Ilha do Fogo

Luís Osete
1
Luís Osete · Juazeiro, BA
14/4/2008 · 109 · 8
 

Cercada de água e mistérios por todos os lados, a Ilha do Fogo é a maior testemunha do que Caetano Veloso, numa célebre passagem pela região, identificou como a “sombra do ciúme” que paira sobre Juazeiro-BA e Petrolina-PE.

Divisa natural entre os estados de Pernambuco e Bahia, a ilha possui uma área praiana de terreno acidentado, formado por uma rocha única, elevando-se ao poente em morro de aproximadamente 20 metros de altura, onde fica um cruzeiro que durante muito tempo serviu de orientação aos navegantes.

No limiar da correnteza que trouxe os intrépidos navegantes, o "oculto do mistério", vindo de Minas, se escondeu no terreno acidentado da ilha. Uma antiga lenda assegura que existe na ponta da Ilha do Fogo uma grande serpente amarrada em três fios de cabelos de Nossa Senhora das Grotas (Padroeira de Juazeiro). No dia em que a serpente se libertar, diz a lenda, as cidades de Juazeiro e Petrolina serão inundadas.

Nos livros sobre lendas do Velho Chico não faltam depoimentos de pessoas que afirmam piamente terem se deparado com a tal Serpente D’água. Com relação à origem do nome da ilha, Lúcio Emanuel, profundo conhecedor das tradições ribeirinhas, afirmou que nas noites de trevas densas um brilhante foco iluminava o pico da ilha formada de uma gigantesca saliência de granito, daí o nome Ilha do Fogo.

Com o passar dos anos e das águas, as lendas em torno da ilha foram se estreitando com uma intensidade similar ao próprio estreitamento físico. Na ausência de serviços de proteção aos efeitos da erosão fluvial, a Ilha do Fogo, que tinha por volta de 54 mil metros quadrados, hoje tem no máximo 32 mil.

Francisco de Assis Bernardino, popularmente conhecido como Assis da Ilha do Fogo, foi testemunha deste processo. Desde que chegou à região, no final do ano de 1992, ele vive na ilha com a família. “No início de 1993, teve uma grande enchente por aqui, houve remoção de areia e erosão. Do lado de Juazeiro, o pessoal colocou sacos de areia para a água não invadir a cidade”, afirma Assis, que investiu o dinheiro que trouxe na construção do Terminal Turístico da Ilha do Fogo.

Com o início da duplicação da ponte Presidente Dutra, o movimento no Terminal Turístico diminui bastante. Um lugar que antes recebia por volta de 2500 pessoas por semana, hoje tem recebido no máximo 500 pessoas. “Atualmente, a gente divide a ilha com os consórcios que estão duplicando a ponte”, explica Assis, desolado. E, em seguida, complementa: “Eu estou aqui guardando a posse de todo o patrimônio, que não é só material. Eu amo a Ilha do Fogo!”.

“Sim, mas e quanto à serpente: existe mesmo?”, pergunto. Assis, sorrindo, aponta para o Casarão, onde 32 funcionários edificaram um restaurante com pista de dança e camarote: “Se a serpente estiver lá dentro está meio difícil de se soltar. Tem mil metros quadrados de concreto em cima dela”.

onde fica
Na divisa de Pernambuco e Bahia. Ou, o que dá no mesmo, entre Juazeiro-BA e Petrolina-PE.
por que ir
Para apreciar uma das vistas mais privilegiadas do Rio São Francisco. A Ilha do Fogo é um ponto de fuga diante da dureza do concreto que reveste a ponte e do calor inefável que acompanha as cidades em boa parte do ano.
quando ir
A Ilha do Fogo é aberta o tempo inteiro. No entanto, o horário mais indicado é do nascer ao pôr do sol. Por sinal, o pôr do sol do Terminal Turístico é um espetáculo.
quem vai
A Ilha do Fogo é freqüentada, em sua grande maioria, pela juventude das cidades de Juazeiro e Petrolina. O Terminal Turístico, entretanto, sempre recebe caravanas de outras localidades, de passagem pela ponte Presidente Dutra.
quanto custa
A Ilha é aberta ao público. O restaurante do Terminal Turístico Ilha do Fogo oferece um cardápio regional com pratos para duas pessoas que oscilam entre 15 e 26 reais.
contato
Terminal Turístico: (74) 3613 9323

comentários feed

+ comentar
clara arruda
 

Vendo tanta beleza custo a acreditar que a seca impere em outros lugares do sertão.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 13/4/2008 13:57
sua opinião: subir
Luís Osete
 

Clara,
A seca também faz parte da paisagem de Juazeiro, em boa parte do ano. E, assim como em Juazeiro, existem outros lugares no sertão que são lindos...
Só tem uma coisa: dificilmente são veiculados.
Abraços...

Luís Osete · Juazeiro, BA 14/4/2008 00:19
sua opinião: subir
Nadir Vilela Poetisa
 

Diante deste magnifico texto so posso dizer...votadissimo!!!lindo mesmo parabéns...passe no meu cantinho e comente sobre a MULHER BANDIDA... beijos no core...

Nadir Vilela Poetisa · Itatiaia, RJ 14/4/2008 01:09
sua opinião: subir
bruno brito
 

Não, poderia deixar de votar, só lendo o texto, me senti como se estivesse la. Muito lindo!!! um GRANDE BJ.

bruno brito · Cardeal da Silva, BA 14/4/2008 09:28
sua opinião: subir
Rita Reis
 

Parabéns,voce é realmente notavel, seu texto, nos transporta para uma verdadeira viagem na história, de uma forma encantadora!!! surpreendente, maravilhoso!!!

Rita Reis · Cardeal da Silva, BA 14/4/2008 09:45
sua opinião: subir
Guilherme Mattoso
 

demais o texto e a dica! parabéns!

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 14/4/2008 11:55
sua opinião: subir
rozangela ribeiro
 

Osete,
Que belo texto! Breve visitarei esse pedacinho do paraíso.
Parabéns !!!
Um forte abraço!

rozangela ribeiro · Entre Rios, BA 3/5/2010 16:08
sua opinião: subir
Quercia Oliveira
 

informação com poesia...
como sempre, belo texto, Osete!!

Quercia Oliveira · Juazeiro, BA 10/4/2012 15:40
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Cruzeiro da Ilha do Fogo zoom
Cruzeiro da Ilha do Fogo
Parte da Ilha zoom
Parte da Ilha
O Outro lado zoom
O Outro lado
Terminal Turístico zoom
Terminal Turístico
Restaurante zoom
Restaurante
A Ponte vista do Terminal Turístico zoom
A Ponte vista do Terminal Turístico

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados