Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Museu Xucurus

Marcelo Cabral
Vestimentas do toré
1
Marcelo Cabral · Maceió, AL
25/9/2007 · 100 · 4
 

O que a princípio parece ser um museu da cultura indígena, presente e viva na terra dos Xucurus, revela-se um surpreendente passeio por curiosidades históricas das mais diversas e inesperadas.

A começar pelo próprio prédio do museu, uma antiga igreja construída pelos escravos em 1805 e que hoje abriga alguns dos cruéis instrumentos de tortura usados contra seus construtores, como o bizarro sino de ”fujão e ladrão”, colocado no pescoço da vítima, entre outras peças originais, ferramentas de terror usadas pelos colonizadores.

Subindo as escadas da velha igreja, encontram-se armas indígenas e vestimentas da dança ritual do toré, que tem um visual bem impactante, além de tumbas de cerâmica com ossadas humanas dentro, chamadas de igaçabas.

Uma das peças que mais chama a atenção é o pequeno quarto em miniatura, que pertenceu ao menor homem do mundo, media 94 centímetros e viveu apenas 24 anos. Os recortes de jornal na parede mostram um repórter com o pequeno homem em pé na palma da mão.

Há também diversos fósseis encontrados na região, instrumentos e ferramentas antigas como tesouras e cachimbos, entre outros pequenos pedaços de história que formam um mosaico fabuloso. Vale à pena conhecer.

onde fica
Praça do Rosário, Palmeira dos Índios. 136 km de Maceió.
por que ir
Para conhecer o curioso acervo do museu, e a Palmeira dos Índios dos Xucurus, dos poetas e dos escritores.
quando ir
Segunda a sexta: 8:00 – 18:00
Sábados: 8:00 - 17:00
quanto custa
Contribuição de um real.
contato
(82) 3421-2083

comentários feed

+ comentar
Guilherme Mattoso
 

legal a dica, marcelo! as fotos tão lindas.

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 24/9/2007 08:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Helena Aragão
 

Impressionante mesmo. Essa história do sino é de lascar...

Helena Aragão · Rio de Janeiro, RJ 25/9/2007 16:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Elmo Fanhani
 

Muito bom mesmo, precisamos sempre deste incentivo ao reconhecimento das raízes indígenas brasileiras. Policarpo Quaresma adoraria ver isso.

Elmo Fanhani · Curitiba, PR 26/9/2007 08:04
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Nilton Bonassa
 

Olá. Estou buscando telefones de contato de xucurus que forneçam cachimbos de angico e cuias para maracá. Se alguém souber e puder me ajudar... nill_bonassa@yahoo.com.br

Nilton Bonassa · Alto Paraíso de Goiás, GO 17/11/2014 17:29
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Fachada do museu zoom
Fachada do museu
igaçaba zoom
igaçaba
Menor homem do mundo zoom
Menor homem do mundo
zoom
"Fujão e ladrão"
zoom

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados