DocBrazil Festival celebra sua II edição na China

1
DocBrazil Festival · China , WW
11/10/2011 · 0 · 0
 

Para preencher lacunas, criar novas platéias,superar estereótipos e para aproximar e fomentar os intercâmbios culturais. O DocBrazil Festival celebra sua II edição na China.

Com o intuito de mostrar sem agredir, no sentido de respeitar as sutilezas morais e éticas próprias do universo chinês. E por outro lado, o compromisso de mostrar o Brasil e suas nuances. A 2a edição do DocBrazil, o primeiro festival de documentários brasileiros realizado na China, está de volta às principais cidades chinesas ( Pequim, Tianjin, Xangai e Shenzhen) com 7 documentários e um programa paralelo de atividades mais ambicioso.

As duas grandes conquistas do DocBrazil este ano, foram o apoio institucional do MinC ( Ministério da Cultura do Brasil) e o apoio do Sohu.com ( maior portal chinês).

DocBrazil Festival e Raffles-BIFT International College mantém a parceria e repetem a experiência de oferecer uma coleção exclusiva de pôsters criados por uma equipe de designers chineses e estrangeiros estabelecidos na capital chinesa. O propósito? Descobrir através da percepção da equipe qual é a imagem que Brasil contemporâneo transmite.
Fiel ao conceito de plataforma criativa que supera uma experiência cinematográfica, o DocBrazil Festival continua a crescer em parcerias e atividades paralelas para envolver cada vez mais público no encontro e reinvenção da percepção do Brasil e dos Brasileiros no mundo.

Os títulos selecionados para a segunda edição do Festival apresentam temas ligados a diversidade cultural brasileira, a ruptura de estereótipos e o papel do Brasil no século XXI.
"O céu nos observa"(Daniel Lima), "Satélite bolinha" (Bruno Vianna) e "O som do tempo" ( Petrus Caryri) é um trio inovador de webdocumetários acerca do impacto das novas tecnologias na participação individual e coletiva na vida real e virtual.

Futebol, samba e capoeira - o trio embaixador por excelência do Brasil no mundo – tem destaque em "Ginga, a alma do futebol Brasileiro"( Marcelo Machado, Hank Levin e Tocha Alves), um documentário que revela a influência antropológica e cultural do samba e da capoeira no desenvolvimento do futebol Brasileiro como uma arte singular.
“De dentro da sua paisagem”( Tatiana Villela) evoca a experiência estrangeira no Brasil quando 3 jovens Franceses intercambistas compartilham as suas aventuras e impressões no processo de adaptação e de afeição aos elementos da cultura Brasileira durante o período de um ano.

O DocBrazil Festival traz ainda reflexões sobre o espaço físico de uma grande metrópole ( São Paulo) e a intervenção artística de um grafiteiro ( Zezão) em lugares tidos como invisíveis, uma proposta incomum que convida cada morador da cidade a repensar os laços entre os processos de desenvolvimento e decadência arquitetônico e a influência exercicida no modo de vida. Em “No traço do Invisível” de Laura Faerman e Marilia Scharlach.

E encerra o festival , com o “O que a gente não inventa não existe”( Estevão Ciavatta) contando a história do pernambucano Ademar Casé, o homem que revolucionou a história do rádio no Brasil e ajudou nas primeiras exibições televisivas.
Cada um dos 7 documentários selecionados desempenha um papel importante dentro do Festival. Todos eles proporcionam uma reflexão das semelhanças e disparidades, não apenas no patamar das comparações entre as simetrias e assimetrias entre Brasil e China ( ambos vastos geograficamente e com a característica da pluralidade cultural e etnica tão díspares dentro de seus territórios), mas em especial da condição humana.
Para maiores informações visite o site do Festival: www.docbrazilfestival.com , nossa comunidade no facebook: www.facebook.com/docbrazil ou entre em contato com a curadora e organizadora do evento, Fernanda Ramone, através do email: docbrazilfestival@gmail.com

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados