Diários da 31ª Mostra - Dia 2, o Dia do Dragão

Fernando Mafra
Fila para "O Solstício de Verão"
1
Fernando Mafra · São Paulo, SP
26/10/2007 · 87 · 4
 

Apenas filmes chineses (ou quase). O padrão não foi intencional, mas depois de montar inadvertidamente esta grade temática, achei divertido. Saindo de manhã de casa, fui obrigado a ir diretamente ao cinema sem almoçar, tapeando o estômago apenas com alguns pães de queijo. Tudo começou com:

Solstício de Verão - Unibanco Arteplex 12:30

A seção começou exatamente no horário, e estava "acompanhado" por dois amigos presentes na sala, mas em diferentes lugares pois cada um chegou em um momento diferente. O filme é o que recebeu minha nota mais baixa até então na mostra 2 em 5; uma decepção. A copia enviada também não ajudou, a qualidade era péssima. Para piorar minha situação, calculei errado sua duração e percebi durante a seção que chegaria atrasado no próximo filme. Considerei abandonar o filme antes do final (algo que jamais fiz na vida), e sõ não o fiz pois estava sentado bem ao centro da fileira, e eu teria que atrapalhar várias pessoas para ir embora. Aguentei até o final e depois corri para chegar com 20 minutos de atraso em:

O Ano do Peixe
- Cine Bombril 14:00

Mesmo estando atrasado deu pra pegar o filme em um ponto bom, e em um lugar razoável. É aqui em que dou uma pequena trapaceada no Dia do Dragão. É um filme Estado-Unidense, mas rodado inteiramente em Chinatown. Uma adaptação da versão chinesa de Cinderela é um filme leve e divertido, talvez tenha dado uma nota maior do que ele merecia (4 em 5), estou em dúvida até agora, algo que mesmo em dúvida fiz questão - ao sair exigi uma cédula de votação, que os funcionários da mostra demoraram um pouquinho para conseguir, mas o fizeram (em retrospecto eu simplesmente deveria ter me abstido de votar, não tendo visto o filme todo, não posso avaliá-lo 100%).

Foi bom ao menos me sentir satisfeito com o filme que estava vendo, e agora tinha bastante tempo para fazer uma refeição de verdade, que eu gostaria que fosse comida chinesa, mas não sei de nenhum restaurante razoável na região, então acabei por comer um macarrão italiano mesmo. Ainda com tempo, comprei ingressos extras para o filme surpresa do dia, que veria com uma amiga. Depois do intervalo hora de me dirigir para:

Perdido em Pequim - HSBC Belas Artes 17:20

Dessa vez propriamente acompanhado por um dos amigos que estavam em Solstício de Verão, ainda esbarrei com uma ex-professora na fila. Meu lugar não era dos melhores, mas dava pra passar. Entre meus amigos ultra-cinéfilos o Belas Artes é a sala mais odiada, e começo a entender porquê. O filme é satisfatório, e agora há um novo intervalo para outros encontros com conhecidos e debates sobre a mostra antes de fechar o Dia do Dragão.

Lust, Caution - CineSesc 20:30

O tal filme surpresa. Quando minha amiga me convidou para vê-lo achei uma coincidência felicíssima, pois assim manteria meu padrão do dia.

O primeiro filme que vejo que está previsto para estrear. Abri uma exceção pois não sei se terei outra oportunidade de vê-lo acompanhado e porque os preços da mostra são um pouco mais camaradas que os de cinema normal. Considerando o horário e a direção (Ang Lee) eu esperava uma seção movimentada, mas não completamente lotada como de fato estava; com direito a bronca depois de um único comentário meu feito durante os créditos iniciais.

Aqui não houve um erro no cálculo da duração, eu simplesmente sequer a olhei, e depois de perceber o quanto o filme era longo me arrependi de não ter insistido para assisti-lo no bar, onde poderia esticar as pernas à vontade (minhas costas ainda estão sofrendo). Apesar dos problemas com as legendas eletrônicas no início da seção, posso dizer que esse foi o melhor filme que vi na mostra até agora, nota 4 convicto.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Mi [de Camila] Cortielha
 

Será que esses problemas com as legendas acabam antes do fim da Mostra?

Mi [de Camila] Cortielha · Belo Horizonte, MG 23/10/2007 20:48
sua opinião: subir
Fernando Mafra
 

Esqueci de falar que são "legendas eletrônicas"; aquelas projetadas em um quadradinho fora da tela, não são as legendas comuns impressas no filme de quando ele é lançado. Mas já editei.

Inclusive, ter legendas comuns no próprio filme significa que essa já é a cópia de distribuição brasileira e que ele certamente irá estrear.

Fernando Mafra · São Paulo, SP 24/10/2007 02:07
sua opinião: subir
Mi [de Camila] Cortielha
 

É, aqui em Beagá, no Indie, um dos critérios que a gente utiliza é saber como são as legendas, para tentar ver coisas que não passarão no cinema. :)

Mi [de Camila] Cortielha · Belo Horizonte, MG 24/10/2007 10:58
sua opinião: subir
Higor Assis
 

O mafra avisa quando têm mais beleza. Com foto ficou legal, valeu...

Higor Assis · São Paulo, SP 24/10/2007 12:23
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Ye Xian e seu amigo em zoom
Ye Xian e seu amigo em "O Ano do Peixe"
Ping Guo e seu marido, perdidos em Pequim zoom
Ping Guo e seu marido, perdidos em Pequim
Wang Jiazhi/Mak Tai Tai e Sr. Yee zoom
Wang Jiazhi/Mak Tai Tai e Sr. Yee

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados