A Verdade Sobre Perebah & Jair

LazzaL
Faltava um calorzinho tropical em nossa MPB!
1
LazzaL · Rio de Janeiro, RJ
7/4/2008 · 165 · 22
 

Perebah e Jair chegaram da selva faz 4 anos, mas há a versão de que um foi mesmo príncipe africano, e o outro foi índio litorâneo.
Fato é que, apesar de afastados do futebol para tristeza da bola, têm feito ricas embaixadinhas e dribles desconcertantes no dourado poleiro da musica no Brasil.
No bucólico bairro de Botafogo – onde exala nas ruas o cheiro do alecrim, e as gentis pessoas passeiam despreocupadas em calçadas largas – o cantor Jair e o baterista Perebah descalçaram seus tênis precoces. Trabalhavam num estúdio de gravação e não cabiam mais só na voz ou no bumbo, no samba ou no rock.
Perebah, sempre vaidoso, “vaidoso consciente”, merecido, inquieto como uma pulga, precisava correr pelos palcos.
Jair, outro vaidoso (igualmente com justiça), tinha se aborrecido um pouco com a MPB que ouvira desde o berço, e que agora bocejava nos palcos onde desejava correr. Claro que Luiz Gonzaga permanecia imaculado, ninguém se atrevia a não ouvi-lo menos que três vezes por semana.
E por amor a Michael Jackson, Jamelão, Mestre Ciça, Hendrix, Coltrane, Little Richard, Thelonious – todos pretos, reparem! – abusaram do Pro-Tools e o transformaram em instrumento musical. Claro, muitos já tocam máquinas e programas, (bem-vindos os novos softwares!), piratas, então... E viva o funk carioca! Dá-lhe dá-lhe! Caíram no rarigári! Corromperam o Hully-gully!
Meio avariado pelo uso inusitado e violento, o pobre estrangeiro Pro-Tools liberou nos infantis corações de Perebah e Jair (amantes de Gorila e Preto, Serginho e Lacraia e Marlboro) batidas funk que trazem no acento também o surdo de resposta e de terceira, das baterias de escola de samba.
E a criançada que ouviu gostou. Os de idade também. Até alguns sambistas ergueram sobrancelhas interessadas!
Dois brancos, audaciosos cabelos compridos, se meterem a compor funk??! Mas graças a Deus no Brasil o racismo se combate diariamente, e os brancos são sempre mestiços; o povo acabou nem se incomodando com tal abraço...
Pois estes dois mestiços de fé – em que a dedicação à música é o mesmo que seu cultivo de uma ética do amor –, criaram jóias como a canção Coisa Boa A Gente Gosta, onde diversas idéias rápidas condensam poemas-pílula, com força de slogan, sobre bases kraftwerkkafkianas.
Baratas Voadoras trata do problema de locais de alimentação muito desleixados, Cerol Geral brinca com as crianças que soltam pipas sobre as tumbas do cemitério de São João Batista.
Caracanta na Central é uma espécie de jingle de candidato, convocando os resistentes a permanecermos no Rio de Janeiro e resolvermos nossos problemas com coragem e saúde.
Saci anda de bicicleta e faz malabarismos para ganhar a vida, e outros temas da cidade sempre vêm voando livres.
Com passagens pelo Circo Voador, Teatro Odisséia, vagão da Leopoldina no Rio Cena Contemporânea – sempre acompanhados pela querida e arcaica Múmia Dançarina, anciã sarada que baila somente com as pontas dos dedos nuas –, os shows de Perebah e Jair têm agitado nas pessoas a vontade de inventar.
Suas letras vêm de gravações de longos improvisos, editados, reduzidos a quase nada, esforço de capturar o viço da espontaneidade, do instantâneo de liberdade na mente. Improvisos cortados e descartados quase inteiros, mas que nos garimpam brilhantes átomos irradiadores!
É isso que salta do disco (Perebah & Jair, Ritornelo Records): a força do momento primeiro, a gênese das idéias, de versos jamais rascunhados, o improviso sobre uma peça musical laboriosamente esculpida.
Representantes deste novo modo de criar música, que utiliza recortes de sons já previamente gravados como matéria prima para a composição – gravações que viraram instrumentos musicais! –, a dupla persegue a liberdade para experimentar que os novos tempos têm arejado.
Atualmente em cartaz no espetáculo Outra Opinião, do grupo Nós do Morro do Vidigal, Perebah e Jair também atendem na internet pelo sítio www.perebahejair.com.br, onde é possível baixar ou ouvir suas canções, assistir a um vídeo crocante, se deliciar com belas fotos e enviar a sua cartinha.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Lili Reston
 

Amei muito tudo isso, e ainda dá pra ouvir as músicas clicando em cima delas, rsrsrsrs, muito Legal passar cerol geral!!! Sucesso muitão pra todos!!!

Lili Reston · São João de Meriti, RJ 7/4/2008 12:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
alcanu
 

Pra quem curtiu o som do Klaatu, q

alcanu · São Paulo, SP 7/4/2008 14:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

Taí... Uma saida alternativa...
Legal!
Votei.

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 7/4/2008 14:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
alcanu
 

Pra quem curtiu o som do Klaatu, que muitos diziam serem os Beatles incógnitos e o som difícil do Kraftwerk, séculos antes do tech imperar nas mesas de DJs, em alemão, pra tornar tudo mais improvável, o som de vocÊs, essa mescla de rap, hip hop, que os meus filhos adoram tanto, eu sou voto vencido, se essa é a tendência, darei a mão à palmatória ( ô provérbio mais filhodamãe ), sejam felizes, melhor do que o/a Lacraia e Cia. Ltda, deve ser, além disso eu tenho um amigão chamado Jair e a Perebah é um nome criativo pacas !
Caras, cês tão com tudo, contudo, vão com calma, lancem um CD por ano, trabalhem bem as faixas ( é faixa ainda que se fala ? ), animem festas de aniversário, batizados, casamentos e congêneres, principalmente os congêneres !
Mantenham a modéstia, lembrem-se dos Mamonas Assassinados, olho gordo pega, manos, sejam felizes, o Brasil merece e precisa !
Que nem aquele aviso na Liberdade:
Precisam-se relógios ( numa relojoaria )
Um abraço, Alcanu

alcanu · São Paulo, SP 7/4/2008 14:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lena Girard
 

Muito legal!!!

Lena Girard · Belém, PA 7/4/2008 15:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Luis Santana
 

Os "Novos" precisam sempre de uma porta, para que não sejam eternamente novos. Somos mesmo um povo de pura arte.

Beijos de Letras.

Luis Santana · Rio de Janeiro, RJ 7/4/2008 15:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Lazal, Lili, meninos cantantes
- Acabo de chegar do trampo remunerado, estou transferindo
para o cd e vou ouvir. Digo mais, hoje vou chamar o meu Mestre
para ouvirmos com uma cerveja, lá pelas 22.
obrigado Lili, pelo atalho,
beijos atodos
andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 7/4/2008 16:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Achei a historia muito interssante e o som
muito legal
Votadissimo
Beijos e sucesso!

Ailuj · Niterói, RJ 7/4/2008 16:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
BETHA
 

LazzaL,
interessante trabalho esse ! Ainda não ouvi tudo, mas vou ouvir...
abçs de betha.

BETHA · Carnaíba, PE 7/4/2008 19:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

Chguei a tempo de dar meu voto e enviar para o banco.Um beijo em seu coração.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 7/4/2008 20:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
POETA DA SAUDADE
 

Ei meus amigos, gostei muito, uma boa noite
e encontraremos por aqui..
abraços.

POETA DA SAUDADE · Campos Altos, MG 7/4/2008 20:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Laura Gubernikoff
 

voto validado! Valeuzi!

Laura Gubernikoff · Rio de Janeiro, RJ 7/4/2008 21:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Fiquei encantada.
O texto de apresentação já é uma delícia.
Vou fazer como Mestre Pêssego e ouvir no cd.

Desejo o maior sucesso a vocês.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 7/4/2008 21:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Perfeito. Encanta.
O texto bem estruturado e de fácil entendimento. Sucesso. Valeu.

Cintia Thome · São Paulo, SP 7/4/2008 21:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Assim vamos nos ilustrado e somando conhecimento sobre a arte e cultura de nossa gente. Parabéns! Abraços

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 8/4/2008 00:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ana Kaya
 

Que texto legal caras, que idéia de gênio colocar as músicas junto. E que texto bom.
Sucesso aqui no nosso overmundo e no mundo lá fora tb.
Bjs. Votado.

Ana Kaya · São Paulo, SP 8/4/2008 08:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ana Kaya
 

Alíás, parabéns seu texto acabou de ser imortalizado com meu voto chegou nos 70. Ebaaaaaaaa é a segunda vez que isso acontece comigo aqui. Legal.
Convido vcs a lerem meus textos apenas entrando no meu perfil. Não sou música, mas gosto de cantar, e então ponho apenas nas letras meus sentimentos e loucuras.
é isso.

Ana Kaya · São Paulo, SP 8/4/2008 09:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ayruman
 

Eu obedeço unicamente aos meus próprios instintos e intuição. Nada sei por antecipação. Freqüentemente expresso coisas que eu mesmo não compreendo, confiante no conhecimento de que mais tarde elas tornar-se-ão claras e significativas para mim. Tenho fé no homem que está escrevendo, que sou Eu mesmo, o escritor. (Henry Miller.

ayruman · Cuiabá, MT 8/4/2008 18:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Parrini
 

Parabéns e sucessos.

Carlos Parrini · Rio de Janeiro, RJ 8/4/2008 18:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
brigitte
 

Texto muito bem escrito e uma apresentação p´ra lá de animada!
Vou baixar todas e ouvir durante meu relax!
Sucesso a todos.

brigitte · Goiânia, GO 8/4/2008 20:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

LazzaL · Rio de Janeiro (RJ)
A Verdade Sobre Perebah & Jair

Adorei o Trabalho.
Gostei muito do Histórico e da fundamentação da siutuação em sí ( Projeto), estou apoiando com todo orgulho. é um voto prazeiroso e merecido.
grande contribuição para o Overmunso e pra nossa Cultura.
Uma referéncia para nossa gente.
Parabéns
Um Abraço Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 14/4/2008 18:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

LazzaL · Rio de Janeiro (RJ)
A Verdade Sobre Perebah & Jair
Tó aqui indicado pela Mestra Lili Reston
Gostei muito.
Estou dando uma força.
Como achei legal , muita gente também vai gostar.
Firmeza na luta.
Abração,

azuirfilho · Campinas, SP 6/5/2008 21:33
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter