Luma Matsubara e Lemon: Identidade e Migração

Still do filme
Cena de Lemon
1
Roberto Maxwell · Japão , WW
31/1/2008 · 168 · 3
 

Há cerca de 3 anos, a jovem Luma Yuri Matsubara surpreendeu no Tokyo JVC Video Festival. Um pequeno auto-documentário, produzido dentro de um projeto para crianças estrangeiras e de famílias multi-culturais, simplesmente arrebatou o público internauta e levou o prêmio por ele dedicado através do voto. Até então, a menina não devia sequer imaginar que suas questões sobre identidade interessavam a tantas outras pessoas. Luma nasceu no Brasil. Mas veio pequena para o Japão, com a família. Estudou em escola japonesa e, aos poucos, sua raiz no país de nascimento passou a ser apenas a relação estabelecida com os parentes brasileiros.

No entanto, como no caso das outras crianças de dekasseguis, o passaporte verde e o reconhecimento social insiste em rotulá-las como “brasileiras”. A dúvida foi a matéria para o premiado Lemon. Com uma câmera inquieta, Luma ia perguntando aos parentes e colegas qual era, para eles, a sua nacionalidade. A resposta, em bom japonês e em bom português, era quase sempre a mesma: burajiru-jin, brasileira. A obra, infelizmente, não está mais disponível na rede mundial de computadores.

Poucos anos se passaram e apenas uma coisa não mudou: o amor de Luma pela câmera. De lá para cá, a menina produziu outros filmes e está na equipe que gravou/editou os inúmeros depoimentos de japoneses migrantes. O afinco no registro de estórias da migração por uma ótica tão particular, faz da jovem Luma uma espécie de “cineasta do movimento dekassegui”.

Quanto à sua questão de identidade, a agora moça arrematou em entrevista realizada durante um evento no ano passado: “eu ainda não sei se sou brasileira ou japonesa. Minha família é brasileira. Meus avós são japoneses que foram para o Brasil. Eu cresci no Japão e então acho que posso me considerar japonesa”. Diz ela pouco antes de arriscar algumas frases em português, língua que decidiu estudar. Pelo visto, apesar de se sentir confortável como japonesa, Luma não é uma menina como as outras. Seu olhar como cineasta é a prova disso.

Adaptado de original publicado em Alternativa.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Higor Assis
 

Olá nobre amigo.

Acredito que a dúvida/aflição de Luma é bem maior que ser dekassegui é algo que realmente interessa para todos, pois trata-se de relações/conflitos. Algo que infelizmente por leis e leis acabam por rotular à todos. Gostei muito!

Higor Assis · São Paulo, SP 28/1/2008 17:03
sua opinião: subir
Jornalista81
 

Poxa, fiquei interessado em assistir a esse curta, não existe nenhum lugar da net onde eu possa encontrá-lo ?

Jornalista81 · Brasília, DF 31/1/2008 23:29
sua opinião: subir
Roberto Maxwell
 

Pois é, o curta esteve na internet por um bom tempo. Depois sumiu.

Roberto Maxwell · Japão , WW 1/2/2008 00:30
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Cena do filme zoom
Cena do filme "Lemon"
Luma e sua irmã, emocionadas ao ouvir o depoimento em vídeo da avó zoom
Luma e sua irmã, emocionadas ao ouvir o depoimento em vídeo da avó

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados