Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

1º Aniversário do Portal do Sertão www.fnt.org.br

felicitações pelo aniversário da FNT
1
Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI
3/6/2007 · 310 · 26
 

Em vista do aniversário da Fundação Nogueira Tapety -FNT recebi um e-mail do teatrólogo Benjamim Santos com o texto abaixo anexado. Em tempo: sou assessor de imprensa da supra dita Fundação.

Parabéns à FNT
Benjamim Santos*

Criada discretamente, em 2005, a Fundação Nogueira Tapety aponta, entre seus muitos objetivos, uma série de linhas, dessas que a gente já se acostumou a ver em tantas organizações recém-criadas: resguardar a memória de sua gente, buscar origens, promover estudo e pesquisa e, sobretudo, defender o patrimônio ambiental, artístico, histórico, turístico... Também já nos acostumamos a que, em tantas dessas organizações, tudo isso não passe de palavras escritas, idéias encantatórias, que não saem do papel. Mas não foi assim com a FNT, essa fundação que veio para ressaltar a poética de Nogueira Tapety e que, ao longo de apenas um ano, desanuviou-se do senso de discrição e, através deste saite, fez de Oeiras um dos mais importantes núcleos de idéias do Piauí de hoje.
Oeiras me encantou, me fascinou e seduziu desde o instante em que, pela primeira vez, dei com seus montes e sua alvíssima Nossa Senhora da Vitória, Padroeira do Piauí, mas que o Piauí insiste em fazer de conta que não sabe. Entrar em Oeiras, numa certa manhã de dezembro, quando as primeiras chuvas já haviam tornado verdes os montes, entrar em Oeiras deu-me o mesmo alumbramento que tomou conta de mim, há muitos anos, quando, pela primeira vez, cheguei a Ouro Preto. E então, em Oeiras, no mesmo instante, me veio a memória de Ouro Preto. Sem a exuberância do ouro e sem a glória flamejante do barroco mineiro, Oeiras é a Ouro Preto dos pobres; uma Vila Rica sertaneja e cabocla que, como a velha cidade das Minas, é bela por sua posição entre montes e também por sua igreja tão fielmente mantida no traço e no decor, por seu casario, suas janelas fechadas, seu cheiro de História carregada de personagens, seus fantasmas noturnos, visíveis para quem sabe vê-los e, sobretudo, marcada pelo linguajar nobre de O. G. Rego de Carvalho.
Oeiras, o primeiro ponto de teto dos desbravadores do Piauí, repousava em silêncio, há anos e anos, envolvida pela névoa dos turíbulos e alumiada pelo clarão bruxuleante dos círios. Mas em tal repouso, amadureceu. Agora, sem apagar círios, nem turíbulos, Oeiras deu, nos últimos tempos, de tomar conta dos veículos de notícia do Estado por seus eventos religiosos e culturais e, essencialmente, pela força do saite da Fundação Nogueira Tapety.
Através deste saite, que dia 2 de junho completa um ano de valiosa atividade, Oeiras plugou-se no Piauí inteiro e abriu-se para o mundo. Antenadíssima, a FNT faz notícia, é notícia e, sobretudo, derrama por onde pode suas ondas de informação e de opinião. Os objetivos da Fundação alcançam no saite quase a totalidade de realizações: a busca de documentos, fotografias, recuperação de memória esmaecida, defesa do patrimônio... E se a totalidade não é alcançada é porque são tantas as buscas e tantos os pontos de mergulho que o aparecimento de uma pepita leva logo a nova busca, outra descoberta e nova informação. Por isso, ao mesmo tempo, e com a mesma impetuosidade, a FNT empenha-se em mover deus-e-o-mundo para conseguir o tombamento e a restauração da Fábrica de Laticínios e se desdobra em fazer com que o povo piauiense aprenda a conhecer sua terra e, com sabedoria, defenda a preservação da Serra Vermelha. Com um correto e poderoso sistema de correio eletrônico, a Fundação faz com que suas opiniões tomem destinos certos atingindo os mais poderosos setores e influindo sobre eles. Várias vezes, suas descobertas ou análises foram parar nos jornais da capital, já com cheiro de notícia requentada. Tudo porque o saite da FNT tanto é bem informado quanto reconhecido, reverenciado e aceito na tal mídia e nos altos níveis da inteligência piauiense. Nenhum outro saite e nenhum jornal do Estado possuem um núcleo de escritores com a variedade e a envergadura do saite da FNT.
Aqui, na Parnaíba, de onde escrevo, cidade lavada por ventos praieiros, pouco ou quase nada sabia-se de Oeiras. Nem mesmo tinha-se a percepção concreta de que houvesse sertão no Piauí. Hoje, Oeiras é sempre visível, por ser notícia obrigatória nos jornais da capital e, especialmente, pela atuação e a inteligência do saite da Fundação Nogueira Tapety. Pra mim, é nobreza participar do corpo de escritores deste saite como tenho orgulho do rio que passa pela minha cidade.
Benjamim Santos é escritor e diretor de Teatro


À vista dos elogios, exageros da bondade dele devidamente descontados, é claro que nós, da FNT, ficamos muito felizes e foi isto que me animou a relatar no Overmundo a experiência deste Portal em tudo diferente dos demais.


O Sertão é a nossa cara!

Sob esse lema no dois de junho próximo estaremos comemorando o primeiro aniversário de lançamento do “Portal do Sertão”, www.fnt.org.br , sítio virtual da Fundação Nogueira Tapety –FNT.

Instituída em Oeiras, há pouco mais de um ano, (novembro/2005), a FNT tem, entre suas principais finalidades a defesa intransigente das tradições e do patrimônio histórico, cultural e ambiental dos Sertões de Dentro do Piauí. Seu patrono, Benedito Francisco Nogueira Tapety, era Poeta.

O poeta – de nome artístico Nogueira Tapety (1890/1918), que teve sua poesia descrita, por alguns, como parnasiana, por outros, como panteísta, havendo até quem a considere romântica – foi orador brilhante e sua conferência intitulada A Luz, proferida, em 1911, no Theatro 4 de Setembro, em Teresina, é, até hoje, festejada. Vítima de tuberculose, faleceu dezenove dias após completar 27 anos.

A Casa-de-Fazenda Canela, edificação tombada em nível estadual, integra o patrimônio da FNT. Foi ali que o poeta nasceu e morreu. A Fundação pretende dar a ela a função da memória cultural sertaneja, cujo acervo será inalienável. Será chamado Memorial do Sertão

Oeiras, sede da FNT, foi a primeira freguesia, a primeira Vila e a primeira Capital, mesmo antes de tornar-se a primeira cidade do Piauí. Exemplo do estilo Barroco Brasileiro, como ensina o mestre Ariano Suassuna, guarda, nas ruas e vielas do seu centro histórico, segredos e mistérios. Segundo o escritor oeirense OG Rego de Carvalho é a cidade dos músicos, dos escritores e dos loucos (não necessariamente nesta ordem). A chamada Capital da Fé é testemunha de uma religiosidade autêntica onde é praticamente inexistente a exploração comercial da fé. É a única cidade do Piauí que possui três bens imóveis tombados em nível federal.

O lançamento do portal se deu nos dias 2 e 3 de junho de 2006 (véspera de Pentecostes) sendo que a sessão solene de lançamento ocorreu no dia 2 no plenário da Câmara Municipal de Oeiras. Durante esta sessão houve de tudo: a declamação teatralizada de um poema de Nogueira Tapety, a execução do hino de Oeiras por um conjunto regional (sanfona, zabumba e triângulo) e até um aboio praticado por um vaqueiro vestido a caráter.
No dia seguinte o ponto alto das comemorações foi a palestra do antropólogo, etnólogo e uma das principais lideranças do movimento pela homo inclusão, professor Luiz Mott, que, muito aplaudido, pronunciou uma palestra denominada “A Velha Mocha nas Garras da Inquisição”.
Durante o ano que passou, como bem salienta o teatrógo, a FNT comandou a Campanha pela restauração da Fábrica de Laticinios dos Campos (a chamada "Fábrica de Sonhos"), participou da campanha pela preservaçãso da Serra Vermelha, promoveu a divulgação do calendário cívico e religioso de Oeiras, lutou pela realização do 3º Festival de Cultura da primeira capital do Piauí, dialogou com autoridades ligadas à cultura e ao acautelamento do patrimônio cultural e artístico, dentro e fora do Estado. Por ocasião das eleições, propôs um debate, entre os candidatos, sobre seus planos para o desenvolvimento da cultura no Piauí não obtendo qualquer resposta como resultado. Em vista disto, o presidente da FNT Carlos Rubem Campos Reis, escreveu um editorial denunciando a omissão dos políticos (e de mesmo de outras instituições de escopo cultural) em relação à cultura.
Pela seriedade com que vem desempenhando sua auto-escolhida missão, a FNT acabou obtendo a colaboração de uma plêiade não só de escritores, como lembrou o Benjamim, mas também de fotógrafos.


compartilhe

comentários feed

+ comentar
Ronye Pires
 

Meus sinceros e humildes parabéns para a instituição!
Que bela iniciativa, e tomara q se perpetue!
Só uma coisa, talvez esteja errado, mas acho q ao invés da mensagem como imagem principal, acho que o vaqueiro seria mais propício, e a mensagem como a primeira imagem em anexo! Mas é só uma sugestão...
Abraços

Ronye Pires · Campinas, SP 1/6/2007 14:45
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
jjLeandro
 

Que belo, Oeiras. Uma iniciativa que deve servir de modelo. O Brasil faz-se, na adversidade, assim: pelo trabalho abnegado de muitos. Abraços.
Do Piauí conheço Picos, onde passei um mês em 1980, no Projeto Rondon e tenho ótimas recordações.

abcs

jjLeandro · Araguaína, TO 1/6/2007 19:19
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Robert Portoquá
 

Parabéns Joca!
Sempre que tomamos conhecimento de iniciativas como estas sabemos que a cultura regional brasileira terá seu lugar perpetuado na história. Força para todos aí da FNT. Belo trabalho. Grato pelo convite.
Abçs.

Robert Portoquá · Adamantina, SP 1/6/2007 20:17
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Parabéns pela matéria, meu amigo Joca! Tanto você quanto a louvável instituição na qual você trabalha -- e que parece ter feito muito bem em te escolher para o trabalho de comunicação -- estão de parabéns! Gostaria muito de ver, inclusive, mais matérias sobre Oeiras, seus mistérios, seus loucos e seus poetas, por aqui no Overmundo.

Continue com o excelente trabalho.
Quando for a hora, sua colaboração tem meu voto sem titubeio ou questionamento :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 1/6/2007 20:49
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Joca, isso é mesmo coisa de Anjo.
Minhas reverências a este belíssimo trabalho. E minha admiração pela determinação de seus idealizadores e construtores.
O texto de Benjamin é lindo, arrepiante. Assim como a instituição que você nos leva a conhecer. Estou lendo lá no portal.
Parabéns, parabéns!

beijos

Saramar · Goiânia, GO 2/6/2007 18:49
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Meu querido anjo e editor
Também concordo que uma imagem vale mais que mil palavras!
BJOCA
Cris

crispinga · Nova Friburgo, RJ 2/6/2007 21:34
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Queridos Amigos:

A gente fica contente com as manifestações de apreço pelo trabalho realizado mas é impossível não refletir, neste momento, que fazer as coisas com objetividade e seriedade deveria ser a regra e não a exceção.
Prometo a você, meu caro Duende, que Oeiras irá aparecer muito mais por aqui doravante.
beijos e abraços
do Joca Oeiras, o anjo andarilho

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 2/6/2007 22:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
CCorrales
 

Joca querido
Bem completo o relato. Talvez nem todos os leitores tenham paciência de ler o texto completo, mas os que se interessarem terão um prato cheio para deleitar-se.
Tem só um detalhe de "edição".
No trecho "Instituída em Oeiras, há pouco mais de um ano, (novembro/2005)," não há essa vírgula antes da data entre parêntesis.
Bjs

CCorrales · São Paulo, SP 2/6/2007 22:28
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Querido Anjo, voltei para votar, mas não resistirei. Vou ler novmente porque o texto é primoroso.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 3/6/2007 10:09
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Joca, o Piauí se fará de anjos e homens, um abraço, andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 3/6/2007 12:53
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Rynaldo Papoy
 

Classe A, amigão, votei nele. Estou perdendo um pouco do entusiamo com o Overmundo. Após um início bombástico, onde todo mundo votava e comentava, agora minhas colaborações estão passando despercebidas. A vida é assim mesmo. Abraço.

Rynaldo Papoy · Guarulhos, SP 3/6/2007 13:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Que bonito, Joca.
Parabéns.

Juliaura · Porto Alegre, RS 3/6/2007 14:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
 

JOJOCA, caro poeta... vi teu nome abaixo de um poema meu (em votação) e, assim que ler o comentário, te contacto novamente. Rapaz, belo texto o telegrama do escritor Benjamim. Recebam meus aplausos pelo esforço em valorizar e DIVULGAR a cultura e a cidade de Oeiras.
Embora ache que a tal Internet não seja essa maravilha toda (pelo menos para as coisas da Cultura), ainda assim é um trabalho esplêndido PERPETUAR a memória da cidade em que vivemos ou nascemos ou moramos, V. que já traz OEIRAS no nome. Parabéns a todos que, lendo, incentivam ainda mais essa caminhada... o Overmundo tem pelo menos essa qualidade, a de que amigos se apóiem, embora o RYNALDO PAPOY tenha lá sua razão. Há sempre o perigo de a coisa se tornar uma "panelinha", uma "igrejinha" onde só leiamos os textos de amigos que já nos leram e votaram antes.
De minha parte, faço questão de ver/ler pelo menos um novo Autor a cada vez que entro no Overmundo. Abraços, "NATO"

"NATO" AZEVEDO · Ananindeua, PA 3/6/2007 15:07
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Oi Joca, belo relato! Acho massa a tua paixão...
e acho imperdoável eu não conhecer Oeiras! PReciso resolver isso!
beijos pra vc

Natacha Maranhão · Teresina, PI 3/6/2007 17:38
sua opinião: subir
carlos magno
 

Oi amigo Joca,
Eu apenas, depois eu volto pra ler, ok? Abraços.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 3/6/2007 20:31
sua opinião: subir
Spírito Santo
 

Joca,
Ia enfatizar a sugestão do Ronye, mas, aí, quando vi, já tinha votado e completado os 60 votos. Acabei, sem querer, sacramentando a mensagem como imagem principal.
O parabéns no entanto vale, do mesmo jeito.

Abs,

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 4/6/2007 06:58
sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

Muito bacana!

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 4/6/2007 10:13
sua opinião: subir
Marluce Freire Nascasbez
 

Joca,

Parabéns pelo trabalho!
Muito bom mesmo!

Marluce

Marluce Freire Nascasbez · Carnaíba, PE 4/6/2007 12:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Olá Oeiras. Aceitando seu convite, dei uma passada e li a matéria. Parabéns à FNT, que tenha muitos anos de vida.
Abraço,
Leandroide.

Leandróide · Florianópolis, SC 4/6/2007 12:25
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Joca, vim, li e votei. Muito bom!

Roberta Tum · Palmas, TO 4/6/2007 16:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fê Pavanello
 

Oi, Joca!!
Votei também! Gostei muito!
Valeu pela dica!!
Abraços!

Fê Pavanello · Brasília, DF 4/6/2007 19:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Antonio Brás Constante (Escritor maluco)
 

Abração jovem Anjo Andarilho.
ABC

Antonio Brás Constante (Escritor maluco) · Canoas, RS 4/6/2007 20:11
sua opinião: subir
stefano ferreira
 

Joca, seu relato é emocionante para todos nós que acompanhamos a luta da FNT.
Parabéns.

stefano ferreira · Oeiras, PI 4/6/2007 23:09
sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Postado em 2 de junho na Coluna "Cultura" do portal 180graus.com assinada por William Tito
"O Portal do Sertão da Fundação Nogueira Tapety completa 1 ano no ar. É uma importante ferramenta de luta da comunidade oeirense em defesa de suas reivindicações. Artigos, matérias, denúncias e a riqueza da cultura da primeira capital está revelada com muita força no portal. Parabéns a dois dos grandes expoentes dessas lutas: o promotor público, Carlos Rubem, o Bill e o jornalista Joca Oeiras, o Anjo Andarilho. Parecem duas poesias vivas. Visite o Portal do Sertão"
beijos e abraços
do Joca Oeiras,o anjo andarilho

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 5/6/2007 18:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

Coisa boa , hein Joca? parabéns!
achei lindo:
"O Sertão é a nossa cara!"
sucesso pra vocês!
beijão
Fran

Francinne Amarante · Brasília, DF 5/6/2007 19:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Ainda que, tenha me demorado um pouco
estou aqui para te deixar meus parabéns e votos de mais realizações.
Gostei muito do seu trabalho.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 5/6/2007 19:17
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Placar defronte à Fábrica para contar os dias até o tombamento zoom
Placar defronte à Fábrica para contar os dias até o tombamento
No lançamento do Portal do Sertão, o aboio do vaqueiro zoom
No lançamento do Portal do Sertão, o aboio do vaqueiro
Joca Oeiras, Kátia Tapety e Carlos Rubem zoom
Joca Oeiras, Kátia Tapety e Carlos Rubem
Luiz Mott no Museu de Arte Sacra de Oeiras zoom
Luiz Mott no Museu de Arte Sacra de Oeiras
zoom
 o bolo de aniversário da FNT zoom
o bolo de aniversário da FNT

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados