Mercado de São José é único.

Imagem do acervo da Fundação Joaquim Nabuco
Mercado de São José
1
Osvaldo · Olinda, PE
12/3/2007 · 173 · 12
 

Em Paris Louis Léger Vauthier se prepara para mais uma encomenda do Governo da província de Pernambuco, o Mercado de São José. É em 1971, inspirado pelo Mercado de Grenelle, que ele projeta para o atual governador, Henrique Pereira de Lucena, conhecido como o Barão Lucena, essa nova estrutura toda feita de ferro trazido da Inglaterra, Portugal e França.

Vauthier já é bem conhecido dos pernambucanos. Chegou aqui em 1839, aos 24 anos, com um diploma da Escola Politécnica de Paris de engenheiro de pontes e calçadas, trazido pelo atual presidente da província Francisco do Rego Barros, o Conde da Boa vista. Participou de forma ativa de vários projetos como o Teatro Santa Isabel e construção e reconstrução de edifícios e estradas. Vauthier passou mais 6 anos e voltou a Paris por causa da deposição do Conde, em 1846.

O Conde da Boa vista queria realmente transformar Pernambuco numa Paris. Tinha decidido modernizar e higienizar Recife, trazendo muitos engenheiros, matemáticos, construtores de pontes, edifícios públicos, obras hidráulicas e topográficas da Europa. A cidade ganhava vida e um progresso nunca antes visto. A província de Pernambuco despontara como uma das mais importantes do Império Português. Em 1865, foi designado presidente da Província do Rio grande do Sul, acumulando as funções de comandante das Armas, estando aquela província já envolvida na Guerra do Paraguai.

A obra do Mercado de São José começa em 1872 e vai até 7 de setembro de 1875, sendo inaugurado por João Pedro Carvalho de Morais, o atual presidente da província, no local que era o antigo Largo da Ribeira do Peixe. Conserva até hoje detalhes da arquitetura neoclássica dos mercados europeus do século XIX. É o único mercado desse tipo que ainda existe no Brasil. Ocupa uma área de 3,500 metros quadrados, medindo 48,88m de frente e 75,44m de comprimento. É um importante centro de abastecimento do centro de Recife e um ponto de atração turística do estado de Pernambuco.

onde fica
Praça Dom Vital, s/n° - São José
Bairro de São José
quando ir
de 2ª a sáb., das 6hs às 17hs; dom. das 6hs às 12hs
quanto custa
Entrada franca
website
http://www.fundaj.gov.br

comentários feed

+ comentar
Viktor Chagas
 

Oi, Osvaldo. Grande dica! (Eu ainda acho que valia uma matéria no Overblog também!) :)

Viktor Chagas · Rio de Janeiro, RJ 10/3/2007 22:36
sua opinião: subir
Osvaldo
 

Vou ver como posso fazer isso para overblog sem sugir do objetivo do mesmo.
Valeu a dica, Viktor!

Osvaldo · Olinda, PE 10/3/2007 22:44
sua opinião: subir
Saulo Frauches
 

As fotos das bonecas de panos e das negas malucas estão ótimas!

Saulo Frauches · Rio de Janeiro, RJ 11/3/2007 14:49
sua opinião: subir
Osvaldo
 

Sniff... O objetivo era todas. Rsss... Mas valeu, Saulão!!!

Osvaldo · Olinda, PE 11/3/2007 23:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
toinho.castro
 

há um pequeno erro na seguinte frase: É em 1971, inspirado pelo Mercado de Grenelle...
certamente trata-se de 1871. talvez ainda possa ser corrigido.

no mais, um bela dica de um lugar maravilhoso.
sou de recife e estou no rio há dez anos. sinto falta.

toinho.castro · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 12:41
sua opinião: subir
Saulo Frauches
 

Oi Osvaldo! Agora que percebi como meu comentário pôde ser mal interpretado hehehe. Me expressei mal mesmo. De forma alguma dexei de curtir todas as suas fotos - mas é que as duas citadas me tocaram mais.

Dica muito bacana!

Saulo Frauches · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 14:32
sua opinião: subir
Osvaldo
 

Toinho, você está certo. Falha nossa! Se alguem do over puder mudar isso...

Valeu, Saulão. Não levei tão a serio.. Abraços!!!

Osvaldo · Olinda, PE 13/3/2007 18:02
sua opinião: subir
toinho.castro
 

entra lá no fórum de ajudae diz exatamente o que você precisa mudar. a princípio não prejudica porque você logo entende, mas quem não sabe nada sobre o assunto pode se confundir.

abraço, meu amigo.

toinho.castro · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 22:19
sua opinião: subir
Guilherme Mattoso
 

ótimo texto, osvaldo! só acho que deveria ter mais fotos dos ambientes do mercado, assim como a fachada dele atualmente.

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 26/3/2007 09:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Osvaldo
 

Toinho, valeu, mas não foi possível (segundo o pessoal do overmundo).

Mattoso, também senti o mesmo. O problema foi a "violência". Eu não quis me arriscar expondo a câmera. Desculpa!!!

Osvaldo · Olinda, PE 26/3/2007 12:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Dora Nascimento
 

Osvaldo eu concordo com o Mattoso, aliás, acho que foi a única coisa que faltou, uma foto da fachada atualmente - e em cores, porque o Mercado de São José é muita cor e uma alegria interagindo com o espaço e a balbúrdia do lugar - no mais tá tudo lindo. E a foto preto e branco também não fica atrás, se não fosse tão antiga.
Abraço

Dora Nascimento · Olinda, PE 26/3/2007 17:06
sua opinião: subir
Osvaldo
 

Ok, Dora!! Obrigado!

Osvaldo · Olinda, PE 27/3/2007 03:47
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados