SAMBA DO GALOCANTÔ APORTA NO MORRO DONA MARTA

1
Alessandra Debs · Rio de Janeiro, RJ
28/6/2011 · 1 · 0
 

O concorrido Terreiro do Galo, do grupo Galocantô, evento que reúne desde 2006 centenas de pessoas em torno de uma roda de samba com convidados especiais, sobe o morro Dona Marta para apresentação na Quadra da Escola de Samba da Mocidade Unida do Santa Marta no dia 08 de julho, sexta, com Nelson Sargento como convidado especial.

A roda nasceu na Quadra da São Clemente, na Presidente Vargas, e já teve edições no Grajaú Tênis Clube e Associação Atlética Vila Isabel, entre outros, sempre com enorme público.

É no Terreiro do Galo que Marcelo Correia (voz e violão de 7 cordas), Pablo Amaral (voz e cavaco), Léo Costinha, Jorge André, Lula Matos e Edson Cortes (vozes e percussão) recebem os amigos para celebrar o autêntico samba carioca. A roda de samba ainda contará com a presença do músico e cantor Bruno Cunha.

Samba este que estará recheado com as canções de seus dois discos, Fina Batucada (2006) e Lirismo do Rio (2009), como Elo da Corrente (Edson Cortes, Wantuir e Niquinho Azevedo), Pra Lá de Legal (Arlindo Cruz e Sombrinha) Para Você Voltar (Arlindo Cruz, Neoci e Zeca Pagodinho) e Eminência Negra (Wilson das Neves e Luiz Carlos da Vila), do primeiro disco, e ainda Lirismo do Rio (Edson Cortez, Binho Sá e Alexandre Guichard), Alforria no Morro (Marcelo Correia, Edson Cortes e Fábio Rodrigues) e Arte do Povo (Paulo Franco, Mingo e Baiaco). Na companhia de Nelson Sargento vão desfilar os clássicos do mestre como Agoniza Mas Não Morre, Falso Amor Sincero, Encanto da Paisagem e Esta Melodia, o hino da Mangueira de Jamelão. Mas não faltarão os eternos clássicos de Noel Rosa a Zeca Pagodinho, além do improviso, marca do grupo.

O Galo – como chamam seus admiradores - nasceu na plena revitalização cultural da Lapa, no final dos anos 90, em meio a rodas de samba cada vez mais freqüentes influenciado por nomes do quilate de Candeia, Dona Ivone Lara e Fundo de Quintal. O grupo já embalou várias rodas de samba como no tradicional Quintal da Tia Elza, com o mestre Xangô da Mangueira; na Praça Mauro Duarte, onde recebeu Paulinho da Viola, numa canja inesperada. E assim, o Galo começou a cantar cada vez mais alto.

Com o primeiro CD, Fina Batucada, o Galocantô se estabeleceu como um dos principais grupos de samba da atualidade e foi indicado ao Prêmio Tim 2007, na categoria melhor grupo de samba. O álbum trouxe onze sambas de autoria dos integrantes do grupo entre as 18 músicas do disco e contou com participações de Beth Carvalho (na faixa Elo da Corrente), Arlindo Cruz (banjo e voz em Pra Lá de Legal/Para você voltar), Rildo Hora (gaita em Sempre Marcou) e Diogo Nogueira (em Eminência Negra), além da Velha Guarda do Império Serrano em Apesar do Tempo.

O segundo disco, Lirismo do Rio, indicado ao Prêmio da Música 2010 também na categoria melhor grupo de samba, reafirma o trabalho autoral do grupo e traz ainda sambas de compositores consagrados como o Trio Calafrio, Zé Luiz, Toninho Gerais, Nei Lopes e o mestre Wilson Moreira.

Para Beth Carvalho, “o Galocantô é um dos melhores conjuntos de samba da atualidade. Não basta só cantar o samba, tem que ter a filosofia, viver no samba, e esses meninos vivem...”. Já Rildo Hora assim os define: “esses batuqueiros são muito bons, ventos favoráveis estão norteando sua carreira. Cantando um bom repertório, apoiados por uma batucada segura e boas harmonias, o Galocantô é uma novidade que já deixou de ser promessa”.



Além do Terreiro do Galo e de apresentações nas principais casas do Rio de Janeiro como Circo Voador, Fundição Progresso, Carioca da Gema, Rio Scenarium, Trapiche Gamboa, Estrela da Lapa, entre outras, o Galocantô promove também eventos como a Festa do Galo (em sua sétima edição anual).

onde fica
Quadra da Escola de Samba da Mocidade Unida do Santa Marta
por que ir
Muita roda de samba e animação
quando ir
08 de julho, sexta-feira
quem vai
Até o Nelson Sargento
quanto custa
R$ 20,00 mulheres e R$ 25,00 homens

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados