A voz que cravou na cena de Curitiba

Gabriel Araújo
A cantora Rogéria Holtz em seu novo show "No país de Alice"
1
Karla Gohr · Curitiba, PR
8/7/2008 · 102 · 9
 

Escrever um perfil de uma das vozes mais respeitadas do cenário musical de Curitiba foi um baita desafio. E ter estado diante de uma mulher com este gabarito – confesso – foi um privilégio.

Rogéria Holtz dispensa apresentações. Dispensa nada, porque faço questão de escrever detalhes de um bate-papo descontraído numa padaria em plena luz do dia na capital parananese.

Quarenta e um anos, casada e mãe de três filhos, Rogéria leva a carreira e a vida particular bem ao seu próprio estilo: com muito alto-astral.

Nascida no interior de São Paulo, mais precisamente em Itararé, veio para Curitiba aos dezesseis anos estudar Desenho Industrial. Estudar? Não era bem o que Rogéria queria. A música já vinha sendo uma válvula de escape para seus anseios desde criança. “Ficava no meu quarto tocando violão depois do almoço”, conta.

Junto com a irmã, tinha aulas e freqüentava o coral da igreja para aprender técnicas de voz e harmonia. Foi aí que tomou gosto pela coisa. E foi aí também que a primeira barreira precisou ser superada. “Meu pai queria que eu fosse dentista ou analista de sistemas. Mas me deu um violão”, revela Rogéria que teve inúmeras discussões com ele devido a insistência de querer cantar.

Em 1983, e polêmicas à parte, era a hora de pegar o violão, afinar a voz e se fazer conhecida na capital paranaense. “Teve uma vez que estava tocando num barzinho e apareceu um compositor me convidando para participar de um show dele no teatro TUC. Foi ali que comecei a conhecer as pessoas deste meio”.

Paralelamente à vida musical, cá entre nós ainda é difícil viver dela neste meio independente, Rogéria teve que se virar em outra profissão. Desde 1988, a locução vem sendo o trabalho que desenvolve com muita categoria em diversos projetos na cidade. “Cheguei também a trabalhar no rádio para ficar mais próxima da música”, recorda Rogéria, que por uns tempos teve que se afastar de tudo devido ao casamento e ao nascimento dos filhos.

Mas em 1995, sua volta para a música veio colocar Rogéria Holtz no seu devido lugar: o Coral Vocal Brasileirão, do Conservatório de Música de Curitiba. “Confesso que foi um divisor de águas. Ali pude ter contato profissionalmente com técnicas de partituras com maestros, workshops com cantoras e descobri que não sabia porcaria nenhuma” (risos), revela.

Escrevi acima veio colocar Rogéria Holtz no seu devido lugar, porque agora sim os holofotes foram direcionados à ela, merecidamente. Chegou a interpretar canções de artistas consagrados como Waltel Branco e Alice Ruiz onde obteve grande destaque.

Com shows sendo feitos na cidade e fora do estado e se fazendo conhecida por artistas locais e nacionais, o público agora via no palco uma grande cantora. E em 2003 veio o primeiro trabalho da Rogéria: “Acorda”, que mescla pop com mbp. Neste álbum elogiado pela crítica, ela cravou de vez seu nome entre as artistas mais talentosas do meio musical curitibano.

No segundo cd lançado em janeiro deste ano, “No país de Alice”, Rogéria trouxe uma amiga de longa data, dos tempos do Conservatório: Alice Ruiz. “A gente vem apresentando este projeto desde 2000 e agora resolvemos registrar”, lembra a cantora que conta ter havido de imediato uma afinidade entre as artistas. “Ela botou uma confiança em mim sem me ver cantar”.

Rogéria nos vocais e Alice recitando poesias, este novo trabalho mostra também parcerias com gente de peso da música como Itamar Assumpção, Arnaldo Antunes, Zé Miguel Wisnik, Zeca Baleiro e Alzira Espínola, sob o comando do produtor Celso Fonseca.

Com uma longa estrada percorrida. “Nunca sei ao certo quanto tempo tenho de carreira, afinal comecei criança”, Rogéria com certeza poderia ter dado um grande passo à frente na cena musical da cidade. “Hoje acredito que ela esteja crescendo. Ainda é restrito, mas a gente tenta se fazer conhecida do público. É pouco, mas é melhor do que nada”, conta.

Um veículo de comunicação que Rogéria acha primordial para o artista e para o público é o rádio. “Acho que deveria tocar mais música local. Ter um programa específico e que tivesse boa audiência”, enfatiza a cantora que logo dispara seu ponto de vista sobre alguns músicos da cidade: “Tem espaço para todo mundo. Parece que aqui tem aquela coisa de um ficar puxando o pé do outro que está subindo. Poxa, se um cresce, todo mundo cresce”.

Com um espírito roqueiro, mesmo cantando mpb, Rogéria diz que se realiza ao berros. “Sou meio porra louca, mas também sou perfeccionista: estou entre uma Amy Winehouse e a Sandy!” (risos), conta a cantora que leva o trabalho à sério mas que também se diverte muito com ele.

Com esse bom humor que é uma característica marcante, quando perguntada sobre algum fato engraçado, Rogéria logo lembra de um episódio: “Nesse novo show canto uma música onde eu destroço uma rosa. No final da canção, chuto e ela se despedaça. Pedi no último show para a cenógrafa pegar uma outra flor, não me recordo o nome, mas era pesada. Despedacei e chutei a flor que acabou indo direto no rosto de um cara que estava sentado na primeira fila! Tive que pedir desculpas” (risos).

Com esse show, onde ela despedaça a flor, Rogéria quer divulgar mais o novo álbum e fazer shows por aí. “Tenho projeto de tocar no Teatro Paiol e no ‘Música nos Parques’ que acontece aos domingos. E já tenho idéias para um novo cd, mas ainda quero trabalhar nesse”.

Com um disco recém saído do forno, onde mostra uma artista versátil, inteligente e com uma voz ímpar, Rogéria Holtz surpreende a cada trabalho ou conversa, mas que não deixa dúvidas do seu respeitável registro na cena musical de Curitiba.

Confira mais sobre o trabalho da cantora:
www.myspace.com/rogeriaholtz

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Nic NIlson
 

OPa, valew. Força a todos os envolvidos neste proejto.

Nic NIlson · Campinas, SP 5/7/2008 22:40
sua opinião: subir
Karla Gohr
 

Bacana Nic!!!! valeu pelo comentário!

Karla Gohr · Curitiba, PR 7/7/2008 14:14
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Muito legal, pela redação e assunto !
votado !
abs
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 7/7/2008 15:21
sua opinião: subir
Karla Gohr
 

Valeu, Joe! Espero que vc entre no my space dela para conferir as músicas!

Karla Gohr · Curitiba, PR 8/7/2008 14:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Mixirica
 

Sucessooo!!!

Mixirica · Curitiba, PR 8/7/2008 14:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Karla Gohr
 

hahahaha Valeu Mi! Ouça as músicas dela no my space!!!!

Karla Gohr · Curitiba, PR 8/7/2008 14:15
sua opinião: subir
 Amigos do MIS - MS
 

Legal Karla Gohr !!!!

Parabéns !!!

Bjs

Amigos do MIS - MS · Campo Grande, MS 8/7/2008 19:20
sua opinião: subir
Karla Gohr
 

Valeu "MIS"!!!!

Karla Gohr · Curitiba, PR 9/7/2008 12:36
sua opinião: subir
Aline D. Macedo
 

Ehh , Itararé ! Sucesso Rogéria , você tem uma voz incrível !!! Lembranças do povinho da minha cidade de Itararé-SP. Parabéns, você merece muito mais !!!

Aline D. Macedo · Itararé, SP 23/1/2009 02:54
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados