A CULTURA DO ESQUECIMENTO - BRASIL, 16/08/2008

Lailton Araújo
Folhas verdes, flor vermelha... Viva a vida!
1
LAILTON ARAÚJO · São Paulo, SP
19/8/2008 · 222 · 27
 


O povo fala que "Agosto" é o mês do desgosto. Talvez seja folclórico. O tempo pode apagar uma história ou estória? A poeira não cobriu os fantasmas brasileiros e as incoerências de uma geração...



1. A IMPRENSA NÃO É SPAM...



O que é a imprensa? Ela está acima de críticas? Não é hora de uma reavaliação interna no coração da própria imprensa? Onde está o erro? O erro é por ação ou omissão?


A isenção de preconceitos e lavagem de roupa suja nas próprias redações é uma atitude necessária, para que se ponha, a casa da mídia em ordem! Todos os dias as tvs, rádios, blogs, jornais e revistas (pessoas e pessoas da própria mídia) criticam a "própria mídia", esquecendo-se da reflexão interna! Algumas informações diárias da "própria mídia" são contraditórias, parciais, maldosas e sensacionalistas! Onde está a verdade? Onde estão as verdades?


A imprensa tem que ser livre, equilibrada, consciente e imparcial. Não pode ter simpatias por partidos políticos! Deve ser isenta de ideologias! Tem que estar a serviço da verdadeira informação ao cidadão! Não pode ser comprada, vendida, trocada ou ultrajada! Precisa passar por cima dos governos, do poder econômico, dos patrocinadores, das redes de comunicações e das próprias linhas editoriais! A imprensa tem que ser a imprensa! Simplesmente livre e responsável! Imprensa sem investigação ou seriedade é apenas spam...


"Olhar o próprio rabo é o segredo de não ser mordido por um predador... É biologia! É o segredo da sobrevivência... "



2. O TEMPO ABSOLVE OU CONDENA UM CIDADÃO...



O Brasil passou e passa por vários processos de adaptação política e o aprendizado, requer etapas e conscientização de crescimento moral de todos os cidadãos. Não se imagina que o país possua “santos ou heróis perseguidos” de um lado, e do outro: “carrascos ou perseguidores”. Foram momentos históricos adaptados ou não aos anos conhecidos como “Guerra Fria” e “Nacionalismo Exagerado”, e comandados pela mão de ferro de uma repressão - muitas vezes sem qualquer teor de inteligência ou planejamento nacional. Do outro lado, meninos e meninas estudantes, parte das forças armadas, intelectuais, operários e grandes pensadores, lutando por uma ideologia ou utopia às vezes visionária - outras vezes: cega!


O tempo é amigo da calma (amante da alma) e a história deve ser contada sem rancor ou qualquer indício de revanchismo. Aconteceram erros de ambas as partes envolvidas nas mudanças políticas da época. Tortura nunca mais! Censura desmontada! Choques ideológicos ultrapassados! Alguém acha que isso é coisa do passado? O tempo absolve ou condena um cidadão e o poder às vezes corrompe as almas (e corpos) bem intencionadas - com pouca estrutura moral e cultural. Sabe-se que a violência está embutida na consciência humana. Algumas pessoas conseguem domar a violência: a maior doença do ser humano. Em outros indivíduos, ela permanece latente. Uma pequena parcela utiliza a comentada “violência” de forma bruta (porrada mesma!) ou suave (a morte em doses homeopáticas), através do desvio de verbas dos setores básicos do Governo. Qualquer livro didático mostra as brutalidades cometidas por supostos líderes, pensadores, ou batalhões de soldados, que pregaram ou pregam a moral e os bons costumes. A sociedade brasileira e mundial está descartando qualquer radicalização de esquerda, direita ou centro, ou modelos políticos feitos por poucos - para serem utilizados pela maioria! Ideologias burras ou demagógicas: Nunca Mais!


A democracia no Brasil foi construída com a morte de brasileiros civis e militares, e estrangeiros simpatizantes das causas sociais. Ambos os lados envolvidos no aprendizado de convivência pacífica e respeito às idéias políticas, erraram e acertaram na ótica do momento. Por isso - remover a poeira que o tempo demorou em cobrir - é tentar despertar emoções guardadas por décadas e que estão sendo julgadas pela história!



3. QUE SEJA DITO... O BRASIL NÃO É SÉRIO!



O Brasil é um país ímpar quando comparado a qualquer outro! Nos primeiros anos da formação escolar, as crianças - aquelas que conseguem estudar - aprendem que sua nação é “gigante pela própria natureza, bela, forte, e o futuro espelha grandeza...” É ufanismo exagerado! O Hino Nacional soa como propaganda enganosa. Os pais desses meninos e meninas devem procurar o PROCON e exigir o cumprimento total dos "Direitos do Consumidor".


O “Brasil-Brasileiro” pode ser comparado a uma empresa de porte colossal: impávido e colosso! Ele vende, compra, cobra e fornece serviços à sociedade. A “Elite” dos consumidores é contemplada com serviços de qualidade. O “Povão” fica ao “Deus Dará”. O faturamento da citada “Empresa-Brasil” ocorre na forma de arrecadação de impostos. Vários tributos são injustos, e lembram cascatas progressivas. Outros são necessários à sobrevivência da máquina empresarial e sua perfeita engrenagem. Indivíduos competentes e éticos na direção da “Empresa-Brasil” podem fazer diferença na valorização das “ações sociais”, cotadas em bem-estar na “Bolsa de Valores de Brasília”.


O cidadão que habita esta terra - às margens plácidas - possui um contrato especial que lhe dá direitos como acionista e cliente na “Brasil Brasileiro”. Este documento chama-se “Constituição”. Nela, constam as regras comerciais e políticas, com direitos e deveres para serem cumpridos e iguais para todos. A “Constituição Brasileira” é simples, objetiva e moderna.


Os dirigentes da “Empresa-Brasil” são eleitos pelo voto direto de todos os acionistas: o povo. Os problemas que ocorrem nas mudanças dos cargos administrativos precisam de solução. As trocas de funções - muitas vezes por ambição política - ocorrem com tanta freqüência, que parecem “prostituição”. A falta de respeito é tão gritante, que familiares dos citados dirigentes, dão seqüência na escala empresarial - muitas vezes administrada com total incompetência. Eles se julgam donos absolutos e acionistas majoritários. Vale lembrar que os rios, a costa marítima, o ar, as riquezas minerais (petróleo, ouro, ferro e outros), e toda fauna e flora, pertencem aos nascidos ou naturalizados nesta nação - garantia do contrato maior: a “Constituição”.


Quem vê algumas filiais da “Empresa-Brasil”, fica boquiaberto! As torres dos prédios são luxuosas; os pisos em mármore e a organização física e empresarial - quase perfeitos! Seus gerentes e diretores têm à disposição, motoristas particulares, jatinhos e uma legião de subalternos. Geralmente moram em mansões ou apartamentos de condomínios fechados nas melhores áreas urbanas. Comem e bebem nos melhores restaurantes e não percebem a variação do câmbio, ou mesmo, quando a inflação promete uma guerra de nervos! É estranho... Não acham? Qualquer brasileiro pode solicitar uma auditoria nos setores públicos do país. Os descrentes perguntam: de que jeito?


O que se vê é desastroso! Os olhos críticos percebem que a “Elite” tem seus direitos preservados na “Empresa-Nação”. Em contrapartida, o “Povão” recebe suas “cotas” em forma de salários mínimos, cestas básicas e outros benefícios sociais - de valores indiscutíveis para o atual momento - mas que não resolvem e nunca resolverão os problemas na “Empresa-Brasil”. Esses benefícios lembram as “porções ou rações” alimentares, distribuídas aos seres humanos nas senzalas do passado. Algo está errado na forma como se pratica a Administração na “Empresa-Brasil”.


Ter consciência política não é só subir e falar em palanques de políticos! É a discussão dos rumos da nação e a prática diária da cidadania. É a fiscalização das “cotas empresariais” na “Empresa - Brasil”. Você é um acionista... Defenda o que é seu!



4. COMPANHEIROS E COMPANHEIRAS...



Conheço o Brasil, seus problemas, e o que precisa ser feito... Não vou prometer o que não posso cumprir e nem vou cumprir o que prometi para ser eleito. O companheiro e companheira sabe que política é a arte da incerteza e uma ciência não exata.


Prometo aos companheiros que se eleito, serei sempre um aliado companheiro. Prometo que todos os companheiros que cometeram deslizes serão investigados pelos companheiros da Polícia Federal. Prometo que, os novos e antigos companheiros sempre estarão no coração deste velho companheiro, inclusive terão a mão companheira na distribuição de verbas companheiras da saúde, educação e bolsa-família...


Companheiro e companheira! Vote num companheiro que sabe proteger os companheiros! Não importa se falam que sou um companheiro cego ou míope! A verdade é que eu sou um companheiro leal! Até os velhos companheiros de luta, estão sendo investigados por outros companheiros e serão punidos pelos companheiros do partido...


Companheiros e companheiras... Sei que já não fazem companheiros como antigamente, mas, continuo sendo um companheiro que sabe reconhecer os verdadeiros companheiros, por isso, sou o candidato dos companheiros!



TEXTOS PUBLICADOS NOS SITES:

* Jornal de Debates
* Blog do Zé Dirceu
* Diário do Caramujo
* Blog do Internauta



compartilhe

comentários feed

+ comentar
joe_brazuca
 

Espetacular !..
a imprensa vende anúncio, meu amigo !...e fatura...e precisa faturar !...só isso importa, ao que parece !...vive de vender o presuntos (spam) e seu colosterol !...e vende tb remédio pra colesterol !...e vende cirurgias cardíacas para infartados pelo excesso do colesterol dos presuntos (spam) que tb vendem !...e fazem campanha CONTRA o colesterol...
Tudo não passa de uma tremenda "loja"...marketing...publicité...todos engajados para o bem comum da SUA (deles) prosperidade...
Há os sérios ?..sim, certamente...onde estão ?...isso depende do que, e de como falam...ou num apzinho alugado na avenida são joão, ou numa vivenda no alto de pinheiros...tudo relativo, como NÃO DISSE Eisntein...

quanto ao Brasil ?...em 1965 De Gaulle, o general francês ja diria :
"O Brasil não é um país sério."...ou foi previsão, ou constatação ou praga !...

abraço cordial, querido amigo !..é por ai...muito a refletir...
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 17/8/2008 23:10
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Um belo e esclarecedor relato. Diria mesmo um grande ensaio.
ou roteiro para ele. vou voltar para reler
abraços
andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 18/8/2008 04:40
sua opinião: subir
celina vasques
 

Concordo em genero, numero e gráu com nosso Poeta Joe Brazuca!
Excelente texto! Parabéns!

Beijo no coração!

celina vasques · Manaus, AM 18/8/2008 08:10
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

é isso mesmo, parabéns. depois eu volto.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 18/8/2008 09:42
sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Também voltarei, que o trabalho merece.

Circus do Suannes · São Paulo, SP 18/8/2008 10:44
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Laílton, excelente contribuição. Roteiro a ser seguido com calma. Daquilo que já posso dizer: não há nada ideal. E a mídia também não o seria. E se falha é compreensível, pq todos somos assim. E a mídia reflete a política do páis. Não há nada independente, meu caro .
E o Brasil é sério sim. e o é na medida do possível, assim como tudo nessa vida.
Valeu a matéria que pretendo ler com atenção e voltar pra outros comentários .
Gostei de "Brilho". Salvei e pretendo escutar sempre. Cubatão será a próxima a baixar.
Beijos
CD

Compulsão Diária · São Paulo, SP 18/8/2008 12:10
sua opinião: subir
brigitte
 

É isso, Lailton!
Sou otimista por natureza, se eu não acreditar que o nosso país tenha jeito, nem que seja um pouquinho, a esperança estará morta e as chances de vida também. Ser ufanista? Não, claro que não. O Brasil e seu povo é esplendido, o que estraga são os políticos, corruptos por natureza!
Meus sonhos, seus sonhos, ah, Lailton, nossos sonhos para com esse lindo país, o que fazer com eles?
Jogar na lata de lixo? Por Deus, jamais!!
Amei suas reflexões!

brigitte · Goiânia, GO 18/8/2008 13:36
sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

Oi Lailton,
Ótima reflexão com excelentes opções de aprofundamento. É preciso pensarmos realmente no Brasil que somos e no Brasil que queremos, pois o Brasil e seus poderes políticos dependem muito da forma como atuamos para ser o Brasil que idealizamos.
Gostei.
Muito bom texto. òtima reflexão.
Volto.

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 18/8/2008 14:31
sua opinião: subir
victorvapf
 

Lailton, grande folego contido no seu texto, mas o Brasil amigo, ja esta com o destino tracado!"Brasil um pais de todos" Realmente e de todos mesmo, menos nosso... O interesses externos se reuniram na esquina, porque nos somos a "esquina do mundo", basta ver no mapa, e decidiram o nosso destino. Nos nunca teremos autonomia, nossas riquesas nunca serao nossas, nossa divida nunca podera ser paga, nossos foguetes, nunca subirao, nosso projeto nuclear, ja foi enterrado com uma pa de cal, nunca saira do papel, nossos governantes, nunca serao nossos, o maximo de funcao que terao nossos governantes e o de serem" meninos de recados" para resolverem pendencias de que interessam aos nossos mandatarios. Nossa imprensa, sempre sera dependentente da publicidade do governo, que por sua vez fiscalizara o que se publica. Os generais nunca poderao dizer nada sobre reservas indigenas que ja sao Nacoes dentro da Nossa. O indigenas receberao o melhor trato possivel, porque sao os guardioes da riquesa do nosso subsolo. Subsolo este tambem que nao nos pertence mais, pois nao temos mais a "carteirinha" de entrada nas tais "reservas" criadas. A revolucao terminou o seu ciclo em vinte anos e o "outro ciclo durara uma eternidade... Parabens amigo pelo seu texto e espero que um milagre aconteca no futuro...dizem que milagres acontecem... Abracos

victorvapf · Belo Horizonte, MG 18/8/2008 15:07
sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Quando se fala em otimismo e pessismismo, lá venho eu com a virtus in medio. Viver é decepcionar-se, é desencantar-se, é questionar-se. Se tivermos presente que os homens não são anjos, a coisa fica menos complicada. A cada três passos para a frente, um ou dois para trás. A cada tombo, um novo recomeço. "Camarada", "companheiro", "mano", "irmão de fé" e que outros rótulos se empreguem serão sempre isso: rótulos. O que conta é cada indivíduo, em sua especificidade.

Circus do Suannes · São Paulo, SP 18/8/2008 17:53
sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Companheiro Lailton, todos nós temos muito à dizer mas nos faltam ouvidos, não é?
Então vamos escrever e quem sabe assim ecoem nossas queixas, pedidos e promessas.

Estou contigo.

Bjs

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 18/8/2008 20:36
sua opinião: subir
victorvapf
 

Vo l tando!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 18/8/2008 21:19
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

joe_brazuca · São Paulo, SP 18/8/2008 21:43
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Laílton,

Achei ótima a idéia dos pais procurarem o PROCON para fazer cumprir o Direito dos Consumidores, parece hilário mas seria a coisa mais incrível que nosso povo poderia fazer.

Grande abraço e parabéns pelos questionamentos levantados!!!

Marcos Paulo Carlito · , MS 18/8/2008 21:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Compulsão Diária · São Paulo, SP 19/8/2008 01:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

Deixando meu carinho meu mestre.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 19/8/2008 04:56
sua opinião: subir
celina vasques
 

Meus votos com carinho!

beijo no coração!

celina vasques · Manaus, AM 19/8/2008 08:18
sua opinião: subir
Higor Assis
 

Falta-me folego para traduzir todos sentimentos aqui despertados. Parabéns nobre amigo. Continuaremos cutucando...

Higor Assis · São Paulo, SP 19/8/2008 09:02
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Lailton. O BR é Nosso?
Excelente matéria, questionadora, !conteúdo rico...Brazil...zil...zil...
Músicas de Lailton!

Cintia Thome · São Paulo, SP 19/8/2008 09:32
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Lairton,
È um texto bem escrito e com uma grande profusão de questões. Tenho concordância com alguns pontos e discordo de outros, Dentre eles o aspecto classista da imprensa, impossivel que isso possa estar ausente. è um texto que suscita muita reflexão e merece ser lido e processado com calma.
Parabéns!!!
Voltarei,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 19/8/2008 15:26
sua opinião: subir
João Bosquo
 

Estive aqui, gostei e votei. Convido o amigo a visitar nosso blog geral: http://joaobosquo.blog.br
abrçs.
bosquo

João Bosquo · Cuiabá, MT 19/8/2008 18:12
sua opinião: subir
Esso A.
 

Brasil,
País dos trópicos
Das bananas trôpegas
Pileque americano

www.sitiodoesso.com

Esso A. · Natal, RN 19/8/2008 19:58
sua opinião: subir
LAILTON ARAÚJO
 


MEUS AMIGOS E AMIGAS...


Li todos os comentários...

Muito obrigado! De coração!

Abraços.

Lailton Araújo

LAILTON ARAÚJO · São Paulo, SP 19/8/2008 21:59
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Na correria, reli e arquivei para abrir os links, agora só voto.
abraço Prof.
andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 20/8/2008 06:29
sua opinião: subir
Sinvaline
 

Lailton excelente texto. Que outros também mostrem a realidade brasileira tal como ela é.
bjs
sinvaline

Sinvaline · Uruaçu, GO 20/8/2008 11:47
sua opinião: subir
azuirfilho
 

LAILTON ARAÚJO · São Paulo (SP)
A CULTURA DO ESQUECIMENTO - BRASIL, 16/08/2008

Um Trabalho Extraordinário
Um Verdadeiro Livro.
Me lembrei da Senhora Tibiriça do Livro da Luta do petróleo é Nosso.
A Mídia é Muito engajada.
Um Jornal Nacional diário é mais forte que qualquer programas desses de partidos políticos.
Chego a achar impressionante
Parabéns pelo Trabalho.
ë Imenso em Informação.
Um Trabalho pra gente ler sempre.
Parabéns, é uma grande contribuição para essa questáo da Imprensa e da Mídia que com toda certeza vai evoluir e melhorar igual a tudo no Brasil esta melhorando.
Náo é como se quer, mas tem muito chão para avançar.
Seu Trabalho tem passos importantes e todos estaremos nesta caminhada.
Abração Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 20/8/2008 20:11
sua opinião: subir
Hipocrisia Livre
 

Desastroso por aqui...vamos começar pela nossa democracia "CAPADA" e por nossa imprensa que de livre, equilibrada, consciente e imparcial nada possui.
Abs

Hipocrisia Livre · Rio de Janeiro, RJ 29/9/2008 23:10
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Antenas - Rádio USP FM 93,7 - Cidade Universitária - São Paulo - SP zoom
Antenas - Rádio USP FM 93,7 - Cidade Universitária - São Paulo - SP
Pichação - FFLCH USP - Cidade Universitária - São Paulo - SP zoom
Pichação - FFLCH USP - Cidade Universitária - São Paulo - SP
Protestos estudantis contra as forças fascistas - UNE - 1942 zoom
Protestos estudantis contra as forças fascistas - UNE - 1942
Estudantes em confronto com a polícia - UNE - 1968 zoom
Estudantes em confronto com a polícia - UNE - 1968
Campanha zoom
Campanha "O Petróleo é Nosso" - Defesa da Petrobrás - UNE - 1957
Brasil 2008 - Medalhas de ouro, prata, bronze e lata zoom
Brasil 2008 - Medalhas de ouro, prata, bronze e lata

áudio

O BRILHO ( Lailton Araújo / Wanderley Araújo )

Instale o Flash Player para ver o player.

CUBATÃO - AO VIVO ( Lailton Araújo / Emiliano )

Instale o Flash Player para ver o player.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados