Dê-me um Ponto de Rede e Moverei o Mundo

1
Bruno Accioly · Niterói, RJ
29/1/2010 · 35 · 2
 

O dia 26 de Janeiro de 2010, no Campus Party, teve qualidades inesperadas, tanto pela competente organização do evento quanto pelo espírito de camaradagem e o bom humor dos presentes. Todos se viram dividindo o próprio tempo entre atrações montadas em estandes corporativos, atrações patrocinadas e palestras dos mais diversos e interessantes assuntos.

A extensa programação, com eventos que concorrem dentro do mesmo horário, é de deixar qualquer campuseiro perdido, indeciso e constantemente inebriado pela quantidade de conhecimento distribuído a la carte. O galpão do Campus Party, neste dia, se transformou em uma grande caixa de produção de conteúdo que inundou a Internet e fez com que todo mundo percebesse o poder que emana dessa geração.

O ponto alto mais óbvio foi a mesa composta pelas unanimidades Jovem Nerd, Azaghal e Eduardo Spohr, figuras conhecidas sobretudo pelo NerdCast - um programa em áudio que pode ser baixado pela grande rede - e que acabaram por atrair boa parte do público do evento para falar sobre o caso do site JovemNerd.com.br, que em 10 anos de trabalho duro se transformou em referência em termos de sucesso na produção de conteúdo Web.

Em outras paragens, palestras sobre o papel atual do software livre no país e seu futuro em próximas administrações, nos trouxeram ninguém menos que Danese Cooper, Ean Schuessler e Simon Phipps, em tradução simultânea competente e com um conteúdo deliciosamente relevante.

Igualmente instigante foi a apresentação de RR Vinicius Sengern, que causou efeito com seu ponto de vista sobre o potencial real do indivíduo na construção de "hardware livre" carregado de software livre com o objetivo de construir equipamentos eletrônicos de um modo geral e, mais especificamente, robôs! Seu discurso evangelizador deu uma nova perspectiva para a questão da industrialização e da real capacidade do desenvolvedor independente no que se refere a fabricação de hardware nos dias de hoje.

[ http://www.youtube.com/watch?v=v7N_Vir72bU ]

Um espetáculo a parte ficou a cargo do público, que enriqueceu o evento com manifestações cheias de entusiasmo e cumplicidade que, em uníssono com publicações de notas no twitter, vídeos no youtube e até transmissões ao vivo fez parecer que todos os presentes eram amigos de longa data.

A promoção de eventos como este vem mostrando resultados crescentemente positivos e deixa claro o interesse corporativo em estar junto aos consumidores respeitando sua inteligência e ganhando em troca seu respeito e admiração.

[ http://www.youtube.com/watch?v=H3yvVJ6U7aw ]
O público do evento canta e Muma (Nicolás Farruggia) puxa os bardos para alegrar a madrugada do dia 26 para 27.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Zezito de Oliveira
 

Bruno,
Muito importante o seu texto. No ano passado, li um outro por aqui e pensei que o assunto iria ficar de fora este ano. Mas, o campus party ficar longe do Overmundo, não pode!
Quem fez uma cobertura bastante legal foi a TV Cultura SP.
Abraço,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 1/2/2010 12:22
sua opinião: subir
Anderson Luis
 

Legal mesmo ver a campus party por aqui !

Anderson Luis · Rio de Janeiro, RJ 2/2/2010 00:01
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados