Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

SÃO JOÃO BATISTA, A TERRA DOS CALÇADOS

Divulgação / Todos os direitos reservados.
Amostra da produção calçadista de São João Batista
1
Labes, Marcelo · Blumenau, SC
4/6/2007 · 105 · 2
 

São João Batista é pequena, se formos olhar, por cima, os seus 17 mil habitantes. Mas tem força: são 150 fábricas do setor calçadista que compõem a força industrial do município, transformando-o no maior pólo calçadista de Santa Catarina, o quarto do país. E onde há produção em grande número, pode se esperar venda em grande número e num preço acessível. Pois bem.

Antes de falar de compras, vamos falar de produção. Das 150 fábricas, muitas seguem a linha de autonomia proposta aqui em Blumenau para a área têxtil. Acontece da seguinte forma: existem as grandes marcas que compram produtos sob encomenda nas fábricas do interior e há as pequenas fábricas que, autônomas no que diz respeito à criação, vendem seus produtos para as grandes marcas. Em São João Batista acontece da mesma forma. Desde 2005 o pólo calçadista de São João Batista mantém a oficina de criação e design em parceria com o Sebrae para que as fábricas possam desenvolver seus próprios produtos. Levando em conta o que acontece com a Nike e suas terceirizações terceiro-mundistas, pode ser um bom negócio para uma empresa desenvolver seu próprio produto e lucrar totalmente sobre sua venda.

À beira da SC-411, centros de compras oferecem uma variedade de calçados com preços entre 15% e 20% mais baixos do que em lojas de calçados de outras cidades. E os mais baratos são os fabricados na região como Ana Paula, Cor da Flor, Parô e Aye Aye. Já as linhas de exportação, custam caro também para quem compra em casa.

São João Batista exporta tanto para países da Europa e para os EUA como para demais países latino-americanos, como Panamá, Costa Rica, Guatemala, Colômbia, Porto Rico e Chile.

Garantia de qualidade e preço bom para compras tanto para o comprador de varejo como para o lojista que quer comprar bem e barato no atacado.

onde fica
Ao longo da SC 411, na altura de São João Batista. A SC 411 sai de Blumenau em direção a Brusque e São João, ao norte e sai de Tijucas ao Sul. Via BR 101, ou se entra em Brusque ou em Tijucas para pegar a SC 411.
por que ir
Para privilegiar a produção brasileira, para obter preços garantidamente mais baixos e comprar produtos de qualidade.
quando ir
Durante todo o ano, já que a moda calçadista acompanha tendências de estação. Mas existe uma época especial: em janeiro e fevereiro milhares de pessoas visitam a FECCAT (Feira do Calçado Catarinense) em busca de privilégios de compra.
quem vai
Turistas que passam por Santa Catarina e lojistas que procuram pontos de venda no atacado.
website
www.sjbatista.sc.gov.br

comentários feed

+ comentar
Guilherme Mattoso
 

preço bom e qualidade! gosto muito dessas palavras! valeu pela dica.

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 6/6/2007 09:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
anarquia punksex
 

opa!! desculpe pela correção.. mas a foto mostrada refere-se à uma empresa de Três Coroas-RS.. a Di Cristalli.. portanto, não foram fabricados em São João Batista-SC como se refere a nota sob a foto.
Mas concordo plenamente quando referem-se a São João Batista como referencial calçadista. É um grande polo industrial, assim como as demais cidades que produzem calçados de ótima qualidade no RS..
Abraços!

anarquia punksex · São João Batista, SC 6/6/2009 14:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados