DVD Rumos_ Brasil da Música - Renata Rosa

Divulgação Itaú Cultural
Renata Rosa no show realizado no Itaú Cultural
1
Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ
21/2/2008 · 90 · 5
 

Dando continuidade à contribuição para a construção de novos mapas de referências da atual produção musical brasileira, iniciada no texto “DVD Rumos_ Brasil da Música – Antônio Vieira”, vou falar agora algumas impressões que tive ao assistir Renata Rosa no DVD do Itaú Cultural.

“Bom, quem quiser, pode levantar, pegar os corredores aí, sintam-se à vontade”. Com a gentileza típica de uma jardineira, Renata começa sua apresentação cantando sua adaptação para “Piau”, música de domínio público.

Nascida no bairro do Braz, em São Paulo, em 1973, local de grande imigração nordestina, a cantora e compositora conta passagens importantes de sua carreira, inclusive o seu contato com o cancioneiro de caboclos, índios e rezadeiras do sertão:

“(...) Uma das primeiras influências para mim assim, foi a cantoria de viola, do repente. Mais ainda fascinante pela poesia improvisada do que pela música”.

Renata foi crescendo, estudando música e aí se questionava:

“(...) você está na Escola, cê tem o canto lírico, cê tem MPB, e cadê aquele canto maravilhoso que a gente vê na rua? (referência a suas viagens nas férias para o Rio São Francisco).

As viagens cada vez mais despertaram o seu gosto pelas brincadeiras populares. Foi freqüentando um Cavalo Marinho que aprendeu a tocar rabeca. Sobre o instrumento, seu mestre dizia: “Isso aqui não se ensina, isso aqui se aprende”.

A segunda música do DVD é Mucunã de Guilherme Medeiros.

Outra atividade de importante influência na construção de seu repertório próprio e a participação no Maracatu Rural do município de Aliança. “Pra eles o grande barato é que eu sou mulher, não existe mulher nesta tradição”, comenta a cantora. Na minha opinião, o pessoal do Maracatu não valoriza apenas o fato dela ser mulher, mas a sua beleza, o seu modo de vestir as cores que canta, o sotaque carregado de paixão pela simplicidade, pelo riso, pela brincadeira, pela música.

Por fim, Renata e seu grupo tomam a platéia e quem assiste, como eu, é tomado pela alma do folguedo presente em seu trabalho.

Para ouvir mais esta paulista de alma nordestina, só acessar o http://www.myspace.com/renatarosa

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Nilmar Barcelos
 

Interessante perspectiva, tá votado =)

Nilmar Barcelos · Belo Horizonte, MG 19/2/2008 15:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alê Barreto
 

Escute ela no myspace, trabalho muito expressivo, imagens de um Brasil que muitos brasileiros desconhecem.

Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ 20/2/2008 00:03
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Continuação primorosa.Belo texto. Bela Canto, belo grupo. Belo espetáculo.
Imagens super bacanas Alê. Já fui no site myspaces.
Tudo de bom te ler. Você leva a sério.
Abçs

Cintia Thome · São Paulo, SP 20/2/2008 22:42
sua opinião: subir
Alê Barreto
 

Obrigado Cintia!

Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ 21/2/2008 02:50
sua opinião: subir
ceita almeida
 

Senhores, quero deixar registrado a minha surpresa prazerosa em assisitir o dvd rumos itau cultural na tv ufam em manaus, amazonas. fiquei encantada com o material da renata rosa e de todos que mostram o quanto o brasil e rico em tanta arte e cultura, parabens!

ceita almeida · Manaus, AM 25/5/2008 19:19
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados