LUIZ GONZAGA E O PAI EM "JANUÁRIO VAI TOCAR"

Memorial Luiz Gonzaga do Recife
Januário e seus filhos em foto de 1952
1
Abílio Neto · Abreu e Lima, PE
8/6/2012 · 10 · 6
 

Januário José dos Santos, nascido em 1888, pai de Luiz Gonzaga, é o mais antigo sanfoneiro de que se tem notícias no Nordeste. Antes dele, já existiam alguns sanfoneiros, pois a sanfona chegou ao Brasil com a colonização alemã e alguns anos depois, chegou a Minas Gerais, onde se incorporou ao folclore (calango). Descendo pelo Rio São Francisco, chegou ao sertão pernambucano juntamente com o gênero musical mineiro. Januário era “pajeuzeiro”: para uns, ele havia nascido no município de Floresta, e para outros, no antigo Pajeú das Flores. Mudou-se para o sertão do Araripe em 1909 e logo depois conheceu Ana Batista de Jesus, nascida lá mesmo em 1893, com quem se casou. Era instrumentista e compositor de vários gêneros, inclusive do calango!

Dessa união houve 9 filhos. Luiz Gonzaga foi o segundo. Ele imortalizou seu pai com a música dele e Humberto Teixeira, chamada “Respeita Januário”. Mas Januário era mesmo tido como o maior tocador da região. Em 1952, ele fez uma temporada de shows no Rio de Janeiro para as emissoras de rádio associadas Tupy/Tamoio. Foi "seu Januário" com seus seis filhos artistas: Aloísio, Socorro, Chiquinha, Severino, José e Luiz.

As fitas desses shows podem ser transformadas em CDs através da Collector’s Stúdios, do Rio de Janeiro, a pedido de algum cliente. Mas a verdade é que Luiz Gonzaga não iria deixar o Brasil órfão de gravações em estúdio feitas pelo seu pai com os filhos. Assim sendo, em 1954 e 1955, Januário (e seus filhos) gravaram dois discos de 78 RPM. Januário tocou sanfona de 8 baixos e os filhos fizeram a percussão e o coro, com destaque para o vocal solo de Luiz Gonzaga.

Eu separei para tocar aqui hoje o xote “Januário Vai Tocar”, de autoria do pai de Luiz Gonzaga, o famoso Mestre Januário!

JANUÁRIO VAI TOCAR (Januário José dos Santos)

Ai, ai, sanfona de oito baixo
Do tempo em que eu tocava
Na beira do riacho
Ai, ai, sanfona de oito baixo
A cidade que ache ruim
Mas eu não acho

Lá na Taboca, no Baixio, no Granito
Quando um cabra dá o grito
“Januário vai tocar”
Acaba feira, acaba jogo, acaba tudo
Zé Carvaio, carrancudo
Tira a cota pra dançar (Bis)

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Jorge Macedo
 

Parabéns Mestre Abílio Neto pela homenagem ao grande Januário. Esta música me fez regressar ao passado. Apesar de ser natural do Recife, sempre passava as férias da escola do mes de julho e do final do ano na zona rural de São Bento do Una, agreste de PE. Era final da década de 50 e não tinha energia elétrica e o piso das salas era de rebôco. Morava na região um tocador de 08 baixos chamado Libório que passava noites tocando neste ritmo gostoso que você nos presenteou. Ele já estava tão acostumado no toque do fole que pegava no sono e os dançarinos nem percebiam. Saudades de um tempo que não volta mais!

Jorge Macedo · Recife, PE 8/6/2012 17:14
sua opinião: subir
Abílio Neto
 

Eita, Jorge Macedo, que lembrança boa, hein? Eu tenho boas recordações dos oito baixos também, com o grande e saudoso Manoel Maurício, de quem Dominguinhos era fã. Coisas que vivi em Caruaru no início da década de 60. Abração!

Abílio Neto · Abreu e Lima, PE 9/6/2012 03:21
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Abilio,

Com a sua sequencia de posts sobre histórias do Gonzagão, você colabora para que o Overmundo também se some as celebrações do ano Luiz Gonzaga.
A este propósito, as homenagens prestadas a Luiz Gonzaga, no ano do seu centenário, desde a prestada pelo bloco Galo da Madrugada do Recife , como da escola campeã do carnaval carioca, Unidos da Tijuca, salvo engano, e tantas outras, podem fornecer material bem legal para uma edição da Revista do Overmundo destinada ao tema.
A minha mais nova contribuição relativa ao assunto está AQUI.

Abraço,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 11/6/2012 11:42
sua opinião: subir
Felipe Gesteira
 

Muito bom!

Felipe Gesteira · João Pessoa, PB 11/6/2012 12:20
sua opinião: subir
Abílio Neto
 

Apreciei seu belo trabalho, Zezito. Parabéns!

Obrigado, Felipe Gesteira.

Peço a vocês que na medida do possível vejam isto aqui.

Abílio Neto · Abreu e Lima, PE 11/6/2012 15:41
sua opinião: subir
Associação Histórico Cultural Mucury
 

Excelente!
Postamos em nosso blog tb!
www.mucurycultural.org.

Associação Histórico Cultural Mucury · Teófilo Otoni, MG 27/6/2012 02:17
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados