Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Museu Do Cangaço

1
Tati Magalhães · Maceió, AL
4/3/2006 · 41 · 1
 

Lampião é uma figura mítica. Dezenas de espaços se dedicam a apresentar aos curiosos um pouco de sua controversa história. Em Maceió não poderia ser diferente. Alguns turistas entram no Cheiro da Terra, espaço de artesanato localizado no bairro da Jatiúca, e se surpreendem com uma casa de taipa centenária. É o Museu do Cangaço, que reúne fotos originais do bando de Virgulino Ferreira, além de réplicas das cabeças tão caçadas em todo o Nordeste. Tem aquele lance turístico também: o visitante pode se vestir de cangaceiro e levar a foto para casa. Mas o melhor, além das fotos, é conversar com D. Danusa. A mulher, vestida com trajes típicos, despeja tudo o que sabe sobre o mito. Quem ainda tem dúvidas sobre a história do cangaço nordestino, é a hora de tirá-las. Ela mesma faz questão de frisar que “o mundo inteiro passa por ali” e que “já leu mais de 27 livros sobre o assunto”

Todos os anos a organização do museu realiza um evento no aniversário de morte do bando, no dia 28 de julho. É um dos museus mais visitados de Maceió.

onde fica
Espaço Cultural Cheiro da Terra, Praia da Jatiúca.
por que ir
O visitante pode ter contato com parte da história do Brasil, quando as injustiças eram resolvidas na bala e os bandos de cangaceiros faziam justiça com as próprias mãos. Além de conhecer a história do cangaço da boca da simpática D. Danuza.
quando ir
Seu funcionamento é de 10h da manha às 22 horas, mas D. Danusa está por lá a partir das 16h.

comentários feed

+ comentar
Tati Magalhães
 

Esclarecendo: o Museu, junto com toda a estrutura do Cheiro da Terra, pegou fogo. A indicação havia sido redigida antes disso...

Tati Magalhães · Maceió, AL 23/3/2006 12:21
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados