O jardim suspenso do Valongo

Viktor Chagas e Gabriel Varela
O "jardim secreto"
1
Viktor Chagas · Rio de Janeiro, RJ
17/6/2007 · 114 · 4
 

Quando chegamos na Saúde pela primeira vez, nossa idéia era procurar o cemitério de escravos do Valongo. Quase meio sem querer, subimos a escadaria que desemboca na Rua Camerino. Lá em cima, sete metros acima do nível da rua, surpreendemo-nos com um jardim. Um jardim suspenso assim completamente babilônico.

Impressionados com o poder da história e com a atmosfera do lugar, dois ou três de nós começamos a nos sentir um pouco mal. Mas a impressão se desfez – ou se refez – quando encontramos Diego, um jovem que nos apresentou dignamente o Morro da Conceição, subindo pelo Observatório da UFRJ até a Rua João Homem.

O Jardim Suspenso do Morro do Valongo foi planejado pelo paisagista Luis Rei, em 1906, a partir do muro criado para conter o deslizamento da encosta. As escadarias são os degraus mais íngremes em que já pisei, e foram cenário de filme no Pixote ou no Quem matou Pixote? Logo ao lado do antigo Mercado de Escravos do Valongo, o “jardim secreto” de Pereira Passos hoje é encimado por um amontoado de casas e alguns cortiços.


---

Da mini-série Histórias da vida e da Saúde.

Decidi iniciar esse série depois de muito pensar se valia a pena. O caráter anedótico me faz recear que seu lugar não seja no Overmundo, mas resolvi compartilhar algumas histórias – fruto de uma breve pesquisa de campo da época da faculdade – com os amigos. O objetivo não é muito mostrar o que acontece pelas redondezas hoje, nem apontar esse ou aquele pontão turístico, mas mostrar pequenos pontinhos que dão outra idéia dum pedaço tão pouco conhecido do Rio.

O trabalho de campo, não me furto a lembrar, foi idéia do Gabriel Varela, dono da máquina e de algumas dessas fotos, quiçá. Eu queria ir à Paquetá e ele queria o Morro da Conceição. Foi lá que acabamos, e eu não tenho muito do que reclamar.

onde fica
Subindo as escadas pela Rua Camerino ou descendo a encosta por trás do Observatório Astronômico da UFRJ.
por que ir
Para o bem ou para o mal, para conhecer um oásis perdido.
quando ir
De manhã.
quem vai
Moradores. Alguns estudantes de fotografia.

Dizem os moradores que andar pelo Morro da Conceição sozinho é um pouco complicado, porque as vielas são estreitas e "você pode acabar dando na porta de um morador, sabe como é".
quanto custa
Uma manhã.

comentários feed

+ comentar
Tetê Oliveira
 

Segunda parada no meu tour pela minissérie...
Bem legal esse jardim, hein? E pensar que estive pertinho esses dias: pesquisando a história do Colégio Pedro II, que fica na Rua Mal. Floriano, esquina com Rua Camerino. :-)

Tetê Oliveira · Nova Iguaçu, RJ 13/6/2007 19:08
sua opinião: subir
linney
 

Muito interessante.Fiquei curiosa por ver.

linney · Canoas, RS 17/6/2007 16:20
sua opinião: subir
Ana Lucia
 

Otima idéia de "recuperar" essa parte da cidade. Como pode esse mercado, ter sido abandonado desse jeito. Vou colocar um link no meu blog.

Ana Lucia · Porto Alegre, RS 18/6/2007 09:18
sua opinião: subir
Guilherme Mattoso
 

cara, essa série é mto bacana! principalmente para nós que passamos por muitos desses pontos e nem imaginamos a história que eles guardam. parabéns mais uma vez.

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 18/6/2007 10:30
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

A escadaria mais íngreme zoom
A escadaria mais íngreme
O antigo Mercado de Escravos zoom
O antigo Mercado de Escravos
Um mapinha para os incautos localizarem a Saúde... zoom
Um mapinha para os incautos localizarem a Saúde...

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados