.Batalha do Conhecimento - 2ª etapa, abril 2008.

.pedro gigante.
.nissin, campeão da etapa passada.
1
joao xavi · São João de Meriti, RJ
1/5/2008 · 124 · 4
 

Chegada a última quinta-feira do mês e com ela mais uma etapa da Batalha do Conhecimento. Depois de quatro semanas de muita ralação, já com o bolso beirando ao vazio, a rapaziada encontra na batalha um espaço de entretenimento, informação e convivência. Tudo 0800! Na real, o grande esquema da Batalha do Conhecimento é ser um espaço aberto, tanto pra quem faz como pra quem assiste.

A programação da noite começou com a exibição do vídeo “Free style – um estilo de vida”, documentário produzido e dirigido por Pedro Gomes, um dos mais agilizados produtores da cena hip-hop paulistana. O vídeo faz uma investigação sobre o free style, entrevistando alguns dos principais MC´s que atuam nesta “modalidade” de rap, mesclando imagens de arquivo (batalhas de 2004) e depoimentos atuais. O ápice do documentário é a final da Liga dos MC´s 2007, protagonizada pelos MC´s Simpson e Maomé.

Ao final do filme o público pode trocar uma idéia com o diretor que respondeu a várias perguntas vindas da platéia. Pedro comentou que tentou “fazer um filme para quem não conhece rap, um filme bem didático”. E o vídeo cumpre muito bem esse papel de apresentar o que é a cultura do free style. Quando perguntado do por quê de fazer um documentário sobre hip-hop Pedro respondeu: “Eu não sei rimar, discotecar, grafitar ou dançar. Então resolvi fazer um filme pra fortalecer a cultura”. Mas o diretor alerta: “Eu busquei me profissionalizar, estudei bastante, me formei em cinema. Esse é o meu quarto filme, se fosse o primeiro talvez não tivesse alcançado esse resultado”.

O debate foi concluído às 19:30h, quando a segunda etapa da Batalha do Conhecimento foi oficialmente aberta. Metade dos 16 MC´s que participaram da primeira etapa botaram a cara novamente na tentativa de somar pontos na classificação geral. O objetivo geral é concluir a temporada entre os melhores e alcançar uma vaga na grande final.

Entre estreantes, MC´s iniciantes e outros já consagrados a batalha pegou fogo já na primeira fase. Dois embates foram até o 3° round (Nissin X Malone e Emissário X Maomé). O campeão da etapa passada, Nissin, não conseguiu repetir o mesmo desempenho e, depois de uma batalha muito disputada, caiu na primeira fase. Na Batalha do Conhecimento é assim, tem que matar um leão por dia. Se vacilar, já era!

A tabela da 1° fase ficou assim (o vencedor marcado com negrito):
YCE X Osama (batalhando pela primeira vez)
Coé X Fred Meliante
Ernesto X TH
DJ Bola (batalhando pela primeira vez) X Rico
Drope X Bizarro
Nissin X Malone
Emissário X Maomé
MC Marcelo X LC

Na segunda fase as batalhas foram mais mornas, todas decididas em dois rounds. O público estava sonolento e, mesmo com o esforço e as provocações dos MC´s, permaneceu meio apático. Vale a pena lembrar que a batalha depende da participação direta da platéia. Então, se você for a Batalha do Conhecimento, por favor, faça barulho! A casa agradece e o espetáculo fica mais bonito pra todo mundo.

A tabela da 2° fase ficou assim (o vencedor marcado com negrito):
Coé X YCE
TH X Rico
Drope X Malone
Maomé X LC

O show desta etapa ficou por conta da molecada do Start. Prova do espaço que a Batalha abre para os novos grupos. O destaque da apresentação foi a presença dos avós dos meninos, que garantiu o momento de maior participação do público e ajudou a esquentar um pouco os ânimos.

Com os MC´s devidamente aquecidos, a semi-final rolou num clima diferente. TH e Coé fizeram um embate de alto nível. O primeiro engatou um flow nervoso, disparando rimas em alta velocidade sem perder o fôlego. O segundo investiu na força de sua voz marcante e no uso do quadro. No segundo round Coé atacou: “A rádio em Tupi-guarani anunciou mais um corpo que o caveirão derrubou”. Arrancou a primeira vaga na final.

A segunda vaga, disputada entre Drope e LC, também contou com o uso do quadro. LC tirou sexo e camisinha do quadro e jogou as duas palavras numa mesma rima: “Sexo, claro que com camisinha. Pode ser lá em casa, ou então lá na Rocinha, mas sem calcinha”. O botafoguense só não contava com a inspiração de Drope que, rimando com uma citação a Raul Seixas (!) conseguiu se classificar pra grande final.

A tabela da semi-final ficou assim (o vencedor marcado com negrito):
TH X Coé
Drope X LC

A grande final foi observada de perto por vários MC´s que se acumulavam na parte mais baixa da arena. Se o público não chega junto, os próprios MC´s fazem a coisa acontecer. No final de contas, são eles, ou por que não dizer somos nós?, que piram com a capacidade que os outros tem de construir rimas sinistras.

Os dois MC´s corresponderam as expectativas. Cachaça Crew e Universo, referências a duas grandes famílias do rap carioca, eram as palavras que ocupavam o quadro. Os temas explorados na final não poderiam ser outros: boêmia e amizade. Coé bem que tentou, mas Drope não deu chance! “É difícil ser homem de aço, sou de osso. Mas se quiser pode descer a próxima dose moço”. Tiro certo, vitória justa, 15 pontos pro Drope!

Final:
Drope X Coé

Tabela de pontuação:
Drope: 15 pontos
Nissin: 15 pontos
LC: 10 pontos
Coé: 7 pontos
Malone: 4 pontos
Fael: 3 pontos
TH: 3 pontos
YCE: 2 pontos
Airá:1 ponto
ODD:1 ponto
Panão:1 ponto
Feijão:1 ponto
Rico: 1 ponto
Maomé: 1 ponto

Algumas palavras postas no quadro:
Madureira, Baixada, ronco, eutanásia, crack, cinema, gigolô, cuba, jornal, sistema, autodidata, copo, ditadura, Portela, São Jorge, orgulho, libertação, esporte, exportação, cisco, cristo, Leão de Judah, Jáspion, sexo, Uruguaiana, camisinha, MP3, Resbolah, rádio, Tupi-guarani.

Matéria escrita ao som de:
Rethink: Set on fire
The Roots: Rising down

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Helena Aragão
 

Dessa vez finalmente me organizei para ir lá conferir a Batalha. Achei incrível. Fui com uma amiga que faz mestrado em Letras e ficamos conversando sobre o potencial daquele tipo de atividade com os alunos. O pessoal da batalha devia propor atividades nas escolas!! Não consigo vislumbrar uso mais bacana e atual da língua portuguesa de modo espontâneo e criativo (mas claro que deve haver muitos outros por aí).

Como não fiquei até o fim, fiquei feliz de saber quem foi o vencedor: ele teve meu voto - quer dizer, meus aplausos - desde o começo!

Helena Aragão · Rio de Janeiro, RJ 29/4/2008 15:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
 Profeta  Teatro
 

Gostei e votei !!!!

Abraços

Profeta Teatro · Campo Grande, MS 30/4/2008 21:57
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

João.
Passei toda a minha adolescência em São João de Meriti, morei durante treze anos e isso me marcou muito e fico bastante feliz em receber noticias como essas.
Um SALVE! para todos (as) que constróem a melhor parte da baixada fluminense.

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 1/5/2008 11:02
sua opinião: subir
MC MARECHAL
 

www.umsocaminho.com

MC MARECHAL · Niterói, RJ 4/5/2008 09:26
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

.pedro gomes, diretor do documentário zoom
.pedro gomes, diretor do documentário "free style - estilo de vida".
.malone observa nissin. zoom
.malone observa nissin.
.lc, botafoguense. zoom
.lc, botafoguense.
.os garotos do start. zoom
.os garotos do start.
.drope, o campeão da noite. zoom
.drope, o campeão da noite.
.a tabela. zoom
.a tabela.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados