Encontro em SP, ou minha estréia no Overmundo

1
Fernanda Nix · São Paulo, SP
10/2/2007 · 296 · 51
 

Eu caí de pára-quedas nesse mundo, ou melhor, num encontro de pessoas que constróem esse mundo. E o meu pouso foi lá no boteco Opção, atrás do Masp, sabe aquele? Um sábado à tarde, um calorão, cerveja, frango a passarinho ao alho frito, fritas e muita conversa. Os mundanos: Higor Assis, Érika Morais, Letícia Lins, e o meu amigo e xará, Fernando Mafra. Ele já estava há muito me enchendo o saco para eu ser uma mundana, mas só conseguiu mesmo me pegando no laço. Sim, isso pq muito democraticamente, eu, a estreante no circuito, fui a escolhida - sem me candidatar - a escrever o relato sobre a "reunião". E aqui estou.

Muita coisa sobre o encontro, confesso, ficou perdida na minha memória. Mas o mais importante que me lembro foi o seguinte: o pessoal está a fim mesmo de fazer isso aqui ser algo muito legal. Cada um, ao seu estilo. E foi o que de verdade me empolgou a fazer o meu login valer para alguma coisa nesse mundo.

Cada um levantou questões interessantes. Um dos mais discutidos foi a forma como o status dos participantes aumenta. Eu não entendo muito bem ainda as regras de edição e avaliação aqui, mas deu para perceber pelos relatos que há uma certa injustiça. Parece que o critério principal que está predominando é o fator quantidade e não qualidade. Se a pessoa não publica mas vota adoidado, fica com um chakra (brincadeira, karma) turbinado. Então, aqui vai um puxão de orelha e alerta para os administradores: aqui tem gente que pensa e não só clica, e quer ser reconhecido por isso. É preciso melhorar os filtros!

Mas todos também concordaram que, como este meio não é comercial e sim público, há uma certa morosidade até compreensível para a evolução das ferramentas. Só que não é por isso que a gente vai deixar de cobrar. Essa camisa eu já vesti e me serviu.

Um dos melhores exemplos disso, vindos no nosso caro Higor, foi o seguinte: ele disse ter publicado dois textos premiados que não saíram da fila de edição. No entanto, outros textos do qual ele tem menos orgulho saíram no site com maior facilidade. Onde está o critério? Cadê? Não se sabe...

Aliás, o Higor é a figura engajada do grupo. Ele quer, além de mostrar suas produções, mudar o mundo, não só o Overmundo. E vamos lá, Higor, vc consegue, a gente te ajuda.

Ainda sobre o tema votação, a Letícia, que é conselheira, levantou uma questão bem interessante. Disse que depois q seu peso de voto foi elevado a 8 (ou 9?), ela passou a olhar mais criteriosamente para os textos e a votar apenas no que realmente é bom. Isso mostra q um status alto não só dá poder, mas tb pode fazer com que o participante aumente seu grau responsabilidade e envolvimento com o site. (quer vender voto?)

A Érika se destacou pela articulação. Jornalista, quer ajudar a difundir a sua paixão: o jornalismo literário. E mostrar seu trabalho. Além disso, ela é a favor da divulgação dos posts, mandar e-mails, avisos sobre cada vez que tem um texto na fila de edição/votação. Para ela, essa é uma ferramenta do site que deve ser usada para que as pessoas divulguem suas idéias e o mundo.

Já o Mafra é contra tanta poesia na fila de edição do Banco de Cultura. Aliás, parece que tem gente por aí - não fui eu q vi - que anda publicando obra que não é sua no Overmundo. Que feio, hein?Mas como tudo é novo, o grupo perdoa quem ainda não sabe disso, mas desde que corrija isso o quanto antes, leia e entenda as regras. Pq eles prometem cobrar e puxar orelhas nas filas de edição. Eu tb vou ler, e logo, antes que me mandem também.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Higor Assis
 

Ao pé da letra

Este é o que vi em seu texto de tudo que aconteceu no encontro, cabeças reflectivas e pensantes onde não foi só festa e sim, muito entendimento, discussão da boa e muita conversa jogada aos planos de um condicionamento melhor entre todos.

Muito bacana e parabéns pela memória rs...

Higor Assis · São Paulo, SP 8/2/2007 15:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Higor Assis
 

Fe.

Pede uma foto para o Mafra, ou ele deve ter lhe mandando por e-mail e coloca alguma, que taç aquelas bizarras que você tirou rs...

Higor Assis · São Paulo, SP 8/2/2007 16:13
sua opinião: subir
Fernando Mafra
 

Uma foto só Higor? Eu vou mandar um monte, e é bom que encha de fotos aqui.

Viram? Foi um encontro modesto, mas acho que no fim foi muito bom pois todos conseguiram se conhecer bem. Gostei da honestidade da Letícia que falou na minha cara não ter curtido um texto meu.

Vale destacar a ausência do Fábio e o atraso da Oona, que ainda tentou correr atrás do Higor.

Rolou muita conversa que não envolvia aspectos técnicos overmundianos, alguns causos e curiosidades internas também.

Sobre as poesias, vale lembrar que embora eu tenha soltado o assunto, todos concordaram comigo. Acho que há outras maneiras de se expressar por aí.

Fernando Mafra · São Paulo, SP 8/2/2007 16:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Higor Assis
 

Acredito que os dialogos foram muito bacanas e rolou muita idéia nova, muita parceria irá surgir com certeza.

O Mafra viu o conto que lhe comentei no encontro:



De uma lida, abraços.

Higor Assis · São Paulo, SP 8/2/2007 17:17
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Valeu a espera! O relato está realmente afinado, direto, conciso e muito bom! Não é como aquelas adoráveis lambanças gonzo que o Duende escreve... hehehe :D

Já de cara podemos perceber que o pessoal estava afiado em suas colocações e posições. Muito bom ver isso! As questões levantadas neste relato são muito pertinentes, embora algumas delas já tenham sido de alguma forma resolvidas nestes últimos dias.

O peso kármico dos votos e comentários, por exemplo, já foi alterado há algum tempo. Atualmente, como se pode ler aqui, os votos e comentários valem apenas um décimo de ponto de karma, enquanto os votos recebidos pelas colaborações contam integralmente para o karma do autor. Outra alteração que foi realizada foi a aceleração da "deterioração" do Karma e dos Overpontos das colaborações, que aumenta assim a rotatividade do material na capa do Overmundo e estimula os colaboradores a produzirem mais para manterem seu karma elevado.

Isso nos leva ao segundo ponto, que é o da natureza, e qualidade e votação recebida por certas publicações. Antes de mais nada precisamos atentar de que o público do Overmundo, quiçá mais eclético do que a maioria dos públicos de sites de vários gêneros jornalísticos ou literários, é também um público diferente. Já experimentei também em minhas publicações algumas surpresas, como ver, por exemplo, uma foto que eu achava "apenas interessante" receber o dobro da votação de um de meus contos prediletos. Estas coisas acontecem, e fazem parte da vivência democrática. A vontade do povo pode ser surpreendente, quando é realmente ouvida. Não obstante, também acho que há distorções na atenção e votação. É um fato que fotos e poesias recebem uma atenção maior -- por sua facilidade de "consumo" -- em relação aos contos mais longos, vídeos e até música. Para alguns participantes, imagino que questões de interesse, gosto ou tempo moldem um bocado o tipo de material que olham e votam. Há contudo o outro tipo de participante que dá mais atenção a obras mais elaboradas. Será que dá para discutir esta maior atenção e votação para poesias e fotos sem esbarrar na liberdade de opinião e gosto de nossos colaboradores? Acredito que ações no sentido de dar maior atenção às obras elaboradas, por parte de quem aprecia esse tipo de obra, e uma maior divulgação das obras publicadas entre as pessoas com este gosto, poderia mudar um pouco a figura da coisa. Algo como uma "confraria dos contistas e apreciadores de conto do Overmundo". Devemos buscar soluções agregadoras e democráticas, a meu ver...

E isso nos leva ao terceiro ponto, que é a da divulgação do material publicado. Se bem me lembro, há um papo sobre isso acontecendo neste exato momento nos Forums. Qual é o limite da "divulgação" direta do material publicado? Particularmente, gosto de publicar em meu blog um aviso sempre que publico algo aqui e, por vezes, envio emails diretos para pessoas que sei que apreciam o que faço. É uma forma de divulgação bem normal, a meu ver.

Quanto ao pessoal que anda publicando material que não é de sua autoria.... bem, que feio isso não?


Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 8/2/2007 17:38
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Letícia Lins
 

A conversa realmente foi boa, cheguei um pouco antes das 17hrs e quando eu vi já eram umas 20:30, tive que me despedir, queria jogar uma idéia, mas não apenas jogá-la, eu queria tá lá pra discuti-la e depois mandar pro conselho, estou fazendo isso sozinha, mas vai de encontro com a conversa que os "paulistanos" tiveram.
Foi muito bom conhecê-los, a novata Fernanda, relatou muito bem a encontro em seu texto, o Higor e o Fernando contribuíram aqui com os comentários.

Letícia Lins · São Bernardo do Campo, SP 8/2/2007 17:41
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

agora, algumas dicas over-editoriais...

Que tal adicionar mais uns tags, como "encontro-overmundo" ou "encontro-colaboradores-overmundo", assim como uma tag "encontro-overmundo-sp" pra inaugurar?

Além disso, gostaria de sugerir que se colocasse o link para o perfil dos colaboradores citados. Pode ser uma maneira interessante de enriquecer o texto.

Quanto às fotos, acho que os colegas acima já falaram bastante a este respeito.

De qualquer forma, quero elogiar mais uma vez o relato fino e enxuto, e muito bom, que você fez. Parabéns, dona Nix. :)


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 8/2/2007 17:59
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Hermano Vianna
 

gostei muito da idéia de uma estreante (muito bem-vinda Fernanda! bacana o seu texto! quero outros! rsrsrsrs) fazer o relato do encontro. Fui dar uma olhada nos perfis dos outros participantes. Só a Érika está por aqui desde o início: e isso é o mais animador: ver gente bem nova no Overmundo já responsável por zelar pelo nosso melhor futuro (bom saber também que o Overmundo já criou tantas novas amizades). Quanto às questões levantadas nas conversas do over-encontro, acho que nosso duende-protetor já deu as respostas que eu poderia dar. Excelente ver tudo se auto-organizando tão bem! Voltarei aqui para ver as fotos! Abraços e beijos!

Hermano Vianna · Rio de Janeiro, RJ 9/2/2007 01:43
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Higor Assis
 

Caro Hermano.

Foi uma democracia justa quando "elegemos" a Fernanda para fazer o texto do Overmundo rs..

Higor Assis · São Paulo, SP 9/2/2007 08:36
sua opinião: subir
Erika Morais
 

Como havia dito, foi uma tarde/noite bastante agradável.
Além dos assuntos "overmundanos" a conversa ganhou muitos outros rumos.
Duende, muito bom saber por meio de suas palavras sobre as mudanças que estão acontecendo, como podemos acompanhar também nos Fóruns.
Fábio, sentimos a sua falta.
Higor, ainda não li seu texto, aliás, essa semana foi especialmente cruel, praticamente não visitei o overmundo, mas prometo que vou lê-lo. E que continuemos a mudar o mundo, afinal se não viemos ao mundo para isso...
Fernando Mafra, boa conversa, bom-humor, o cara definitivamente não é "politicamente correto" (ainda bem).
Leticia, minha concunhada (disseram ali que é pior do que ser cunhada :)) procurou nos esclarecer sobre a "política" do Conselho do Overmundo.
Fernanda, adoro confrontos ideológicos e temos certeza de que temos muitas figurinhas para trocar. Na verdade acho que não quero revolucionar o jornalismo, conseguindo revolucionar a minha forma de escrever já é um bom começo, e só pra reforçar a personalidade, meu nome não tem acento :)

Até o próximo encontro.
Abraços!!!

Erika Morais · São Paulo, SP 9/2/2007 15:54
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Fernando Mafra
 

Nixter. Você está me difamando com essa referência non-sense a Carlinhos Brown e corrupção de menores! Remova-a!

Essas fotos deixam claro que eu não tenho dreads!

E uma sugestão final: Coloque a foto do papel ou a da galera como foto principal do artigo.

Fernando Mafra · São Paulo, SP 9/2/2007 16:05
sua opinião: subir
Erika Morais
 

Gosto da idéia da foto do papel, apesar da propaganda de cerveja do lado, hehe!!!

Erika Morais · São Paulo, SP 9/2/2007 16:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fernanda Nix
 

legal, legal, pessoas! to bem feliz com a repercussao logo de cara do texto. ainda mais com a visita e comentário do nosso ilustre Hermano Vianna. Não é q ele espia mesmo o q a gente anda aprontando por aqui? espero q todos vcs continuem assíduos por esse canto do mundo. Agradeco tb as sugestões de edição. Como viram, acatei várias. é isso mesmo!

Fernanda Nix · São Paulo, SP 9/2/2007 18:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sergio Rosa
 

Se eu tivesse no encontro seria um dos que concordariam a respeito do excesso de poesia... Eu disse, excesso, ok? Foi mal, acho que nem tudo é publicável, nem tudo deve e tem que ser mostrado para as outras pessoas.

Sergio Rosa · Belo Horizonte, MG 9/2/2007 20:38
sua opinião: subir
Sergio Rosa
 

oops, tira aquela vírgula antes do "excesso" ali, ok? :D

Sergio Rosa · Belo Horizonte, MG 9/2/2007 20:41
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Aeeeeê! As fotos ficaram ótimas! E minhas suspeitas de que o Fernando tem cara de sério foram totalmente confirmadas, heheheh...

Fico feliz de ter dado boas notícias, Erika (cujo nome, por personalidade, não tem acento, rsrsrsrs). As mudanças e aperfeiçoamentos do Overmundo são um trabalho de todos nós, sugerindo, discutindo, concordando, discordando e propondo aquilo que acharmos ser importante, necessário e/ou urgente.

No mais, desejo que este seja apenas o primeiro de muitos encontros, e que eles não sejam secretos. :D

Abraços apertados do neurótico bem intencionado Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 9/2/2007 20:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Letícia Lins
 

Opa, não sou conselheira de ninguém, nem posso, apenas participo do conselho, mas (ainda) apenas lendo. E não se engane Duende, o Fernando de sério só ali na foto mesmo.

Letícia Lins · São Bernardo do Campo, SP 10/2/2007 00:08
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Ahhhh... então tá bom então. :)
Então é verdade que ele cortou os dreads horas antes do encontro? :)

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 10/2/2007 00:21
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Depois de tanto perturbar os colegas de São Paulo, nada mais justo do que ser o primeiro a votar no post. :D

Abraços a vocês, e tenham muitos outros excelentes encontros por aí também.

O pessoal de Brasília está começando a organizar um Encontro-Sarau, olhem lá http://www.overmundo.com.br/forum/topico.php#p1891


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 10/2/2007 14:47
sua opinião: subir
José
 

Olá, Viventes!
Bom, como sou apaixonado pela poesia. Discordo que exista excesso de poesia. Bom seria um mundo mais poético... Quero sim, muita, mas muita poesia. Na cultura popular, muita produção nunca é de mais, seja, poesia, crônica, conto, noticias e etc... O próprio jornalismo literário tem um veio poético... Claro, esta é minha opinião.
Agradecido, José

José · Criciúma, SC 10/2/2007 20:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José
 

Voltei!!!
Texto e fotos, ficou magnífico!!!
Claro que este pessoal de SP é muito bonito(a)!... rsrs
Agradecido, José

José · Criciúma, SC 10/2/2007 21:37
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Olá, li demoradamente o texto sobre o encontro(legal demais, parabéns!).
Li também as considerações de todos e me solidarizo com as preocupações, nunca demasiadas.
Sobre algumas questões levantadas a respeito do Banco de Cultura: tenho publicado poesias, crônicas e contos. Procuro variar para não ser um só o tempo todo(embora isso não seja defeito - temos autores consagrados que são somente poetas), para, além de mostrar o que produzo, agradar a variedade de público overmundiano. Mas quando publico contos noto que a aceitação, como foi verdadeiramente dito em alguns comentários, é mais restrita. Isso frustra quem posta pelo pensamento de que não está agradando (felizmente não é o meu caso). Já ouvi de outros colegas que deixaram de publicar artes eletrônicas pela incompreensão do que postava. Ainda não posso julgar com qual dessas considerações o "excesso" de poesia tem a ver. O Higor Assis não deve se sentir "chateado"(palavra minha) por ter textos que não saíram da edição enquanto outros que tem menos predileção foram publicados com facilidade. É uma questão de avaliação de quem lê, e depende entre os dez mil overmundianos de quantos lerão quais textos. Isso pode variar de texto para texto e de autor para autor.
No entanto, ao final de tudo, o que rola é que todos queremos um overmundo forte e melhor a cada dia. Aliás, como li em outro comentário (não nessa matéria), isso aqui vira um vício e queremos trazer todo mundo que tem a ver com a Cultura para cá.

Que continuemos assim, e um abraço.

jjLeandro · Araguaína, TO 10/2/2007 22:43
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Nelson Maca
 

Quanta coisa interessante.
Quantas informações novas e críticas!
Agora entendo por que este texto está estourado no ranking:
está over-centrado!
é preciso menos igrejinha e mais criticidade neste mundo!
Menos umbigo e mais olhos.

Já bem desconfiado de tudo, sei que cheguei tarde, mas tenho que partir cedo! Ou cheguei cedo, e já vou tarde. Já que tudo parece tanto faz como tanto fez!!

Nelson Maca

Nelson Maca · Salvador, BA 11/2/2007 04:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nelson Maca
 

Ah só mais um ponto:
quantos pontos valem um karma 294 ?
e um 334 ?
e um 1846 ?
e um 3855 ?
e somando tudo ??

Nelson Maca · Salvador, BA 11/2/2007 04:59
sua opinião: subir
Nelson Maca
 

Dá mais ou menos 25?
Ah, agora entendi!

pois é então!

Nelson Maca · Salvador, BA 11/2/2007 05:26
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Olá, de novo!

No Overmundo não há como negar que há pessoas que têm overmanos de sua preferência e votam sempre neles e recebem seus votos tb. Mas isso não é nada anormal, mesmo porque, com certeza, essas pessoas não votam apenas entre si, elegem também outros textos que lhes chamam a atenção quer seja pela originalidade, quer seja pela qualidade. Para saber das preferências de cada um é ir ao Karma, postagens votadas e comentadas e sabe-se tudo. Nada é segredo. Como leitor, qualquer pessoa tem preferência sobre esse ou aquele autor. Trazendo isso ao overmundo, seria a mesma coisa: preferências. Inclusive há a opção de convidar overmanos para votar, uma ferramenta à disposição de todos nós. Seria exclusivismo ou discriminação se isso estivesse a favor de A e não de B. Não é o caso aqui.
Eu pauto a minha votação e os meus comentários em primeiro lugar pela afinidade com o texto, de qualquer autor. Mas há, inegavelmente, autores cujos textos têm muita afinidade comigo e com o que escrevo. Claro, então, a interação entre nós é constante.

abraços, amigos!

jjLeandro · Araguaína, TO 11/2/2007 10:43
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Bonito encontro. Lamento não ter podido ir, Fernando, Erika, mas a vida tem dessas coisas. Vou fazer tudo para estar presente no próximo.

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 11/2/2007 12:46
sua opinião: subir
Yusseff Abrahim
 

Que legal, gente!!!
Gostei de ver a moçada de Sampa fazendo seu barulho... vocês definitivamente me inspiraram! Vou ver se articulo um overencontro de uma mesa com 4 lugares por aqui (claro que sob vontade e perspectiva que a mesa aumente).
Abraço do tamanho do Amazonas!

Yusseff Abrahim · Manaus, AM 11/2/2007 14:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Yusseff Abrahim
 

Gostei de ver a moçada de Sampa fazendo seu barulho... vocês definitivamente me inspiraram! Vou ver se articulo um overencontro de uma mesa com 4 lugares por aqui (claro que sob vontade e perspectiva que a mesa aumente).
Abraço do tamanho do Amazonas!

Yusseff Abrahim · Manaus, AM 11/2/2007 14:50
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Eu boto muita fé, e faço votos de que o encontro de vocês também seja bem legal! Enquanto isso, já tem gente falando em um novo encontro aqui no Rio e o pessoal de Brasília já está conspirando para fazer o primeiro "encontro-sarau" dos colaboradores Overmundo Brasília. Coisa bacana demais!!!

Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 11/2/2007 20:27
sua opinião: subir
dj yuga
 

Muito bom o texto, também sou novo por aqui e estou começando a entender o Overmundo. Não me preocupo com Karma, overpontos e blá, blá, blá.. gosto de ler textos bem escritos e das poesias aqui publicadas, mesmo que sejam em excesso, li algumas maravilhosas por aqui.

O que mais me chama a atenção aqui é a preocupação de todos em tornar o Overmundo "um bom lugar" (parafraseando Sabotage). Ver o Hermano Vianna "observando" por aqui me faz ser mais "criterioso" nos textos/poesia que estou começando a publicar.

Não quero mudar o mundo como o Higor, apesar da minha infãncia/aborrecencia sempre ouvir "voce é o futuro do país", mas quero ajudar de alguma forma no desenvolvimento deste Overmundo.

No mais... vibrações positivas sonoras das Geraes

Yuga

dj yuga · Belo Horizonte, MG 12/2/2007 09:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fernanda Nix
 

q emoção!

Fernanda Nix · São Paulo, SP 12/2/2007 11:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Higor Assis
 

É fê.

Esta coisa de mudar o mundo também esta dando o que falar, daqui a pouco serei considerado um revolucionário da causa rs..

Parabéns menina, na verdade foi a sua memória que ajudou no texto, pois você guardou tudo hein, será que foi a cerveja e o frango ???

Higor Assis · São Paulo, SP 12/2/2007 12:23
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Fico muito feliz de ler comentários como o do DJ Yuga! Eu, que também visto a camisa do Overmundo todo dia, faço o que posso para tornar isso aqui um "bom lugar". É com muita alegria que vejo tanta gente, de São Paulo, do Rio, de Brasília, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, da Bahia... de todo lugar... fazendo do Overmundo todo dia um lugar cada vez melhor.

Gostaria de dizer que também adoro a poesia, mas que concordo que é importante se defender a variedade de formatos (e de atenções) no Banco de Cultura. Defender que os contos/filmes/músicas recebam mais atenção não é atacar a poesia. É, pelo contrário, defender que a poesia tem seu lugar junto a todas as outras formas de expressão.

Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/2/2007 13:02
sua opinião: subir
José
 

Olá!
Muito bem Daniel, o importante é criar ferramentas pedagógicas que beneficie de forma democrática todas as expressões artísticas culturais.
Não é recomendado tencionar gostos, pois cada pessoa tem seu e isto é saudável.
Muito cuidado, com as regras e normas, pois podem virar dogmas e onde há dogma a liberdade de expressão e criatividade prejudicada fica.
Agradecido, José Dagostim

José · Criciúma, SC 12/2/2007 14:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Concordo com você, José, no ponto de há práticas que podem resolver estas questões de uma forma muito mais alegre e indolor do que normas e regras. Mas também, acredito que em nenhum momento se pensou em proibir ou coibir qualquer forma de publicação artística brasileira no Overmundo. O que há é a discussão da melhor forma de se buscar espaço (e, espaço este muito merecido) para outros formatos além da poesia e da fotografia, que conseguiram muito mais do que os outros formatos o seu lugar ao sol. Buscamos o equilíbrio na ecologia delicada das publicações e dos colaboradores, nada mais do que isso. Sabem até melhor do que eu que é com ações sutis e delicadas que se busca agir sobre ecossistemas.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/2/2007 15:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Higor Assis
 

O que cinco cabeças pensantes fizeram hein !!!

Higor Assis · São Paulo, SP 12/2/2007 15:35
sua opinião: subir
Fernanda Nix
 

E quero deixar claro q em nenhum momento no meu texto quis sugerir nada a respeito de cercear conteúdo do site. Cada um publica a produção q quiser. E concordo com o José de Criciúma. Todas as expressões culturais são bem vindas. Se houve o comentário de q há mais poesias do que outros tipos de textos no encontro, isso não quer dizer "parem de publicar poesias", mas "hey, vamos produzir mais de tudo! Vamos preencher esse espaço com todo o tipo de coisas" O meu texto foi um mero relato do q foi discutido naquela tarde super gostosa, espero q ninguém se ofenda com as discussões. E espero tb q encontros como esse se repitam. Ahhh Sei q estou devendo visitas de agradecimento a todos q comentaram aqui. Eu demoro, mas vou, viu? To super contente com a participacao e apoio de todos.

Fernanda Nix · São Paulo, SP 12/2/2007 15:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José
 

Admirável metáfora Daniel. Ocorre que o ocossistema se auto regula em uma relação mutua natural. O homem com seus dogmas institucionais (neurose) gera o ambiental desequilíbrio.
Estamos inseridos no ecossistema quanto naturalmente agimos, assim evoluímos, naturalmente. Sermos espontâneos, verdadeiros e francos nos coloca em sintonia com o curso natural do ecossistema. O contrário é o desequilíbrio, mas, às vezes necessário para o equilíbrio, quando assim entendemos...
Agradecido, José

José · Criciúma, SC 12/2/2007 16:11
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Não se preocupe com o nosso eventual histrionismo, Fer. Não acredito que tenham achado que você tenha sugerido o cerceamento de nada. A questão do maior número de poesias no Banco de Cultura é real, e é algo que já vinha sendo discutido em alguns círculos desde antes. A solução não é (e ninguém disse também que seja, até onde vi) nenhum tipo de cerceamento. Passa, como vários aqui disseram, pela maior produção/publicação/atenção (por parte da comunidade) de outros formatos artísticos.

Quero mais uma vez te parabenizar pelo ótimo texto que gerou tantas boas conversas.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/2/2007 16:31
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Meu caro amigo José, o equilíbrio é dinâmico, não é mesmo? Ecossistemas onde os principais atores são seres menos complexos e auto-complexificantes do que nós tem uma boa dose de auto-regulação. Mas quando se trata de ecossistemas humanos, a coisa é, infelizmente, mais complicada. Fazem-se, a meu ver, necessárias algumas ações sutis em busca do movimento de equilíbrio. Tudo isso, claro, levando em conta que a falta de cuidado e delicadeza pode causar um desequilíbrio maior ainda.

Então é isso. Esta é uma discussão ecológica -- a de como buscar o equilíbrio de espaço e nutrição para todas as formas de produção artística -- e pelo visto ainda dá bastante pano pra manga.

Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/2/2007 16:51
sua opinião: subir
José
 

Então amigo Daniel, concordo com você em parte, mas penso que para o momento está bom. Em breve vamos aprofundar este assunto...
Agradecido, José

José · Criciúma, SC 12/2/2007 17:03
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Umas frases que faltaram na minha resposta, e que talvez nos unam mais uma vez em concordância:

"Os atos dos membros de um ecossistema, sejam eles quais forem, fazem parte das dinâmicas deste ecossistema. Não há nada de anti-natural nas buscas organizatórias e regulatórias de uns e outros, assim como não há nada de anti-natural na fome do jaguar que o leva a matar outros seres para comer..."

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/2/2007 17:19
sua opinião: subir
Hermano Vianna
 

oi Yuga: realmente estou "observando" com alegria sua participação recente mas entusiasmada no Overmundo - por falar nela: muito boa a Black Sonora (sensacional a conexão mineira/cubana!)

Hermano Vianna · Rio de Janeiro, RJ 12/2/2007 17:31
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
José
 

Muito bem, Daniel! Ocorre que o jaguar somente "mata" para saciar sua fome e isto é natural (seu ciclo natural, naturalmente na sua relação imbricada com o meio). Já o homem mata para estocar, controlar obter poder e isto não é natural. Também não é voltar ao primitivo, mas perceber (observar) o afastamento que nos encontramos do nosso evoluir com o Todo, sem feridos deixar, do contrário caminhamos e do lugar não saímos, aliás, destruímos, nos destruímos.
Sinceramente, hoje prefiro ser morto por um jaguar com fome do que ser um morto vivo nas mãos de um sistema capitalista suicida... Acredito inclusive que o jaguar no momento é mais evoluído que eu...
Este é um interessante debate, mas parece-me que no momento está bom, o que você acha??
Agradecido, José

José · Criciúma, SC 12/2/2007 18:16
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Eu acho que podemos continuar isso em outro momento, meu amigo. Mas não se apegue muito à metáfora do jaguar. Estava apenas tentando passar o ponto de que todo ecossistema tem sua própria dinâmica...

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/2/2007 18:42
sua opinião: subir
Paulo José
 

Hummm! Gostei da LETÍCIA!

Paulo José · Alto Paraíso de Goiás, GO 12/2/2007 21:56
sua opinião: subir
dj yuga
 

Hola Hermano...

Há algum tempo vinha conversando com amigos sobre a livre informação que rola na net, troca de músicas, blogs, fotoblogs, creative commons e etc e tal... mas que mesmo assim ainda era muito solta, ás vezes sem critérios, sem organização e sem ética. E agora conheço o OVERMUNDO, pessoas conectadas com o desenvolvimento ético, organizacional e criterioso a serviço de uma informação virtual democrática e confiável.

Estou entusiasmado sim, isso aqui é um Overmundo de novidades para mim estou me adaptando a ele e como o Daniel citou "É com muita alegria que vejo tanta gente, de São Paulo, do Rio, de Brasília, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, da Bahia... de todo lugar... fazendo do Overmundo todo dia um lugar cada vez melhor.". Ver pessoas que não se conhecem pessoalmente discutirem assuntos com consciencia, consitencia, respeito e com prazer, é ducaralho...

Agora... vc curtiu mesmo o som da minha banda? Elogio vindo de um cabra como tu é sempre uma motivação para nós. Entre no nosso myspace, e veja alguns vídeos de uma apresentação da Black Sonora no Conexão Telemig Celular de Música 2006, para vc sentir melhor a "vibe" da banda. Estamos experimentando mais esta conexão mineira/cubana e está rendento muitos sons.

No mais... vibrações positivas sonoras das Geraes

DJ Yuga

dj yuga · Belo Horizonte, MG 12/2/2007 23:35
sua opinião: subir
Fernando Mafra
 

Atenção, está começando a discussão para marcar a próxima edição do encontro. Participem!

Fernando Mafra · São Paulo, SP 17/5/2007 22:07
sua opinião: subir
Remisson Aniceto
 

Quantas informações, Fernanda! É muito bom quando se consegue reunir os amigos num encontro tão caloroso. Um abraço!

Remisson Aniceto · São Paulo, SP 3/8/2007 08:39
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Estamos tentando fazer a segunda.
Dia 15-08-2008 sexta no America Paulista - São Paulo
Detalhes com CD - Compulsão Diária/Cíntia/Alcanu/Joe
Vem!
abraços

Cintia Thome · São Paulo, SP 6/8/2008 09:27
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Higor Assis, aquele que quer mudar o mundo zoom
Higor Assis, aquele que quer mudar o mundo
Letícia Lins, nossa conselheira zoom
Letícia Lins, nossa conselheira
Érika Morais, que vai revolucionar o jornalismo zoom
Érika Morais, que vai revolucionar o jornalismo
Fernando Mafra, o maior comprador de mentex da história dos faróis de SP zoom
Fernando Mafra, o maior comprador de mentex da história dos faróis de SP
Pessoas na sala de jantar zoom
Pessoas na sala de jantar
Eu to aí no meio de amarelo zoom
Eu to aí no meio de amarelo

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados