Feliz Natal com arte, afeto, justiça e paz!

1
Zezito de Oliveira · Aracaju, SE
24/12/2008 · 265 · 23
 

Uma das melhores lembranças que tenho do antropólogo Darcy Ribeiro é quando ele falou a respeito do natal: “Como é fantástico uma religião que tem um Deus que todos os anos renasce como um menino” .

E da minha parte complemento: “E também como é incrível as condições em que o menino Deus nasceu”.

E a partir daí podemos tirar algumas conclusões: Uma delas é que é necessário de vez em quando deixar emergir o menino e a menina que guardamos em nós. Outra é que precisamos insistir, com gestos e palavras, que este modelo de sociedade não está de acordo com o sonho de Jesus de Nazaré.

E foi por isso que ele nasceu pobre e nos propõe colocar em primeiro plano o projeto do reino de Deus, que é um reino de justiça e de paz, o qual não é condizente com a sede da maioria em acumular riquezas materiais, poder e prestigio — fonte de todos os males da nossa civilização (angustias, solidão, violência urbana etc.) “É mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus”.

E nem é preciso acreditar que tudo aconteceu como está escrito nos evangelhos, com data, hora e locais exatos, o mais importante é descobrir o que está escondido por detrás dos símbolos e acontecimentos narrados no livro sagrado.

Neste sentido, vale a pena trazer um momento muito significativo e que representa a possibilidade de celebrar o Natal em sintonia com as outras culturas. Lembram-se que em torno do Menino Deus, conforme a tradição, todas as matrizes culturais, com tudo que isso pode significar em termos de riqueza simbólica, afetiva e estética que a humanidade produziu, estão representadas na figura dos três reis magos?

E isso é muito significativo. Lembro que uma das poucas imagens que guardo dos meus primeiros sete anos de vida é a beleza das cores, dos movimentos e da música do reisado e outros folguedos na festa de reis, em janeiro, na cidade de São Cristóvão, cidade onde nasci (infelizmente essa tradição sucumbiu ao canto da sereia do progresso).

Será que não é hora de trazermos de volta este modo de comemorar o natal, com folias de reis, reisado, pastoril, guerreiro, ciranda e podendo ser também com passos de jongo, da dança dos orixás, da capoeira e de danças tradicionais européias, como fizemos na celebração multicultural no natal de 2007 através da aliança do Consórcio Cultural com a Caravana Internacional Arcoiris?

Não será uma maneira mais adequada para que o menino-Deus possa continuar bem pertinho da gente, bem dentro do nosso coração-manjedoura, alegre e saltitante como todas as crianças?

É este o Feliz Natal que desejo para vocês todos(as).

Com muita arte e cultura, carinho sincero, santa indignação com todas as formas de injustiça e de opressão e atitudes cotidianas de solidariedade.

SEMPRE NATAL!

P.S.: No natal de 2007, enviei a mensagem abaixo para um grupo de amigos de perto e de longe e a repercussão foi muito boa. Em 2008, decidi fazer o mesmo e, sem olhar para o que escrevi, pude constatar, após reler o que escrevi no ano anterior, que o tema e as imagens são recorrentes, o que mudaram foram apenas as palavras. Então resolvi compartilhar essa mensagem com muito mais gente. Este ano publico no overblog o texto de 2007 e 2008. Importante registrar que o texto do teólogo Faustino Teixeira foi o “disparador” da reflexão que elaborei. Já Faustino Teixeira, por sua vez, foi ter na poesia de Fernando Pessoa a fonte para inspirar o seu belo texto, e o poeta Fernando Pessoa, provavelmente, foi buscar inspiração em narrativas sobre a infância de Jesus, as quais podem ser encontradas com mais detalhes em alguns dos evangelhos apócrifos, e assim como no poema de João Cabral de Melo Neto vamos tecendo outras manhãs.

Tecendo a manhã

Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de um outro galo
que apanhe o grito que um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.
2.
E se encorpando em tela, entre todos,
se erguendo tenda, onde entrem todos,
se entretendo para todos, no toldo
(a manhã) que plana livre de armação.
A manhã, toldo de um tecido tão aéreo
que, tecido, se eleva por si: luz balão.




FELIZ NATAL COM FIDELIDADE ÀQUILO QUE É ESSENCIAL (Mensagem de 2007)

Para o antropólogo Darcy Ribeiro,(in memorian), uma das coisas mais interessantes do catolicismo é que Deus todo ano renasce como um menino.

Acredito que seja para nos lembrar que a criança que mora dentro de todos nós deve ser sempre acordada.

É verdade que o modo como a maioria das pessoas celebra o Natal está bem distante do seu verdadeiro sentido, o que não nos impede de buscá-lo e de torná-lo visível, através das diversas formas de expressões artísticas. No texto abaixo, a poesia das palavras procura nos trazer de volta a criança que temos dentro de nós, a qual, às vezes, deixamos bem escondida.

Que essa criança que dorme dentro de nós seja acordada e renasça alegre e contagiante, neste Natal e sempre, e que a dança, o teatro, a pintura, as histórias, a poesia, a música e o cinema ajudem-nos a tornar isso possível.

Por isso, dançar, cantar, pintar, fazer poesia, escrever histórias e o que mais nossa imaginação deixar é preciso.

Viver é isso! Lembram de quando éramos crianças?

Como todos os meninos e meninas são parecidos com o menino Jesus, Ele busca estar sempre perto de nós enquanto criança, enquanto seres que ainda trazem, lá no fundo do coração, a sinceridade espontânea, a beleza cândida, o amor inocente, e a alegria serena e sonhadora dos tempos de infância.

Portanto, o coração é o primeiro lugar onde devemos procurar o verdadeiro Deus-Amor!

Zezito de Oliveira com a colaboração de Maxivel Ferreira


Tempo de Delicadeza
Por: Faustino Teixeira


“Sejamos simples e calmos,
como os regatos e as árvores,
E Deus amar-nos-á fazendo de nós
Belos como as árvores e os regatos,
E dar-nos-á verdor de sua primavera,
E um rio aonde ir ter quando acabemos!...”(
Fernando Pessoa)


O advento é para nós cristãos um tempo litúrgico cativante. Um tempo de atenção e expectativa, mas também de escuta e acolhida. Não é um tempo de medo e angústia, mas de paz e delicadeza. É assim que o Anjo do Senhor anuncia o nascimento de Jesus no evangelho de Lucas: “Não tenhais medo! Eis que vos anuncio uma grande alegria, que será para todo o povo” (Lc 2,10).

É essa alegria que cativa os pastores para irem ao encontro do menino Jesus: atraídos pela maravilha e pelo amor. Precisamos, sim, recuperar o Jesus menino de que fala tão lindamente Fernando Pessoa em seu poema “guardador de rebanhos”. O menino que escapa de um sonho no fim da primavera e desce à terra para nos oferecer tudo aquilo que os olhos podem dar: a capacidade de ver o mundo de uma forma delicada e diferente. O menino Jesus que desperta no sonho de Alberto Caeiro é a criança que nos falta: “uma criança bonita de riso e natural”, que corre pelas ervas e se encanta com as flores e seu sorriso é sempre aberto. É esse menino que deve habitar a nossa aldeia:


“Ele é a Eterna criança, o deus que faltava.
Ele é o humano que é natural,
Ele é o divino que sorri e que brinca.
E por isso é que sei com toda certeza
Que ele é o Menino Jesus verdadeiro.
E a criança tão humana que é divina”.


É essa criança que nos motiva a olhar o mundo, as criaturas, as religiões de uma forma diferente: mais terna, mais simples, mais aberta e mais delicada. É a “Criança Nova” que nos oferece sua mão, mas que abraça também tudo o que existe. É a “Criança Eterna” que motiva a direção do nosso olhar, capaz de ver a presença do mistério em toda parte; que aguça os nossos ouvidos a captar alegremente o fluxo dinâmico de todos os sons. É a Linda Criança que acende em nossos corações o alento vital e a vontade de derramar vida por todo canto e levantar o que está para morrer.

O advento é tempo desse “acordo íntimo” com o Jesus menino que está sempre nascendo de novo na manjedoura do coração. Ele deve ser para nós o Deus que sempre vem, e nunca uma coisa já acabada. Como apontou Teilhard de Chardin de forma tão rica, “Deus é, antes, para nós o eterno Descobrimento e o eterno Crescimento”.

Leia também a mensagem de natal 2009 do monge beneditino Marcelo Barros, aqui.
e mais, o texto natal no sertão do overmano Andre Pessego

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

Desjo a você e a todos do mundo, desse mundão de joãos e josé...que venha um menino e permaneça sempre nos coraçoes
dos homens e que Deus nos Salve
Deus Salva, basta acreditar, crer...


Um abraço forte
Cíntia Thomé

Cintia Thome · São Paulo, SP 24/12/2008 13:50
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Zezito, meu Professor,
Tenho a impressão que sim, o Mundo, Brasil no meio, talvez puxando a ponta, começa voltar ao começo sim não vejamos:
a) quantos de nós trabalhamos aqui no Overmundo, se um salário apontado em cifras. E paulatinamente, cada um vai dando seu recado e deixando o lugar para outrens. Deixando na consciência de não atravancar a pauta:
b) A quase decisão do STF, o gargalo do Brasil, sobre o RAPOSA TERRA DO SOL, favorável aos índios. Os indios declarados ORFÃOS, no bojo da primeira constituição do Brasil. E que Permanece.
c) Não há mais "caçada de onça" (ao que saiba no Brasil),
E é por ai,
Feliz Natal,
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 24/12/2008 14:01
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Zezito, de prima, pra variar !...Darcy faz falta...inda mais por esses tempos escuros...né mesmo ?
Feliz Tudo proce, amigo das Letras todas !

joe_brazuca · São Paulo, SP 24/12/2008 14:08
sua opinião: subir
ayruman
 

Maravilha amigo. Votando com certeza. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 24/12/2008 14:11
sua opinião: subir
Raiblue
 

Uma maravilhosa lembrança,meu querido Zezito!!!!
Parabéns!!

Sejamos simples e calmos, vivenciando a fé através da ações diárias em prol de um mundo melhor!
vc é muito sensível e especial!!!!

obrigada!!!

FELIZ NATAL PROCÊ E SUA FAMÍLIA, ZEZITO!
Bjks azuis
Blue

Raiblue · Salvador, BA 24/12/2008 14:58
sua opinião: subir
victorvapf
 

Zezito, um belo trabalho, merecedor de nossa atencao! Parabens, votado por merecimento,

abracos

victorvapf · Belo Horizonte, MG 24/12/2008 15:01
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Queridos (as),
Em virtude de algumas dificuldades de ordem técnica e da exiguidade do tempo, por estar as voltas com outras atuações, não foi possivel publicar a foto dos meus dois filhos (Maíra e Raoni) que ilustrariam esse post.
Para tanto a foto está publicado no endereço abaixo:
http://consorciocultural.blogspot.com/2008/12/feliz-natal-com-arte-afeto-justia-e-paz.html
Abraços,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 24/12/2008 15:12
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Trabalho de prima meu caro! Parabéns pelo texto e pela intenção! Boas Festas e meus votos!

raphaelreys · Montes Claros, MG 24/12/2008 15:16
sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Fechei o círculo, prezado amigo.

Circus do Suannes · São Paulo, SP 24/12/2008 15:47
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

A religião e a fé são o motivo dessas manifestações culturais que, por extensão, terminam transformando-se em arte, pertencente, portanto, a toda uma nação e seus povos. Felizes os que, como você, trabalham para o enquiquecimento e reconhecimento dessas manifestações.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 24/12/2008 15:48
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Zezito de Oliveira · Aracaju (SE) ·
Feliz Natal com arte, afeto, justiça e paz!

Um Trabalho lindo e Feliz para um Feliz Natal.
Táo maravilhoso e animador que tem a ver com a nossa realidade .
Lembrando Darcy Ribeiro com mais um Rai Mago ou um Anjo protetor para o Menino Rei.
Apaixonante e uma grande contribuicáo.
Desobstruindo toda Pauta para a gente avancar para uma condicáo de vida melhor.
Parabéns pela inspiracáo.
Abracáo Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 24/12/2008 16:30
sua opinião: subir
Pedro Monteiro
 

Abraços Amigo Zezito.
É que a fé possa ser motivos de conquista de espaço para um Mundo melhor.

Pedro Monteiro · São Paulo, SP 24/12/2008 16:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
nina araújo
 

Bravíssimo!
Votando com alegria imensa!
Beijos.

nina araújo · Rio de Janeiro, RJ 25/12/2008 09:06
sua opinião: subir
clara arruda
 

Deixando meu imenso carinho.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 26/12/2008 09:12
sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Excelente texto Zezito. Deixar a criança que existe dentro de nós sobressair é muito importante. Sabe, esse ano fiz algo que normalmente não me dava o direito de fazer, fui ver PAPAI NOEL no " NATAL DE LUZ" e me emocionei muito, cheguei até a dar adeus pra ele, rsrsrs - minha filha disse que era MICO - mas, não me importei, tanto tempo aquele desejo de dar ADEUS pra ele estava dentro de mim... foi como um pedido de "lembre-se de mim!!!" Acho que tal ação foi principalmente porque ele ainda não trouxe o presente que todos os anos peço... "mais amor e união entre os homens". Quem sabe um dia ele lembre de trazer!!?
Como sempre, vc é um colaborador excelente do OVERMUNDO, parabéns e que em 2009 continues tua jornada de amor na Terra.
Felicidades querido.

Um beijo

ILZE SOARES · Salvador, BA 26/12/2008 13:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Zezito
Maravilhoso texto
é preciso resgatar todas as culturas,
deixar o consumismo de lado e pensarmos
no Deus menimo que prega a união e a fraternidade
Bjs e boas festas

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 26/12/2008 18:43
sua opinião: subir
Stella Tuttolomondo
 

Zezito, aprecio demais as pessoas como você que usam da delicadeza e da simplicidade para levar afeto diretamente ao coração dos outros. Pra você um grande sorriso e um abraço emocionado!

Stella Tuttolomondo · Rio de Janeiro, RJ 26/12/2008 21:21
sua opinião: subir
João Bosquo
 

Votei. Abrçs. JB

João Bosquo · Cuiabá, MT 29/12/2008 16:47
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Zezito amigo,
Deus-menino, menino-Deus. Essa renovação é como se fosse o ir e vir das pessoas. Uns nascem e outros morrem.
Desejo que Deus permaneça nos corações daqueles que foram tocados e que outros venham ser tocados por Ele.
Muito bom o seu trabalho.
Parabéns, amigão.
Um ano novo cheio de paz, realizações e muita saúde.
Abraços

Saavedra Valentim · Vitória, ES 31/12/2008 14:52
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Belo trabalho Zezito.

Precisamos sempre recordar o real sentido dos festejos de fim de ano. Ir contra essa maré de consumismo que insiste nos afogar com maior voracidade no mês de dezembro.

Parabéns!

Desculpe o atraso.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 2/1/2009 20:09
sua opinião: subir
ayruman
 

Aqui em uma segunda visita apreciando seu excelente trabalho.
Maravilha amigo. Saúde em doismil-inove. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 7/1/2009 10:39
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Caro amigo,

Como sempre um trabalho que dignifica a existência humana...

Marcos Paulo Carlito · , MS 16/2/2009 22:09
sua opinião: subir
alcanu
 

Beleza de texto & video, Zezito, bem oportuno pra essa data e sempre !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 13/10/2010 16:59
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados