Congo das Paneleiras

Claudia Rangel
Paneleiras dançando o congo. No primeiro plano, a cabeça da casaca.
1
Ilhandarilha · Vitória, ES
29/8/2007 · 163 · 12
 

O congo é a tradição cultural mais presente no Espírito Santo. Típico das regiões litorâneas, o congo ocorre principalmente em comemorações religiosas, como as festas de São Benedito, São Pedro, São Sebastião e a Festa da Penha. Era a forma que os escravos encontraram para homenagear seus santos de devoção, já que eles não podiam participar das festas oficiais da igreja.

As bandas utilizam instrumentos de percussão feitos, em geral, pelos próprios músicos com materiais acessíveis a eles, como barricas, pau oco, taquara, peles de animais e folhas-de-flandres. Os instrumentos utilizados são os tambores, as caixas, a casaca e a cuíca. A casaca (uma espécie de reco-reco) do congo capixaba tem uma característica única que é o detalhe da cabeça talhada em madeira no alto do instrumento. Como os tambores em geral são pesados (originalmente eram feitos de tronco de árvore oco, ou pau oco), os tocadores de tambor sentam-se sobre eles, modificando, assim, sua sonoridade. O mestre do grupo de congo de Roda D’água utiliza, ainda, uma espécie megafone primitivo, feito de folhas-de-flandres, para amplificar sua voz e marcar o ritmo das canções.

De origem popular (registro antigos apontam o surgimento do congo para cerca de 200 anos), as músicas do congo mostram nas letras das cantigas tradicionais várias referências da formação do povo brasileiro, como a escravidão, a religiosidade, o cotidiano e a ligação com o mar como fonte de vida e caminho para nova vida.

A Banda Panela de Barro, cuja performance vemos no vídeo que está aqui, foi fundada em 1938, com o nome de Banda de Congo de Goiabeiras. Na década de 1980, ela passou a ser coordenada por Arnaldo Gomes Ribeiro, proprietário da fábrica de panelas de barro em Goiabeiras. Daí veio o nome Banda de Congo Panela de Barro. Em 2001, a banda foi revitalizada pela historiadora Jamilda Alves Rodrigues Bento, nascida em Goiabeiras e filha de paneleiras. Desde então, os 42 componentes já fizeram mais de cem apresentações em todo o Estado.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Ilhandarilha
 

Não consigo adicionar o vídeo. Alguém me ajuda?

Ilhandarilha · Vitória, ES 26/8/2007 16:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
baduh
 

Que beleza, Ilhandarilha, as nossas tradições mais singelas, bonitas - e quase esquecidas! Excelente contribuição. Voltarei para votar.
Um abraço do,
Baduh

baduh · Rio de Janeiro, RJ 28/8/2007 08:35
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Gunga Costa
 

Olá Ilha,

Dia desses, uma linda criaturinha ao chegar da escola, disse-me: "hoje trabalhamos o nosso focóio!" Não foi difícil perceber que o tal "focóio" na verdade, nada mais era senão, uma corruptela de "folclore".
Coube-me então, como era natural, a única pergunta possível: "Diga-me então pequeno príncipe, o vem a ser folclore??"
Inenarrável foi minha surpresa, quando ouvi uma definição que minimamente, considero a mais genial que já ouvi para tal vernáculo: "Folclore é um monte de livros!!!"

Hermano Vianna há décadas vem questionando (e não só neste over espaço) pq pessoas que estão lá, sempre estiveram produzindo cultura em sua comunidades, quando são "descobertas" pela grande imprensa ou por determinados grupos de pessoas, parecem então passar a existir de fato...

Vá pensando amiga Ilha, e depois me conte....

Gunga Costa · Vitória, ES 28/8/2007 12:04
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Valeu, Baduh!

Gunga, eu sempre achei essa criaturinha muito perspicaz!
Estou esperando sua contribuição sobre o congo aqui, que disso vc entende.
Bjos

Ilhandarilha · Vitória, ES 28/8/2007 18:01
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ize
 

Oi Ilha, que sensacional a divulgação que vc faz dessa manifestação cultural do Espírito Santo. As fotos são lindas e o vídeo é contagiante. Parabéns!!!
Ah! tive o prazer de virar o placar.
Estou louca pra saber da seleção.
Bjs
PS Quer dizer que vc está amando Bakhtin? Somos duas.

Ize · Rio de Janeiro, RJ 29/8/2007 00:30
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Olá Ize, valeu pelo voto e comentário. Viu como as "moças" gostam do congo?
Menina, a prova é só dia 10. Enquanto isso, estudo.
Bjos

Ilhandarilha · Vitória, ES 29/8/2007 07:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

Que colaboração bacana Ilha. Muito ver a teimosia de manifestações como o Congo não é mesmo? Que permaneçam por aí... Gostei também das fotografias, muito boas. Um abraço.

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 29/8/2007 09:06
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
quasarte
 

Adorei o video e vou colocar em meus favoritos. Quando vc encontrou o pessoal? Esta semana passada?
A Banda de Congo Panela de Barro tb tem um cd maravilhoso com muitas cantigas.
Para quem quiser ver mais fotos dessa banda, produzi um ensatio que se encontra no flickr:
http://www.flickr.com/photos/quasarte/page6/
Um abraço.
Até mais!

quasarte · Estados Unidos da América, WW 29/8/2007 09:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Obrigada, Filipe. Valeu pela visita aqui nas paneleiras!

Kelly, a apresentação que filmei e fotografei foi no sábado, dia 25, pela manhã. Dia 31, a Banda das Paneleiras se apresenta no hall da Assembléia Legislativa, às 14h. Fui lá nas suas fotos, estão bem legais.
Dia 31, à noite, estarei lá na sede da banda (Clube 3 de maio)para fazer uma sessão da animação O Grilo Feliz para a garotada da banda de congo mirim de Goiabeiras, com o Cinema BR em Movimento. Vai ter pipoca! Apareça!

Ilhandarilha · Vitória, ES 29/8/2007 18:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alê Barreto
 

Ilha, eu recebi em abril de 2006 na Feira da Música Independente de Brasília um Cd intitulado "Moqueca Musical" e lá tem congo sendo executado pelos grupos Banda de Congo Panela de Barro (... nessa caminhada eu nunca estou sozinho, São Benedito vai abrindo os meus caminhos...), Banda de Congo Amores da Lua, Banda de Congo Mestre Honório, Congo Folclorico de São Benedito e Congo Mirim da Ilha. Quem puder acessar este CD poderá ver um pouco mais desta importante manifestação artística oriunda do Espírito Santo.

Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ 31/8/2007 00:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Alê, sabe que por aqui esses CD de bandas de congo são raros de encontrar. Eles são feitos geralmente para ocasiões como a Feira que vc fala, ou como brinde para empresas e a gente, simples mortais, não tem acesso. O congo é uma importante manifestação cultural do estado. Temos muitas bandas, grandes festas em torno do congo (festa de S. Benedito na Serra, puxada do Mastro na Barra do Jucu, Festa da Penha em Roda D'Água, e outras). Mas não temos uma pesquisa séria (pelo menos não acessível) sobre o congo.
Você poderia deixar aqui o contato desse CD que você fala (quem gravou, onde encontrar, etc.)?
Valeu!

Ilhandarilha · Vitória, ES 31/8/2007 07:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
quasarte
 

Aqui em Goiabeirs, ainda é possível compra o CD da Banda de Congo pPanela de Barro, que se encontra com algumas cantadeiras e tocadores. Foi assim que obtive o meu.
É muito bom mesmo.

quasarte · Estados Unidos da América, WW 31/8/2007 07:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

as paneleiras mostram que também são boas de congo zoom
as paneleiras mostram que também são boas de congo
Jamilda Bento é a Mestra da Banda das Paneleiras zoom
Jamilda Bento é a Mestra da Banda das Paneleiras
O tocador senta-se sobre o tambor de congo, influindo na sonoridade. zoom
O tocador senta-se sobre o tambor de congo, influindo na sonoridade.
Menino tocando casaca: o aprendizado começa na banda de congo mirim. zoom
Menino tocando casaca: o aprendizado começa na banda de congo mirim.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados