FOLCLORE: CABRA CEGA

FOTO DA NET
Crianças brincando de cabra cega
1
Paulo Apolonio · Salvador, BA
30/11/2007 · 60 · 14
 

O folclore é uma das culturas mais antigas do povo brasileiro. É uma cultura popular formada por lendas, tradições e costumes que é passada de geração em geração. Tem como base as lendas, contos, provérbios e canções.
Lembro-me quando era pequeno, e nas cantigas de roda, na hora do recreio, todos participavam muito felizes, mas hoje em dia parece que essa cultura está perdendo o fôlego, pois nem todas as escolas fazem mais essas brincadeiras. Muito pouco eu vejo, principalmente na capital, uma brincadeira entre os alunos. Eram tantas brincadeiras que nem tínhamos tempo de brincar todas em uma tarde de lazer com os nossos amigos.

Listarei algumas que já não se vê mais com tanta frequência.

AMARELINHA, BARRA-MANTEIGA, CABO DE GUERRA, PASSA; PASSARÁS, PASSAR ANEL, BRINQUEDO DE ESCONDER, JOGO DO PIÃO, etc!


Hoje em dia a ciência tomou conta das cabeças dos alunos, pois só se vê falar em Orkut e MSN. Não vejo mais as crianças correrem pelas ruas, pulando cordas, assustando uns aos outros com a lenda da mula sem cabeça, etc.
A cultura popular, chamada de folclore, perde cada vez mais seu espaço com o advento da informática e da ciência. Essa cultura levou pais de família da atualidade a se formarem, a terem caráter e personalidade, mas hoje em dia só se vê as crianças na internet sem ter nenhuma base cultural, ou seja, sem ter nenhuma idéia do que é correr e brincar com os colegas, sentir o suor descer pela testa, esconder-se!


compartilhe

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

Apolonio, interessante a tua idéia de nos lembrar de uma brincadeira tão sutil, gostosa que já existia e trazida de Portugal e aqui se jogando até poucos anos atrás nas atividades de recreação nos colégio , nas festas, nas calçadas e nos quintais...Hoje , realmente o ensino se volta aos jogos pela internet, sem contato físico. Uma pena.

Cintia Thome · São Paulo, SP 28/11/2007 16:49
sua opinião: subir
carlos magno
 

Você tem razão meu querido apolonio mas essa tradição depende exclusivamente de nós que não tivemos a preocupação passar para nossos filhos e eles aos seus netos e assim sucessivamente.
A tendência é desaparecer mesmo. Mas isso poderá voltar a acontecer, E eu continuo achando que tudo depende de nós. Meus sinceros aplausos e abraços amigo.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 29/11/2007 18:24
sua opinião: subir
Gustavo Ganso
 

Poxa cara, gostei do texto, e é uma triste verdade, a mesma tecnologia que nos ajudou a chegar até aqui participa da deteriorização das tradições.
falou

Gustavo Ganso · São Paulo, SP 29/11/2007 19:59
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Gostei...espero as cirandas, as danças, as brincadeiras, os jogos...falei sério. Nao sou professora mais não, mas vejo o que pode ser amanhã longe e mais alto. Empuro pra cima, pois pra baixo chega a vida, nemermo? rs
Aguardo e voto Jornalista.

Cintia Thome · São Paulo, SP 30/11/2007 19:24
sua opinião: subir
Felipe Henrique
 

Amigo Paulo Apolonio · Salvador/ você tem toda razão quando fala que as crianças de hoje não tem nenhuma base cultural, só querem saber de orkut e MSN, eu sei muito bem oque é isso__
Tenho 17 anos, meu irmão tem 9, não sai do computador. Eu brinquei muito de pião, esconde, cabo de guerra, entre outras...
já meu irmão.../ brinca de tudo isso__sóque virtualmente.
Gostei muito do texto meu amigo, nos faz despertar para a importânsia das brincadeiras na formação da boa conduta humana.

Felipe Henrique · Mesquita, RJ 30/11/2007 22:57
sua opinião: subir
Felipe Henrique
 

10 pontos para você.

Felipe Henrique · Mesquita, RJ 30/11/2007 22:57
sua opinião: subir
Paulo Apolonio
 

Valeu felipe!
É mesmo. As crianças de hoje em dia só querem saber de computador.
Tenhos primos de 8 anos que já querem ter orkut.

Paulo Apolonio · Salvador, BA 30/11/2007 23:12
sua opinião: subir
Leandro Lopes
 

Pois é, rapaz! As coisas mudam. Daqui há algumas gerações, os próximos adultos falarão, as crianças de hoje nem lembram mais do msn e do orkut. São as mudanças da vida! Faz parte do processo construtivo da raça humana. Onde nós vamos parar?

Leandro Lopes · Belo Horizonte, MG 1/12/2007 00:36
sua opinião: subir
Paulo Esdras
 

Brincadeiras de criança são apenas alguns indícios de como a nossa sociedade muda rapidamente. Alguém aí lembra de uma coisa arcaica chamada ficha de orelhão?

Paulo Esdras · Brumado, BA 1/12/2007 07:49
sua opinião: subir
Paulo Apolonio
 

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bem lembrado, Paulo.
Usei muito as fichas de orelhões.
Eu morava no interior e minha mãe na capital baiana e quando eu queria falar com ela sem ninguém ouvir comprava as fichas.
Abrção.

Paulo Apolonio · Salvador, BA 1/12/2007 10:28
sua opinião: subir
Kais Ismail
 

Paulinho,
Está cada vez pior, se analisarmos o trecho abaixo extraído da edição de 1946 do livro "A marcha da civilização" de Artur Maxwell.
" Inúmeros tesouros foram derramados em nossas mãos, tesouros de ciência e invenção para servir a nosso conforto e bem-estar. Jamais houve tão brilhante época de progresso material. Todavia, moral e espiritualmente, o mundo se acha em grande parte nas mesmas condições em que estava nos dias de Noé. Pôr trás do alegre e fulgurante exterior da civilização moderna, existe toda a sorte de decadência e podridão. Os cupins do pecado têm-lhe estado a corroer o coração, não deixando senão uma dourada casca vazia.
Igualmente desconcertante e de molde a decepcionar, é a maneira pela qual as produções científicas tem sido desvirtuadas para maus fins, o segredo da imprensa proporcionou o meio para a universal disseminação de falsos ensinos e ruinosas filosofias; e o segredo do vôo tornou-se o caminho para as destruições em massa. As grandes cidades do mundo são uma colmeia de vício e prostituição.
Violência! Quanta nos havemos testemunhado nestes últimos anos! Noé nunca presenciou coisa semelhante em seu tempo."
Um forte abraço!

Kais Ismail · Porto Alegre, RS 2/12/2007 02:05
sua opinião: subir
Kais Ismail
 

Em tempo,
lamentavelmente, este livro contêm e expressa o racismo próprio da época, quando se refere ao Jazz e as demais músicas negras, como sendo músicas demônicas.

Kais Ismail · Porto Alegre, RS 2/12/2007 02:10
sua opinião: subir
Kais Ismail
 

quis dizer: músicas diabólicas. que o ritmo era frenético e imoral, e o balançar do corpo desfigurava a imagem do ser humano.

Kais Ismail · Porto Alegre, RS 2/12/2007 02:56
sua opinião: subir
carlos magno
 

Olha o voto maí meu irmão.
Abraços.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 2/12/2007 13:08
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter