se encarrega de buscar no local.
por que ir
A educação e a cultura são a porta mais próxima e segura para a liberdade e a não violência.
quando ir
Doações de 9h às 17h
website
http://www.sejus.es.gov.br
contato
(27) 3132-1847
programaeducacional@sejus.es.gov.br.

comentários feed

+ comentar
Spírito Santo
 

Ilha,
Tenho em casa um quarto inteiro cheio dos livros que comprei na vida. Ultimamente, já com uma biblioteca maior ainda já digitalizada no meu HD, nos pen drives, nos picasa e nos porta arquivos do yahoo da vida, ando pensando, seriamente no que fazer com eles (espaço, traças, poeira e remorsos). Tem vários que não lerei nunca mais na vida e que poderia doar sim, mas, como faria para remetê-los sem custo? tem uma idéia.

Bjs

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 31/1/2009 20:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Opa! que coisa boa! Acho que vc deveria entrar em contato com a Telma, coordenadora do programa (o tel e o e-mail estão no guia) e ver se dá pra viabilizar essa doação.
Valeu!

Ilhandarilha · Vitória, ES 31/1/2009 20:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Spírito Santo
 

Tá falado.
O pessoal daqui de casa vai adorar amudança de endereços das traças.

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 31/1/2009 21:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ana_e_Lauro_Alagoas
 

Parabéns Cláudia!
A mente ocupada, não vira oficina do diabo.
Belíssima postagem!
Abraços, beijos...
Ana e Lauro.

Ana_e_Lauro_Alagoas · Maceió, AL 1/2/2009 17:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Stella Tuttolomondo
 

Claudia, faço votos que esta ideia cresca e se multiplique. É um porjeto realmente muito bacana. Abraço!

Stella Tuttolomondo · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2009 19:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Spírito Santo
 

Ilha,

Acessei o pessoal.

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2009 20:04
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

E ai? Dá pra doar ai no Rio?

Ilhandarilha · Vitória, ES 1/2/2009 21:01
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Fiz a pergunta ao Spírito, que me respondeu em mensagem. Então reproduzo a resposta aqui:
A coordenadora do projeto sugeriu que Spírito procurasse no Rio as unidades prisionais que fazem trabalho similar, uma vez que a Sejus não tem meios de buscar a doação em outros estados. Repasso a sugestão para overmanos de outros estados: procurem ai o órgão responsável pela educação e ressocialização de presos para fazer a doação. Se não houver nenhum projeto, aproveitem para cobrar deles, pois o direito à educação está garantido em Lei e as oportunidades de reintegração de aprisionados devem ser garantidas pelo estado.
Educação e cultura são a melhor e mais segura porta para a liberdade e a paz.

Ilhandarilha · Vitória, ES 2/2/2009 20:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Tetê Oliveira
 

Ilha, excelente post. Não tenho muitas informações, mas lembro de já ter visto reportagens na tV, inclusive, sobre iniciativas pontuais em delegacias de Nova Iguaçu e Caxias, aqui na Baixada Fluminense. Acho que por iniciativa dos próprios delegados e suas equipes. Acho excelente essa proposta.
Beijos e parabéns à Telma e todo o pessoal do projeto desenvolvido aí.
Beijos.

Tetê Oliveira · Nova Iguaçu, RJ 2/2/2009 21:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
delen
 

Parabéns pelo postado , um projeto muito importante e de grande aproveitamento para muitas pessoas . Abraços...

delen · Cotia, SP 2/2/2009 21:48
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Delen, valeu. Também acho.

Tetê, bom seria que todo o sistema penitenciário tivesse garantido isso, como reza a Lei de Execuções Penais e a Constituição. Mas acredito que iniciativas isoladas são o início de algo maior e mais forte rumo à resolução do problema que hoje as cadeias são: elas mais geram bandidos (ao colocar todo infrator no mesmo balaio de gatos dos presídios) do que recupera, o que também seria a função da pena de prisão, segundo nossa legislação.

Ilhandarilha · Vitória, ES 4/2/2009 17:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
elindsant
 

Eu gostaria de saber como escrever no espaço de poema, sem ter que obedecer o teclado, que obriga a gente mudar de linha quando ele quer, e não quando agente quer; Como escrever um acróstico? eu escrevi " O homem do saco " mas não ficou do jeito que eu queria, queria corrigir. obs Eu sou novato em computador, não entendo quase nada, talvez estou pedindo ajuda até no lugar errado. se alguem puder me ajudar. elindsant.

elindsant · São Paulo, SP 6/3/2011 20:07
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados