Bandas suecas invadem o Brasil em dezembro

mooz design
1
Jarmeson de Lima · Camaragibe, PE
17/11/2006 · 84 · 2
 

No mundo pop atual, podemos associar alguns países à sua produção cultural. Mais especificamente nas áreas musicais e cinematográficas. É apenas uma pequena forma de ser introduzido ao país através de sua cultura, que ainda abrange uma série de coisas (aliás, vale salientar que o próprio conceito de cultura hoje pode até extrapolar o de um país, uma nação ou de um povo).

Na Suécia, presenciamos a cada década bandas interessantes que saíram do frio nórdico para ganhar o mundo: Abba (nos anos 70), Roxette (nos anos 80), Ace of Base e Cardigans (nos anos 90). E nestes anos 2000, quem seria o novo representante do pop sueco? Enquanto não chegamos a um consenso devido ao mercado independente que jorra litros de informações musicais por minuto na Internet, podemos aproveitar para conhecer melhor três novos grupos que desembarcam no Brasil em dezembro deste ano. São eles Hell On Wheels, Jens Lekman e El Perro Del Mar. Os três grupos estão sendo aclamados como boas promessas da safra indie-pop escandinava e se preparam para uma turnê que vai passar pelas cidades de Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

É a Turnê Invasão Sueca que chega como uma forma de divulgar e promover um intercâmbio entre a Suécia e o Brasil através da música. Este é um projeto desenvolvido pelo Swedish Institute em parceria com o coletivo Coquetel Molotov, que em três edições de seu festival No Ar, já trouxe duas representantes deste país para vir tocar aqui.


HELL ON WHEELS - O primeiro nome já é bem conhecido do público brasileiro. Afinal, trata-se do trio Hell on Wheels, que já passou pelo Brasil em 2004, quando incendiaram o festival No Ar Coquetel Molotov, em Recife, e o Curitiba Pop Festival, em Curitiba, abrindo o show dos escoceses do Teenage Fanclub. De nossa terra, o trio Rickard Lindgren (vocal e guitarra), Åsa Sohlgren (baixo e vocal) e Johan Risberg (bateria) guardam ótimas lembranças. Provaram ótimas caipirinhas, levaram camisas de times de futebol, bandeiras de Pernambuco e do Brasil e muitos discos! Material que está sendo muito bem aproveitado pela baixista Åsa, que tem um programa de rádio em Estocolmo dedicado à música brasileira. De 2004 até aqui, eles gravaram um EP e o álbum "The Odd Church", que será o primeiro deles a ser lançado no Brasil, através do selo Coquetel Molotov Discos.

As 11 faixas presentes em "The Odd Church" mostram uma banda que soube construir uma identidade própria, renovando o clássico modelo de baixo-bateria-guitarra com bons riffs e boas melodias vocais. Para quem nunca ouviu o trio, ele pode ser definido como uma boa síntese do indie rock dos anos 90, trazendo elementos de Yo La Tengo, Belle & Sebastian, The Go-Betweens e Pixies. O Hell On Wheels tem essa característica de poder soar eqüilateralmente pesado e pop fazendo algo que podemos classificar como um rock'n'roll sofisticado e de bom gosto, que tanto faz falta no mundo pop atual, repleto de muita pose e pouco conteúdo. "Sempre escutamos tipos diferentes de música, então se isso não estava óbvio antes talvez nos mudamos ou é o resultado do fato de que produzimos esse álbum muito mais que os anteriores", explica a baixista Äsa.


JENS LEKMAN - Já tendo sido eleito pela revista Elle na Suécia, como um dos homens mais sexy do país, Jens Lekman não é apenas mais um rostinho bonito no mundo da música. O jovem cantor possui carisma, talento e identidade própria suficiente para ser considerado como uma boa revelação do país escandinavo. Aos 23 anos, em 2003, ele surgiu como uma bomba pop na Europa e nos Estados Unidos com o lançamento do seu primeiro EP "Maple Leaves", pela Secretly Canadian. Logo em seguida, seu segundo EP, "Rocky Dennis in Heaven", teve a sua primeira edição esgotada antes mesmo de chegar as lojas. Depois dele, veio o reconhecimento e conciliação de gostos do público e da crítica com o seu primeiro álbum "When I Said I Wanted To Be Your Dog", em 2005.

A razão de todo esse sucesso pode ser explicado pela foma com que ele compõe. Jens é um verdadeiro trovador urbano e suas músicas falam de histórias comoventes de sua vida e de paixões não-correspondidas. E através de suas canções é que ele costuma arrebatar os corações de suas fãs. No entanto, Jens, assim como todo cantor romântico, sofre de amor. Por conta disso, já passou por alguns episódios inusitados como no caso da namorada que pedia que ele pintasse um palavrão no carro em frente à casa dela. "Às vezes, alguns desses pedidos eram ilegais e, uma vez, quase me prenderam. Mas eu fazia qualquer coisa por ela, porque ela era a minha luz", confessa o jovem cantor sueco, que inspirado na ex-namorada fez a canção "You are the light".


EL PERRO DEL MAR - Por trás do pseudônimo El Perro del Mar se esconde um talento de Gothenburg, cujo nome é Sarah Assbring. Desde menina, Sarah sempre foi obcecada pela música. Começou a tocar piano aos sete anos e cantou em diversos corais durante o colégio. Ela participou de diversas bandas durante a sua adolescência, mas colocou tudo para trás por causa de decepções amorosas. No entanto, em 2003, quando Sarah viajou sozinha para Espanha para lidar com a sua depressão, tudo isso mudou. Em um dos dias ensolarados, numa praia em uma cidade bem pequena, ela estava sentada na areia quando encontrou com um cachorrinho de rua. A conexão entre os dois foi imediata. O cachorrinho passou a voltar na praia todos os dias durante a sua visita. No avião, de volta pra Suécia, Sarah decidiu retornar a escrever música, algo que ela nunca imaginou fazer novamente, e o nome do projeto já era óbvio para ela: El Perro del Mar.

"Eu acho que as necessidades artísticas e expressivas são umas das muitas coisas que deixam você quando você cai na depressão. Por isso que o sentimento foi tão incrível quando voltei para a vida novamente. Como uma segunda chance e a chance para fazer a coisa certa desta vez", revela Sarah. Então, recomeçando tudo do zero com o El Perro Del Mar, ela passou a compor músicas de amor simples, caindo um pouco para o blues tradicional e soul, adicionando uma melodia pop inconfundível, enriquecida por quase uma orquestra sinfônica e vários arranjos característicos do doo woop. Com a ajuda do amigo Jens Lekman, os rumores sobre El Perro del Mar logo se espalharam pela Internet. No final de 2004, Sarah lançou dois EPs, "Baby, I've Been in A Bad Place" e "I've Got Good News", pelo selo Hybris. Em novembro do mesmo ano, Sarah foi convidada para lançar um single em vinil junto com Jens Lekman e abrir os seus shows da turnê européia. Algumas semanas depois, o EP de estréia "What's New? El Perro del Mar" foi lançado e em menos de dois meses já estava esgotado!


SUÉCIA - Apesar de serem três bandas com estilos até parecidos, eles não se encaixam numa cena musical propriamente dita. De acordo com Jens Lekman, "existem bandas e artistas muito bons, mas o mercado sueco ainda é bastante fechado. Gente que faz sucesso aqui pode não ser conhecido fora, e acho difícil todo mundo se tornar tão grande a ponto de mudar a imagem que as pessoas têm da Suécia". E como se não bastassem estas três bandas que vêm para cá, ainda perguntamos a eles o que tem surgido de novidades na Suécia. "Tem surgido muitas duplas eletrônicas com laptops e/ou utilizando Ipods. Principalmente dois homens, como The Embassy. Ou bandas de indie pop com muitos integrantes, como I’m From Barcelona", sintetiza Äsa, do Hell On Wheels. "A cena sueca gira muito ao redor de certos selos. Posso citar alguns, como o Service, que lança, por exemplo, The Embassy e The Tough Alliance, o Hybris, de El Perro Del Mar, Vapnet e Kalle J, o Friendly Noise, dos Most Valuable Players, Testbild e Differnet e o Häpna, que lança Hans Appelqvist e Tape. E existem outras bandas também, como Nicolas Makelberge, Cake on Cake, Radio Dept...", completa Jens.


TURNÊ - Os três grupos iniciam sua turnê no Brasil no dia 11 de dezembro em Curitiba, partem para São Paulo, onde tocam no Studio SP, no dia 13, passam pelo Rio de Janeiro para participar do Festival Algumas Pessoas..., no Teatro Odisséia, dia 14 e retornam a São Paulo dia 15. Junto a eles, quem dá uma canja no show de abertura das apresentações da Turnê Invasão Sueca é o vizinho norueguês Erlend Oye, da dupla Kings of Convenience, com seu trabalho solo. Preparem seus ouvidos! A Invasão Sueca está chegando!

Curitiba - 11/12
Shows: Hell on Wheels, Jens Lekman e El Perro del Mar
Abertura: Erlend Oye (Kings of Convenience / The Whitest Boy Alive)
Local: Era Só O Que Faltava

São Paulo - 13/12
Shows: Hell on Wheels e Jens Lekman
Abertura: Erlend Oye (Kings of Convenience / The Whitest Boy Alive)
Local: Studio SP

Rio de Janeiro - 14/12
Shows: Hell on Wheels, Jens Lekman e El Perro del Mar
Abertura: Erlend Oye (Kings of Convenience / The Whitest Boy Alive)
Local: Teatro Odisséia

São Paulo - 15/12
El Perro del Mar
Local: SESC Vila Mariana

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Kuja
 

Não pensaram em trazer a The Similou?

Kuja · São Paulo, SP 18/11/2006 15:24
sua opinião: subir
Ricardo Pancho
 

seria legal se rolasse tsool

Ricardo Pancho · Campos dos Goytacazes, RJ 28/11/2006 19:22
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados