Coleção "Monsieur Chat"

M.M.Soriano, 2007
Le Chat Noir
1
EgoDigital · Santa Maria, RS
2/8/2007 · 110 · 5
 

Sobre as ilustrações apresentadas:
Apresento-lhes um conjunto de cinco frames, concebidos digitalmente, sem nenhuma forma de captação e/ou captura de imagens utilizando artefatos periféricos ao computador, como scanner e máquina fotográfica.
Esta Coleção, intitulada "Monsieur Chat", também submetida ao Banco de Cultura do Overmundo, sugere a natureza felina, fria e premeditativa, imersa no imaginário e na, também premeditativa, performance silenciosa e sorrateira do voyeur, que, sob certa ótica, encarna conceitualmente o espírito da predação erótica.

Do desenho direto no computador
Há décadas tenho coabitado ( v.t. Habitar em comum. / — V.i. Viver em comum.) dois campos do conhecimento, aos quais poderia chamar de "santos ofícios" se não envolvessem remuneração, quais sejam: a Engenharia Mecânica e a Comunicação Social. Em todos estes anos, venho presenciando discussões acalouradas, seja na academia, seja no dia-a-dia profissional, sobre o desenhismo e suas técnicas e, não raras vezes, assisti debates polêmicos sobre o desenho direto no computador, sem o emprego prévio, antes da digitlização, da concepção manual. Conceitos ou preconceitos a parte, visualizo esta discussão pertinente e conveniente em se tratando processos técnicos de design, que, para Vidal Negreiros, 1996, em seu livro Desenhismo, é todo tipo de desenho voltado para às necessidades da indústria.(GOMES, Luiz Vidal Negreiros. Desenhismo. 2.ed. - Santa Maria,RS: Ed. UFSM, 1996.)
Contudo, no que tange à expressão puramente artística, considero irrelevante o conflito teórico, pois ela a arte concede superpoderes de expressão ao artista e liberdade total ao espectador em sentir, ou não, um determinado tipo de manifestação como obra ou fato artístico.
Particularmente, penso que independente do processo adotado, a relevância está no resultado final da obra. Julgo pertinente e muito interessante, para não dizer, até mesmo filosófico, um método que permaneça intocado, desde a criação até a exposição de uma obra sem passar pela interferência materializante, permanecendo, o objeto e sua atmosfera, imanifestadamente intocáveis e intocados, no semi-imaginário ambiente digital.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Ize
 

Desculpe perguntar, mas vc já leu Arte e Mídia (Zahar) e Máquina e imaginário: o desafio das poéticas tecnológicas (Edusp), ambos de Arlindo Machado? Acho que tem a ver com suas reflexões.

Ize · Rio de Janeiro, RJ 30/7/2007 23:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
EgoDigital
 

Ainda não li. Mas vale a dica. Vou colocar estes títulos na minha "fila de leitura". Valeu

EgoDigital · Santa Maria, RS 31/7/2007 07:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Saudades da minha gata "PRETINHA"...

crispinga · Nova Friburgo, RJ 31/7/2007 12:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
EgoDigital
 

eu tenho uma que é o negativo dessa aí... Toda branca com o nariz pretinho. hehehe Foi nela que me inspirei pra desenhar.

EgoDigital · Santa Maria, RS 31/7/2007 12:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Dauphin de Itaguaí
 

Gostei. Olhando com atenção eu até vejo um gato de costas com uma tomada e uma fechadura na nuca. A tomada é uma boa ilustração das possibilidades da técnica. E a fechadura é a porta de entrada para as possibilidades que estão por vir. Viajandão! Abs!

Dauphin de Itaguaí · Itaguaí, RJ 3/8/2007 15:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Le Chat Noir zoom
Le Chat Noir
Mise-en-Scène zoom
Mise-en-Scène
Le Voyeurisme zoom
Le Voyeurisme
L'Aquarium zoom
L'Aquarium
La Clef zoom
La Clef
Mimétisme zoom
Mimétisme

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados