Liberdade para (a) Frei Caneca

1
Renato · Recife, PE
6/3/2006 · 108 · 5
 

Não deve ser tão difícil para você atender o pedido que vou fazer agora - afinal, na sua cidade as rádios também devem ser terríveis. Então, vamos lá: imagine viver em um lugar que desde os anos 90 produz uma quantidade quase incomensurável de bandas e artistas de todos os tipos. Imagine que esses nomes são reconhecidos no país e no mundo, que o público local os ama com fervor, que poucos duvidam da alta qualidade de seu trabalhos. Dezenas, centenas de artistas: Nação Zumbi, Siba e Fuloresta do Samba, Mundo Livre, Mombojó, Lia de Itamaracá... E nenhum deles toca nas rádios!

Esse é o quadro cruel do Recife, com suas FMs cegas, surdas e mudas. Não é de se entranhar, portanto, que, a partir do momento em que uma estranha notícia capaz de mitigar essa sede começasse a circular, o alvoroço crescesse de imediato. Dizia um, diziam outros, e depois os próprios vereadores confirmaram, que, desde o início dos anos 60, o município do Recife tem direito por lei a possuir sua própria FM. Até nome já se tem, Frei Caneca, sem falar de dotação orçamentária, ano após ano remanejada para outros fins.

É por isso que, na segunda metade dos 90, surgiu o movimento Liberdade para (a) Frei Caneca, reunindo jornalistas, artistas, produtores e cidadãos indignados, para pressionar os poderes públicos a colocar a rádio no ar. Tanto barulho se fez que, ano passado, o prefeito João Paulo nomeou uma comissão - com representantes de diversos setores da sociedade civil - para preparar um projeto capaz de viabilizar em prazo curto a implantação.

O que todo mundo quer? Uma rádio pública de fato, que não sirva de cabide de emprego, nem seja usada ao bel prazer por cada prefeito. Que dê amplo espaço para a cultura local nas suas diversas manifestações, mas não esqueça do mundo lá fora. E que também se lembre que o mesmo sufoco da música se reproduz com os movimentos sociais, também excluídos do dial. Na virada do ano, o relatório da comissão - seguindo essas regrinhas básicas - foi entregue ao prefeito. A expectativa é que até o final do primeiro semestre de 2006 a rádio comece a transmitir. Liberdade para a Frei Caneca, enfim, ainda que tardia.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
dude
 

Pois é, ja fazem 16 anos e nada da Radio Frei Caneca. Uma lastima para uma cidade que tem o brega como estilo preferido em varias emissoras locais.

dude · Recife, PE 15/3/2006 18:27
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
sulamita oliveira
 

o brega e si não é o problema. O problema é as rádios locais não tocarem as variedades que o público ouve, levando em conta o que os artistas do estado onde operam, fazem.
Reuniões, projetos....essa rádio sai do papel, ou ficará para o fim da gestão atual, coincidentemente antes das eleições?
como a tv digital.

sulamita oliveira · Recife, PE 5/7/2006 12:07
sua opinião: subir
Caçapa
 

É incrível!!!
Gostaria de saber a situação atual da Frei Caneca...
Alguma novidade? Alguma previsão?
Realmente uma rádio como essa tem muito mais poder do que muitos imaginam! Talvez por isso mesmo ela nunca tenha sido posta em prática...

Caçapa · Recife, PE 6/11/2006 22:50
sua opinião: subir
Andre  Intruso
 

O engraçado e triste é que ate mesmo uma radio dita para todos, acaba caindo no fundo da velha panela...

Andre Intruso · Jaboatão dos Guararapes, PE 26/11/2006 14:39
sua opinião: subir
patricktor4
 

caros convido vcs pra conhecerem este formato de programação de rádio que desenvolvemos em aracaju. no link http://www.overmundo.com.br/banco/formato-de-bloco-musical-aperipe-fm-2007

patricktor4 · Recife, PE 12/6/2009 18:13
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados