Livros Independentes na Editora Lulu, Inc.

Claudio Miklos
O Hóspede da Caverna - Coletânea de Ensaios Zen Buddhistas
1
Claudio Miklos · Rio de Janeiro, RJ
21/5/2007 · 348 · 24
 

Não é fácil produzir arte no Brasil. Creio que este comentário já superou a simples condição de lugar-comum, clichê de crítica, e se tornou quase uma regra. Mas existe no brasileiro uma capacidade criativa que, apesar dos percalços, sempre supera o desânimo.

No plano editorial, principalmente, temos uma grande defasagem de produção (e venda). Muitos bons livros poderiam ser produzidos, ótimos escritores revelados, se houvesse alguma saída adequada para que estes pudessem editar suas obras, e colocá-las à mercê não de críticos ou analistas editoriais, mas do público direto.

Em 2006 eu tive a chance de ler uma pequena matéria em um pequeno site brasileiro de notícias. A notícia falava de uma empresa americana com o inusitado nome de "Lulu", a qual oferecia condições para que qualquer um pudesse editar o seu livro, de qualquer assunto, com qualquer número de páginas, através de um sistema simples de cadastramento e auto-produção gráfica.

Mais ainda, a empresa oferece o serviço de graça, e permite que o próprio autor realize revisões, alterações e comercialização. É óbvio que a Lulu recebe pela impressão do livro e sua venda, mas as porcentagens não são absurdas.

Além disso, não há número mínimo de impressões. Na verdade, o livro não existe fisicamente até o momento em que alguém o compra. Quando isso acontece, o arquivo da obra (em doc convertido em pdf) segue para a gráfica e será impresso apenas na quantidade vendida, seja uma cópia ou duas mil.

Os direitos autorais são mantidos, seja a partir de um padrão americano de direitos, ou se o autor julgar mais seguro (eu mesmo fiz isso), pode-se comprar o ISBN e o registro da obra através do site da Biblioteca Nacional http://www.bn.br/.

Achei a iniciativa ótima, e me cadastrei no site da empresa. Tendo já uma produção literária razoável, e sendo eu mesmo artista plástico e gráfico, produzi quatro títulos até agora. A qualidade gráfica chega a ser superior a muitas publicações brasileiras, e o trabalho de impressão é completamente profissional.

Quais são os contras? Eles sempre existem.

Primeiramente, a espinha dorsal da dinâmica de criação em arte é a sua distribuição e divulgação; a Lulu não faz nada disso, exceto se vc resolver contratá-la para tal - mas o fato é que esta facilidade da empresa (que não tem filial no Brasil ou América Latina) somente funciona bem para obras em inglês, ou de países europeus ocidentais. Obras em português se perdem no triste e lamentável vácuo de consumo cultural que infecta nossa sociedade, onde uma parcela pequena da população possui interesse e iniciativa para comprar livros em português que não tenham sido incensados pela crítica e/ou mídia ou que já não sejam fenômenos de venda.

Em segundo lugar, embora o preço de um livro fique dentro do padrão comum (entre 20 a 50 reais, em média e dependendo do número de páginas e margem de lucro do autor - que ele mesmo decide), a venda e postagem são feitas em dólar, via cartão de crédito. Claro que o autor pode investir em seu próprio trabalho, comprando uma quantidade e revendendo no Brasil para os interessados, ou distribuindo a produção em livrarias alternativas.

Finalmente, se o autor não tiver o dom de saber criar layout de capa e diagramar corretamente, será obrigado a usar os templates do site, que não chegam a ser ruins - mas são exatamente isso: padrões genéricos, e portanto sem apelo visual - ou então contratar um artista para fazer o trabalho, o que pode ser custoso. Como se sabe, a apresentação de um livro conta muito; se vc criar um ótimo trabalho e mostrá-lo sob um layout de capa mal-feito, com certeza muitos interessados potenciais irão desanimar em adquirir o seu livro.

Apesar destas sérias limitações, ainda assim sugiro a todos analisar com cuidado a iniciativa, visitando o site http://www.lulu.com/. Até mesmo para aqueles que simplesmente gostariam de ver seus escritos publicados em formato de livro - uma forma de se sentir parte do mundo literário real, e não apenas virtual - para que possam dar alguns exemplares de presente aos amigos, a empresa é uma ótima opção.

Infelizmente, no Brasil esta é uma iniciativa que não tem respaldo igual. Existem algumas poucas editoras virtuais, mas não gratuitas (se alguém souber de alguma que se iguale ou supere a estrutura da Lulu, por favor a divulgue), e nenhuma com uma proposta editorial "on demand" que cause muito interesse aos autores que não possuam condição financeira suficiente para arriscar investir muito dinheiro em uma produção de centenas ou milhares de obras, sem garantia de venda.

Para que todos possam ter uma idéia do modo de editoração da Lulu, gostaria de divulgar dois títulos meus apresentados na página da empresa:

O Hóspede da Caverna - Uma coletânea de ensaios meus sobre filosofia zen buddhista e humanismo
http://www.lulu.com/content/585251

O Bosque de Bambus - Minha coletânea de poesias Haiku (tradicionais na cultura japonesa)
http://www.lulu.com/content/630312


Portanto, eis a minha dica para todos. Espero que ela seja útil para despertar "energias" de auto-publicação em alguns dos autores do Overmundo. :)

No Dharma,
Claudio Miklos

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Egeu Laus
 

Beleza de post, Claudio!
Um assunto necessário aqui no Overmundo!
Um pergunta: como é o sistema de encadernação e cola da capa?
Aqui no Rio conheço o sistema on-demand do Armazém Virtual. O ponto fraco é justamente o acabamento, pois, como não é costurado no sistema de "cadernos", as folhas soltam depois de um tempo (as vezes pouquíssimo tempo).
Abraço!

Egeu Laus · Rio de Janeiro, RJ 17/5/2007 16:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Claudio Miklos
 

Olá Egeu,

O sistema é costurado, em padrão muito duradouro (na verdade, o mesmo padrão usado em livros profissionais "perfect bound".

Vc também pode fazer o livro em padrão de capa dura, com altíssima qualidade.

Abraços,
Miklos

Claudio Miklos · Rio de Janeiro, RJ 17/5/2007 17:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Egeu Laus
 

Se é no sistema de "cadernos" deve portanto usar um número de páginas compativel, múltiplos de 4, possivelmente?

Egeu Laus · Rio de Janeiro, RJ 17/5/2007 23:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Claudio Miklos
 

Creio que sim. Não tive a iniciativa de analisar a montagem a este nível, mas repito que o acabamento final da edição é plenamente satisfatório e duradouro. A impressão é de ótima qualidade, com papel interior de alvura em 55%, e exterior de 90%.

Claudio Miklos · Rio de Janeiro, RJ 18/5/2007 07:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
tiagón
 

Belo e relevante tema!
Não sei da qualidade, mas quem faz on-demand também é a Publit - www.publit.com.br.

tiagón · Porto Alegre, RS 21/5/2007 10:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Claudio Miklos
 

Olá Tiagón,

Realmente, já conhecia a Publit. Mas esta empresa cobra R$ 800,00 de cadastramento, e a Lulu não cobra nada, é gratuita. Este é, a meu ver, um ponto importante a favor da iniciativa on demand americana. Além disso a Lulu não limita a publicação a um ano ou número mínimo de vendas; o autor publica o livro através do site da Lulu, se desejar o divulga através de seu próprio site ou outros, e poderá manter a sua obra on line por anos se quiser.
O autor também possui todo o direito de retirar o livro e publicá-lo via editoras comuns a qualquer tempo, sem o risco de quebra de contrato.

Claudio Miklos · Rio de Janeiro, RJ 21/5/2007 16:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
diginois.com.br
 

muito interessante o fato de só ir sendo publicado por conta da demanda. acho que no futuro será tudo por esse caminho tendo em vista que no mundo capitalista já se chegou a unanimidade que estoque é mal negócio. parabéns pela descoberta e iniciativa Claudio.

diginois.com.br · Rio de Janeiro, RJ 21/5/2007 20:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Maringá
 

Isso é realmente uma ótima notícia para os escritores anônimos e sem dinheiro, nem patrocinador, que são obrigados a fechar em suas gavetas suas poesias, contos e textos em geral. (ou então publica-los aqui no Overmundo).
Você é carioca, deve saber que existem muitos poetas no Centro que vendem suas posias de forma inteiramente artesanal, produzem os "livros" em suas próprias casas, no computador. É lógico que nem se compara a um livro impresso por uma editora, mas pelo amor à Arte eles fazem isso.

Maringá · Rio de Janeiro, RJ 21/5/2007 20:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Claudio Miklos
 

Realmente, conheço há muito o esforço de vários autores e músicos (a Lulu tb produz CDs e DVDs) no Rio de Janeiro em divulgar e comercializar suas obras.
Eis porque o esquema de editora "on demand" é tão útil, e importante. E quanto mais autores brasileiros participarem, penso que mais será valorizado este canal de criação e produção...

Claudio Miklos · Rio de Janeiro, RJ 21/5/2007 22:04
sua opinião: subir
André Gonçalves
 

excelente matéria, cláudio. extremamente interessante. vou visitar a lulu agora mesmo.

André Gonçalves · Teresina, PI 22/5/2007 09:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marina Maria
 

Muito interessante a questão, coisa do futuro, penso eu. tomara que apareçam mais iniciativas assim no brasil. legal a matéria, cláudio!

Marina Maria · Belo Horizonte, MG 22/5/2007 11:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Paulo José
 

Interessante a proposta. E o ponto de vista é de um cliente.

Paulo José · Alto Paraíso de Goiás, GO 22/5/2007 11:35
sua opinião: subir
TaYgUa's
 

Que surpresa esta outra porta para adentrar ao mundo das letras impressas. Parabéns!

TaYgUa's · Fortaleza, CE 22/5/2007 13:46
sua opinião: subir
Egeu Laus
 

Uma informação que talvez interesse:

"RR DONNELLEY MOORE E GRUPO EDITORIAL SCORTECCI
LANÇAM PARCERIA PARA IMPRESSÃO DE LIVROS COLORIDOS
SOB DEMANDA E EM PEQUENAS TIRAGENS

Edição e impressão de livros coloridos infantis e infanto-juvenis
nos formatos 14 x 21 cm ou 16 x 23 cm,
com 32, 36, 40, 44, 48 ou 52 páginas,
100 ou 200 exemplares em papel couchê 115 gramas
capa 4 cores (quadricromia) em papel supremo 250 gramas
com ISBN, Ficha Catalográfica, ilustrações, revisão e convites.

Informações: (11) 3032.1179 ou (11) 3032.6501
Mais informações Aqui.

Egeu Laus · Rio de Janeiro, RJ 22/5/2007 14:40
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Tem prós e contras, mas é, indubitavelmente, um avanco e uma oportunidade.

Outra sacada é procurar gráficas/editoras nas universidades. Aqui em MS, por exemplo, é possível conseguir bons preços na FAPEC, que fica na UFMS.

Parabéns pela matéria Cláudio!

Marcos Paulo Carlito · , MS 17/4/2008 21:27
sua opinião: subir
Nic NIlson
 

Ola, amigo, sou um pequeno escritor e adorei esta noticia, mas juro que visitei o site da LULU e nao sei como agir para editar meu livro. A edicao e fisica ou somente digital?
Senao atrapalhar poderia me orientar?
Agradeço
Nic NIlson

Nic NIlson · Campinas, SP 27/5/2008 20:18
sua opinião: subir
Corina Haaiga
 

Olá, pessoal!

Realmente, o assunto on demand rende! Acabo de fazer meu livro com uma editora que trabalha com autores independentes aqui no Rio de Janeiro. Fiquei muito satisfeita com a qualidade do trabalho, com o atendimento também; pude definir a capa, e fiz um exemplar primeiramente. Semana passada encomendei mais alguns, sem limite fixo, e não é nada caro.
O telefone, para quem interessar é (21) 2236 0844. Os caras trabalham com livros há 15 anos.

Abraços!

Corina Haaiga · Rio de Janeiro, RJ 22/12/2008 02:17
sua opinião: subir
Ricardo R Almeida
 

Oi, Claudio! Lançamos essa semana o Clube de Autores (www.clubedeautores.com.br ). É no mesmo esquema do Lulu, no sentido de que é gratuito para autores - sendo ainda sediado no Brasil (e, portanto, mais fácil para escritores daqui).

Ricardo R Almeida · São Paulo, SP 3/2/2009 12:53
sua opinião: subir
Priya Drsti
 

Olá, Cláudio de convido a conhecer a proposta de um site que criei: www.seulivroimpresso.com.br, por valores bem módicos o escritor pode ter seu livro publicado e como para imprimir o livro preciso transforma-lo todo em pdf, colocar como e-book no seu site ou no meu, ou mesmo em algum hd virtual para ter um link que as pessoas possam baixar e ler na tela é algo muito fácil que eu me comprometo a fazer para você de graça se você quiser ter seus livros publicados físicamente comigo(Editora Vale dos Livros).... Paz e Luz!!!!!!

Priya Drsti · São Paulo, SP 8/2/2009 16:02
sua opinião: subir
nogueiradelei
 

Cláudio, sua dica me despertou "energias" a ponto de correr na Lulu e publicar meu livro. No embalo atendi o convite do Ricardo R. Almeida e também publiquei no clubedeautores. Tudo muito fácil, tudo muito bonito, mas com um sério entrave, o preço é salgado. Mas valeu! Se quiserem conferir, o título é "Histórias que precisavam ser contadas", visitem meu blog, nogueiradelei.blogspot.com/, lá tem histórias do livro. Abraços!

nogueiradelei · São Paulo, SP 18/4/2009 21:39
sua opinião: subir
Eduardo Velasquez
 

Pois eu estava à procura de uma editora para um calendario. Graças à sua informação achei ! Abraços

Eduardo Velasquez · Rio de Janeiro, RJ 1/6/2009 11:59
sua opinião: subir
Regina Azevedo
 

OLá, Claudio e Amigos! Aproveito para apresentar a todos Livro-Virtual.Org, portal para publicação e leitura gratuita de e-books que permite link para sites que, eventualmente, comercializem arquivos para download (e-books e audiobooks) ou livros no formato impresso. Estamos nos organizando para empreender uma parceria com a editora e livraria OP Livros e criar um sistema de distribuição similar ao da Lulu e Bubok no Brasil. Abraços a todos, se quiserem publicar seus escritos conosco será um grande prazer!

Regina Azevedo · São Paulo, SP 30/6/2010 17:21
sua opinião: subir
Rogério Silvério de Farias
 

Cláudio, tem dois sites brasileiros que fazem quase a mesma coisa que o Lulu, confira (eu gosto mais do AG Book pela qualidade gráfica). Os dois sites são GRATUÍTOS e o autor recebe os direitos autorais, dependendo do número de vendas, confira como é o processo todo:

http://www.agbook.com.br/
ou
http://www.bookess.com/

Rogério Silvério de Farias · Tubarão, SC 25/8/2011 10:46
sua opinião: subir
Rogério Silvério de Farias
 

esqueci de dizer, tem ainda o Bubok mas daí é de Portugal e nao do Brasil como os que falei.
http://www.bubok.pt/

Rogério Silvério de Farias · Tubarão, SC 25/8/2011 13:23
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

O Hóspede da Caverna - Coletânea de Ensaios Zen Buddhistas zoom
O Hóspede da Caverna - Coletânea de Ensaios Zen Buddhistas
O Bosque de Bambus - Coletânea de Poesias Zen zoom
O Bosque de Bambus - Coletânea de Poesias Zen

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados